Aprenda a usar os alimentos no combate ao câncer
nov01

Aprenda a usar os alimentos no combate ao câncer

O surgimento das células cancerígenas pode ser influenciado por muitos fatores externos, como poluição, presença de minérios no ambiente, atividade trabalhista em local de risco mas, principalmente por ações controladas pelo indivíduo, como a alimentação. O câncer é uma doença multifatorial.

Leia mais
Centro de Saúde do Homem: atendimento só através de encaminhamento
maio13

Centro de Saúde do Homem: atendimento só através de encaminhamento

A propaganda bem feita traz bons resultados. Quanto ao atendimento à saúde dos homens, que segundo afirma a publicidade do Governo do Estado de São Paulo, encontrarão um serviço pronto para atender suas necessidades nesse centro. Não é bem assim.

Leia mais
“Fazer o teste PSA salvou minha vida”, declara ator americano Ben Stiller
nov21

“Fazer o teste PSA salvou minha vida”, declara ator americano Ben Stiller

Ele defende o exame e levanta o debate sobre a prevenção e as recomendações americanas sobre o câncer de próstata.

Leia mais
Quatro fatores de risco para o câncer de próstata
nov21

Quatro fatores de risco para o câncer de próstata

Doença possui 90% de chances de cura se detectado precocemente, informa o Instituto Lado a Lado Pela Vida que preparou um infográfico para ajudar os homens a se prevenirem.

Leia mais
Conheça a doença mais comum na próstata: a hiperplasia prostática
nov16

Conheça a doença mais comum na próstata: a hiperplasia prostática

A condição causa crescimento benigno do órgão e atinge 80% dos homens com mais de 50 anos.

Leia mais
Novembro Azul convoca homens para exame da próstata
nov16

Novembro Azul convoca homens para exame da próstata

Desde o início do mês de novembro, a campanha de conscientização sobre o câncer da próstata, voltada principalmente aos homens com mais de 40 anos de idade, é um alerta que pode poupar aborrecimentos e trazer tranquilidade.

Leia mais
Conheça o Centro de Saúde do Homem, referência na América Latina
abr17

Conheça o Centro de Saúde do Homem, referência na América Latina

  Atualizado quinta-feira, 17 de setembro de 2015, às 08h40   Primeiro hospital do Estado dedicado à saúde do homem, hospital é considerado o maior centro de saúde especializado. Com mais de 3 mil consultas e 310 cirurgias por mês, o Centro de Referência da Saúde do Homem realiza um trabalho que atua diretamente na autoestima de muitos homens, como o paciente Luis Mafilho Campinho Viana, que garante ser um novo homem. “Estou muito feliz, está tudo muito bom, vou ficar mais feliz depois que eu tiver o primeiro relacionamento com minha mulher.” São Paulo foi o primeiro Estado a criar um centro de saúde com atendimento voltado para o público masculino. O hospital é considerado o maior centro de saúde especializado da América Latina e é referência nacional no tratamento de cálculo renal e do aumento benigno da próstata. “Atualmente o serviço conta com mais de 30 médicos urologistas. Nossa maior demanda são os pacientes com problemas de próstata, que são operados com materiais e equipamentos de última geração”, afirmou o médico coordenador do centro, Claudio Murta. Saiba mais: Centro de Saúde do Homem: atendimento só através de encaminhamento Assista ao vídeo e conheça o importante trabalho da equipe do Centro de Saúde do Homem, o único em toda rede SUS que utiliza equipamentos de laser para operar os tumores da próstata. 60% dos homens só vão ao médico com doença em estágio avançado Levantamento foi realizado pelo Centro de Referência da Saúde do Homem; maior parte dos pacientes não sabia da doença e ignorava os sintomas iniciais Preconceito e vergonha. Esses são os principais motivos que mantêm os homens afastados dos consultórios médicos. Segundo o Centro de Referência da Saúde do Homem, 60% dos pacientes do sexo masculino só procuram tratamento quando a doença está em estágio avançado. De acordo com o órgão da Secretaria de Estado da Saúde, todos os meses 1,5 mil homens chegam ao hospital com problemas mais adiantados e que necessitam de intervenção cirúrgica. A maior parte dos pacientes não sabia da doença e ignorava os sintomas iniciais. “Estes pacientes acreditam que o provedor da casa não pode ficar doente e nem deve sair da rotina de trabalho para visitar o especialista”, avalia o coordenador de urologia do Centro, Cláudio Murta. “É na consulta de rotina que o médico detecta doenças comuns e que demoram a apresentar sintomas, como aumento benigno da próstata, recorrente a partir dos 50 anos.” O diagnóstico precoce permite tratamentos menos agressivos, mais baratos, rápidos e com maior chance de cura. Serviço Centro de Referência da Saúde do Homem do Hospital de Transplantes Dr. Euryclides de Jesus Zerbini Avenida...

Leia mais