Sabesp faz consertos de bueiros no bairro
fev13

Sabesp faz consertos de bueiros no bairro

Depois de ser notificada pela Subprefeitura Mooca, a Sabesp realizou consertos em bueiros mostrados nas reportagens.

Leia mais
Tatuapé e suas ruas esburacadas, bueiros preocupam
jan30

Tatuapé e suas ruas esburacadas, bueiros preocupam

Relacionar todas as ruas que precisam de manutenção é trabalho para as Subprefeituras, mas podemos citar uma das esquecidas, a Rua Padre Estevão Pernet.

Leia mais
Idoso sofre acidente devido obra mal executada na Francisco Marengo
jan21

Idoso sofre acidente devido obra mal executada na Francisco Marengo

Visitamos o local que virou piada entre os anciãos do grupo de bocha do futuro CEU Carrão / Tatuapé.

Leia mais
CCJ: PL quer instalação de unidades do PROCON nas subprefeituras
nov18

CCJ: PL quer instalação de unidades do PROCON nas subprefeituras

Sedes das Subprefeituras poderão ter filiais do PROCON-SP para facilitar acesso aos munícipes. A informação foi divulgada hoje (18) pela Câmara Municipal de São Paulo.

Leia mais
Tatuapé: asfalto recapeado na Emílio Mallet e novo afundamento
nov13

Tatuapé: asfalto recapeado na Emílio Mallet e novo afundamento

Dias após o envio da reportagem ao Subprefeito da Mooca, Sabesp faz conserto na deformação no asfalto que preocupava.

Leia mais
Tatuapé terá operação cata-bagulho neste sábado
jun26
Leia mais
Prefeitura concede 1,2 mil vagas remanescentes da Feira da Madrugada
jun10
Leia mais
Cidade Ademar pede mais educação, transporte e cultura para a região
maio10
Leia mais
Tenda para tratamento de dengue é montada na Vila Manchester, no Carrão
abr30
Leia mais
Subprefeitura Mooca abre inscrições para artesãos nas praças, não perca o prazo
abr30
Leia mais
Moradores do Tatuapé ficam satisfeitos com o corte do mato na Rua Honório Maia
abr14
Leia mais
Subprefeitura instalada placa na Rua Antonio João Fiore, no Tatuapé
abr07
Leia mais
Depósito de lixo no Tatuapé: sujeira aparece do nada e fica a céu aberto
abr06
Leia mais
Sub Mooca, age rapidamente e conserta buracos na Estevão Pernet
mar26

Sub Mooca, age rapidamente e conserta buracos na Estevão Pernet

Quinta-feira, 25 de março de 2015, às 09h43   Se por seu lado a Subprefeitura Aricanduva/Carrão não toma providências quanto ao lixo deixado diariamente na esquina das Ruas Antonio João Fiore e Henrique Dumont, à Subprefeitura Mooca deve ser dado o devido valor pela sua atenção e trabalho rápido, porquanto às questões que enviamos. Desde a manhã de ontem (25) os buracos existentes na Rua Padre Estevão Pernet, que está sob sua jurisdição foram consertados e além daqueles que mostramos na reportagem (vide abaixo), outros também receberam recapeamento, serviço que pode ser constatado pelos usuários. A via precisaria de um completo asfaltamento, assim como o bairro de uma subprefeitura própria, mas enquanto isso não acontece, podemos dizer que a Subprefeitura da Mooca, faz a sua parte como lhe é possível. O atual subprefeito e funcionário de carreira da prefeitura é o engenheiro Evandro...

Leia mais
Pneu da Dengue volta à árvore, Subprefeitura Aricanduva não responde questões
mar26

Pneu da Dengue volta à árvore, Subprefeitura Aricanduva não responde questões

Quinta-feira, 25 de março de 2015, às 08h42 Pode parecer incrível, mas o Pneu da Dengue voltou a ser colocado ao lado da árvore na Rua Antonio João Fiore, no Tatuapé.     Quando um barco segue à deriva, qualquer marola pode levá-lo a fazer água. Dengue, lixo, água, pneu, mas o que tem isso haver com a Subprefeitura Aricanduva/Carrão e o Tatuapé? Tudo. Sob a jurisdição dessa subprefeitura o bairro só pode lamentar a falta de atenção. Desde a semana passada, estamos mostrando as dificuldades dos moradores da Rua Antonio João Fiore, esquina com a Rua Henrique Dumont no Tatuapé, enviamos às questões à subprefeitura, mas até agora não recebemos resposta. Sendo assim, aqueles que promovem a limpeza em suas residências, evitam e se precavem contra a dengue, continuam suportando a falta de asseio de vizinhos que não respeitam os horários da coleta de lixo, nem muito menos possuem qualquer consciência quanto aos perigos da sujeira deixada na rua, o que seria admirável, com a abundância de avisos e campanhas de prevenção contra a dengue, ratos e pragas urbanas, que são vetores de doenças graves para os seres humanos. Depois de desaparecer no domingo, o pneumático que apelidamos de Pneu da Dengue, volta para a árvore pelas mãos irresponsáveis de algum morador dessa localidade. Enquanto aguardamos providências da Subprefeitura Aricanduva/Carrão, os mosquitos transmissores da dengue agradecem. Assuntos relacionados Subprefeitura instalada placa na Rua Antonio João Fiore, no Tatuapé Depósito de lixo no Tatuapé: sujeira aparece do nada e fica a céu aberto Pneu da Dengue volta à árvore, Subprefeitura Aricanduva não responde questões Pneu da Dengue no Tatuapé: atitude merece punição rigorosa ou um rádio Rua Antonio João Fiore esquina com Henrique Dumont: virou depósito de lixo...

Leia mais
Sem exigência da população Subprefeitura do Tatuapé pode ser eternamente adiada
mar20
Leia mais
Teatro Arthur Azevedo, na Mooca, sediará o Clube do Choro
mar06

Teatro Arthur Azevedo, na Mooca, sediará o Clube do Choro

Sexta-feira, 6 de março de 2015, às 17h15 Local funcionará como escola para a formação de músicos do gênero e será ainda utilizado para apresentações. Reforma do espaço deve acabar ainda neste semestre. SECOM – Atualmente em reforma, o Teatro Arthur Azevedo, na Mooca, zona leste da capital, sediará o Clube do Choro, espaço dedicado ao gênero musical que terá como intuito não só a formação de novos músicos, mas será ainda utilizado para apresentações dos artistas. O anúncio foi realizado pelo prefeito Fernando Haddad na manhã desta quinta-feira (5), durante sua visita às obras de modernização do teatro, informou a secretaria de Comunicação da Prefeitura. “Eu anunciei algum tempo atrás que nós estávamos pensando em resgatar essa tradição do choro em São Paulo, que se perdeu há muito tempo. Essa tradição, em ponto fixo, se perdeu nos anos 70 e não foi mais recuperada. Nós vamos fazer desse teatro a nossa escola de choro. O Clube do Choro vai nascer aqui. Enquanto o teatro fica pronto, a gente, com a comunidade do choro, vai organizar a escola, que será no [prédio] anexo, com as apresentações aqui no próprio teatro. Acho que essa é uma notícia boa não só para a Mooca, mas para toda a cidade. O choro dialoga com vários gêneros musicais e estabelece conexões que não podem se perder, porque dizem respeito à história musical brasileira”, disse. O teatro está sendo ampliado com a construção de um edifício anexo, onde funcionará a escola de choro e toda a área administrativa. O prédio terá ainda cozinha, refeitório, sanitários e um espaço multiuso, que poderá ser utilizado para a realização de ensaios, aulas de teatro e até mesmo para a apresentação de pequenas peças. Os espaços internos do prédio original poderão assim, ser melhor aproveitados, com aumento da área de manobras do palco, criação de camarins de trocas rápidas, camarim acessível e cabine de som. Após a conclusão da reforma, o teatro terá capacidade para 376 lugares, dos quais 8 serão reservados para cadeirantes, 4 equipados com poltronas para obesos e outras 4 para pessoas com mobilidade reduzida. As obras, orçadas em R$ 7,82 milhões, foram iniciadas em julho de 2012 e deverão ser entregues ainda neste semestre. Inaugurado em agosto de 1952, o edifício do teatro é tombado pelo Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo (Conpresp). A visita de Haddad às obras foi acompanhada pelos secretários municipais Nabil Bonduki (Cultura), Roberto Garibe (Infraestrutura Urbana e Obras) e Nunzio Briguglio (Comunicação), além do Subprefeito da Mooca, Emgº Evandro...

Leia mais
Cratera da Rua Emílio Mallet é recapeada
fev12
Leia mais
Em três dias surgem duas crateras na Rua Emílio Mallet
fev11
Leia mais
Tapa-buracos na Rua Emílio Mallet expõe serviços mal feitos
fev09
Leia mais
CET dá resposta desconexa sobre questões importantes para o bairro
out17
Leia mais
Nadia Campeão faz visita pelo CIS
out02
Leia mais
Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé
out02

Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé

Quinta-feira, 2 de outubro de 2014, às 16h02 Os cruzamentos do bairro estão cada vez piores com o aumento do número de veículos. Disso todo mundo sabe, mas o objetivo desta obra inacabada ninguém explica.     Há pelo menos duas semanas, os motoristas que cruzam a esquina das ruas Francisco Marengo e Emílio Mallet se deparam com uma obra sem identificação, placa ou motivo. O aumento de carros e coletivos que percorrem esse perigoso cruzamento é notório. A cada manhã o número de veículos aumenta e as filas para percorrer os poucos metros entre as esquinas também. Apesar disso, a obra que apareceu numa determinada manhã sem nenhuma identificação e assim permanece, atrapalha e causa estranheza. Quem teria feito os buracos e para quê? Independentemente dos motivos, o problema é que o cercado pode causar acidentes com ciclistas, pedestres e carros que passam pelo local.       Estamos em contato com a Subprefeitura Mooca para saber do que se trata.   Assuntos relacionados Haddad fala das ciclovias e estações de bikes no Tatuapé Privilégios e estação inacabada põe em dúvida ciclovias no bairro Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé Obra inacabada na Emílio Mallet será estação de...

Leia mais
Praça Sílvio Romero: limpeza e asseio
set23
Leia mais
Subprefeitura Sé leva arte à ligação Leste-Oeste
set23

Subprefeitura Sé leva arte à ligação Leste-Oeste

Terça-feira, 23 de setembro de 2014, às 09h47 Trabalho se dá a partir de parceira com fabricante de tinta e coletivo de grafite; intervenção será concluída no final do mês. A Subprefeitura Sé realiza, por meio de parceria com artistas e uma fabricante de tintas (Coral), um novo grafite na ligação Leste-Oeste sob os viadutos Guilherme de Almeida, Cidade de Osaka e Mie Ken, no sentido Lapa/Penha. A ação visa a revitalizar o local por meio da promoção desta manifestação cultural paulistana.       O projeto teve início na noite do dia 15 e deve se estender até o final deste mês de setembro. Com temática livre, o projeto denominado Artépolis, liderado por Maxx Figueiredo, será feito pelo próprio Maxx e pelos artistas Julio de Deus, SAO, Jhoni Morgado, Sapiens, Tom Ray, Fernando Berg, Dimy Unclair, Sid, Thiago Ectoplasma, Cá Barbosa, Danilo, Marcelo Zuffo, Sipros, Thiago Bender, Duas+Consp, Esther, Janaina, Julê, Mônica Lisboa, Jocks, Monica Anacampi, Thiago Bob, MLOK, Moby, MEV, SED, MONO, André Mogle, LOWS, Lucho, Monica Lisboa e Izu. De acordo com Maxx Figueiredo, membro do coletivo, a ideia é “levar, por meio da cor, um pouco de beleza a São Paulo, elevar o espírito das pessoas, proporcionar alegria e disposição, enfim, entregar um ambiente inspirador e agradável para todos”. Outra questão destacada por Figueiredo é a importância de ampliar a interação entre artistas, poder público e empresa em favor da cidade. A empresa participante forneceu mais de 630 litros de tinta, além dos equipamentos de proteção individual (EPI ‘s) e vestuários adequados para pintura. Para os responsáveis pela parceria, esta revitalização de pintura permite que a população tenha interesse pela conservação de equipamentos públicos. A ação contribui, ainda, para a conservação de importantes patrimônios históricos, artísticos e culturais da cidade. “Esta iniciativa vai ao encontro de duas questões-chaves para a Subprefeitura Sé: a parceria com setores diversos da sociedade visando à coletividade e à valorização do grafite como importante expressão artística de nossa cidade”, declara Alcides Amazonas, subprefeito da...

Leia mais
Praça Sílvio Romero: horários de coleta e informações desencontradas
set22
Leia mais
Praça Silvio Romero: sujeira e lixo no coração do bairro
set22
Leia mais
Vizinhança cobra melhorias em praça abandonada na Vila Prudente
set19

Vizinhança cobra melhorias em praça abandonada na Vila Prudente

Sexta-feira, 19 de setembro de 2014, às 16h45 Rafael Carneiro da Cunha – Da redação da CMSP Cheia de lixo pelo chão de terra, com poucos brinquedos para a criançada e escura durante à noite. A praça situada entre as ruas Rio Laranjais e dos Pintores, na Vila Prudente, é alvo de reclamações de quem vive no bairro da zona Leste. Os moradores reclamam que ela está abandonada, sem manutenção. Michele da Silva vai de vez em quando com o filho Samuel, de apenas um ano, à praça. Ela diz que só não frequenta mais o espaço porque não vê muitos atrativos. Já Alisson Fernando prefere não ir com a filha ao local, que considera deplorável. Para ele, é preciso colocar lixeiras – um tonel enferrujado desempenha atualmente a função – e também um aviso para que as pessoas não destruam os brinquedos. Segundo Fernando, há cerca de três meses a prefeitura não faz a limpeza do local. A reportagem esteve duas vezes na praça. No dia 28/8, encontrou um brinquedo bastante deteriorado, além de sacolas plásticas, copos e outros objetos jogados no chão. Na ocasião, um gari do consórcio Soma, responsável pela varrição das ruas na região, afirmou que frequentemente algum morador pede para que ele também limpe a praça – o que não é responsabilidade dele. Situação semelhante foi verificada em 14/9, quando até um televisor figurava na paisagem. A mudança ficou por conta dos brinquedos. Na semana anterior, a subprefeitura removeu a casa do Tarzan e colocou dois escorregadores e uma gangorra. Poucos dias depois de instalados, eles já estavam com a pintura desgastada. Luciene Ferreira é comerciante e lamenta a má conservação dos brinquedos. “Tenho vergonha de dizer que isso é uma pracinha para criança brincar. De zero a dez, a nota é zero. A limpeza é outra vergonha”. Moradora há mais de 25 anos no bairro e dona de um bar, Maria José da Silva não vê muito futuro para a praça. Todos os dias, por volta das 20h, ela encerra as atividades do estabelecimento e se recolhe em sua casa. Enquanto isso, na praça, jovens do bairro e de lugares vizinho começam a chegar para mais uma “noitada” regada à música alta. “Fica cheio de gente. Aquele escuro, aquela moçada que usa droga… Eu fico em casa de tocaia, preocupada, esperando minha filha chegar do trabalho”, comenta. Maria José gostaria que fosse feito outra coisa do local. Sua sugestão é que seja construído um posto policial. Outro lado De acordo com a subprefeitura da Vila Prudente, o brinquedo removido e levado para a manutenção na semana passada foi instalado em 2011 e estava...

Leia mais
Plano Centro Limpo contempla Bela Vista
set06

Plano Centro Limpo contempla Bela Vista

Sábado, 6 de setembro de 2014, às 12h22 Projeto começa no próximo dia 8 no distrito e inclui conscientização, mutirões de limpeza e fiscalização Combater o descarte irregular de resíduos na região central do município é um dos principais objetivos do Plano Centro Limpo, que chega ao distrito Bela Vista, incluindo o Bixiga, no próximo dia 8. Iniciado em agosto de 2013, na Vila Buarque, o projeto já foi realizado na Santa Ifigênia, Luz e 25 de Março. Trata-se de ação conjunta entre a Secretaria de Serviços, por meio da Autoridade Municipal de Limpeza Urbana (Amlurb), Subprefeitura Sé e empresas de varrição e coleta, com apoio da Guarda Civil Municipal e da Associação Viva o Centro. No próximo dia 8, e até o dia 20, ocorre a conscientização de moradores e comerciantes, com faixas orientativas e distribuição de panfletos sobre a frequência da coleta domiciliar, a maneira correta de descartar resíduos, os ecopontos disponíveis na região e a legislação municipal.     “Quando a população toma conhecimento e utiliza essas informações ajuda muito na manutenção e preservação da limpeza das áreas e vias públicas”, afirma o gerente do Departamento de Fiscalização de Amlurb, Evaldo de Freitas Gomes. Antes desta etapa, foi promovido levantamento sobre as especificidades e problemas das áreas que serão contempladas. Mutirão e Fiscalização A terceira ação do Plano começa no dia 15 e prossegue até o dia 29, com a realização de mutirões de serviços de limpeza como varrição, pintura de guias, manutenção de bocas de lobo, retirada de faixas e cartazes, coleta de entulho, resíduos e grandes objetos e troca de papeleiras e PEVs (Pontos de Entrega Voluntária). Durante o mutirão, a distribuição do material informativo também será realizada. No próximo dia 29, inicia-se a quarta ação do Plano, com a fiscalização, notificação e aplicação de multas para quem desrespeitar o horário, tipo e quantidade de resíduo descartado. Além disso, será feita verificação da situação dos grandes geradores de resíduos (estabelecimentos comerciais, industriais, de prestação de serviços, públicos e institucionais que geram acima de 200 litros de resíduos). “Eles devem, obrigatoriamente, estar cadastrados em Amlurb e contratar coleta particular. Caso contrário, ficarão passíveis de sansão”, ressalta Evaldo. Mais informações sobre o cadastramento no site da Amlurb. As penalidades serão aplicadas de acordo com a lei 13.478/02, que prevê multas de R$ 626,46 (descarte irregular até 50 quilos) a R$15.034,87 (acima de 50 quilos). O trabalho de conscientização será mantido também durante essa última...

Leia mais
Mooca faz 458 anos
set01

Mooca faz 458 anos

Leia mais
Mooca e Freguesia do Ó comemoram aniversários
ago29
Leia mais
WiFi Livre da prefeitura chega a São Miguel
ago22

WiFi Livre da prefeitura chega a São Miguel

Sexta-feira, 22 de agosto de 2014 às 14h49 Prefeito e secretário de Serviços inauguram WiFi Livre em São Miguel Paulista. Praça do Forró é a 31ª a democratizar acesso à internet para a população. Em visita à Subprefeitura de São Miguel Paulista nesta terça-feira (19), o Secretário de Serviços, Simão Pedro, acompanhado do prefeito Fernando Haddad e do subprefeito de São Miguel, Adalberto Dias de Souza, inaugurou o sinal WiFi Livre na Praça do Forró, 31ª em funcionamento na cidade de São Paulo.       “Você pode estudar, fazer o dever de casa, trabalhar e conversar. Esse acesso funciona por 24 horas por dia”, afirmou o prefeito referindo-se às utilidades que podem ser feitas na internet e a disponibilidade de 24 horas do sinal. Haddad citou a boa iluminação do local, que foi contemplada no ano passado com 35 pontos novos de iluminação e teve 18 pontos remodelados. “A nossa ideia é iluminar cada vez melhor a cidade de São Paulo, isso é importante”. Simão Pedro destacou alguns aspectos técnicos do WiFi Livre. “A qualidade do sinal é uma característica importante, a velocidade de conexão é de 512 Kbps por usuário. A Praça do Forró comporta 150 usuários navegando simultaneamente e possui capacidade de dobrar esse número com degradação proporcional da velocidade”. A Praça do Forró possui dentro de sua área a igreja mais antiga da capital paulista. A Catedral São Miguel Arcanjo tem 392 anos e foi inaugurada no ano de 1622. Segundo as informações da assessoria da Prefeitura da cidade de São Paulo, já são 4 locais com o sinal WiFi em funcionando na Zona Leste, são eles: Praça das Professoras (Itaquera), Praça Dilva Gomes (Penha), Parque Linear Tiquatira (Penha) e a Praça do Forró (São Miguel). Em toda a cidade, além dos locais que estão em operação, outras 24 praças estão com o serviço na etapa de implantação e outros pontos em 65 espaços públicos em fase de projetos, como a Praça Sílvio Romero, no Tatuapé. O Programa de Metas 2013-2016 prevê a instalação de internet livre em 120 praças e parques da capital paulista. O contrato firmado pela prefeitura prevê controle de qualidade, estabilidade de conexão e garantia de banda. Todos os dados que circularem na rede serão protegidos por confidencialidade e não haverá qualquer restrição no conteúdo acessado. O prestador de serviço não está autorizado a filtrar o tráfego por IP de origem ou de destino, por aplicação ou por conteúdo, exceto para cumprir legislação em vigor. As redes possuem um sistema de gestão que permite detectar e evitar possíveis incidentes e cumprir determinações legais e judiciais. Praça Santa Davina Ainda em São...

Leia mais
Subprefeitura Mooca promove Mega Ação Social
ago12
Leia mais
Obras de grande porte desviam tráfego na Mooca
jul30

Obras de grande porte desviam tráfego na Mooca

Quarta-feira, 30 de julho de 2014 às 19h18   A Subprefeitura Mooca informou hoje (30), que a Prefeitura está realizando obras de ampliação e reforma do antigo sistema de drenagem do bairro e pede atenção aos motoristas que transitam principalmente pelas Ruas Leocádia Cintra, Orville Derby, Canuto Saraiva, Visconde de Cairu, Borges Figueiredo, Largo São Rafael e arredores. Alternadamente, essas ruas estão tendo o tráfego local de veículos desviado em função da construção da nova galeria de águas pluviais e reforma da rede já existente. No momento o trânsito está bloqueado na Rua Orville Derby, altura do nº 190. Os veículos devem acessar a Rua da Mooca através das ruas laterais. Segundo a Subprefeitura, os bloqueios, desvios e acesso limitado são necessários para segurança de motoristas e pedestres. A obra está sendo realizada pela Secretaria de Infra-Estrutura...

Leia mais
Subprefeitura Sé quer ouvir população
jul29
Leia mais
Prefeitura oferece curso para a melhor idade
jul23

Prefeitura oferece curso para a melhor idade

Quarta-feira, 23 de julho de 2014 às 20h55 Objetivo é formar pessoas idosas para liderança em movimentos sociais das comunidades A capital paulista está envelhecendo e o número de idosos – pessoas com mais de 60 anos – vem subindo rapidamente e já somam 11,89% de todos os habitantes da cidade. A longevidade em alta é um bom sinal, mas também traz grandes desafios aos administradores públicos nas questões de saúde e assistência social.     A informação é da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania de São Paulo que pensando nisso, em convênio com a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, organizou um curso destinado à formação de líderes comunitários comprometidos com os movimentos sociais voltados ao direito da pessoa idosa, com objetivo de colocar esta população como protagonista na escolha de políticas mais adequadas a sua realidade. O curso terá duração de dois meses e meio com aulas duas vezes por semana, entre os dias 18 de agosto e 17 de outubro. Para os moradores de cinco subprefeituras, incluindo a da Mooca, o curso será ministrado na sede da Subprefeitura da Vila Prudente, na Avenida do Oratório, 172. Inscrições e informações através do email camilakanashiro@prefeitura.sp.br ou pelos telefones: 3113-9908/3113-9704. Cada subprefeitura terá dez vagas para interessados. Fonte: Subprefeitura...

Leia mais
Música na Biblioteca Affonso Taunay
jul11

Música na Biblioteca Affonso Taunay

Sexta-feira, 11 de julho de 2014 às 20h29 Música na Mooca – Vivências para Desenvolver Criatividade e Percepção Musical. Através de práticas integrativas que utilizam a criatividade e a percepção musical, a Prefeitura – através da Secretaria Municipal de Cultura – oferece vivências musicais orientadas pelo músico LOOP B, percussionista e produtor com 20 anos de carreira.     De acordo com a assessoria da Subprefeitura Mooca, as atividades, gratuitas, acontecem até novembro na Biblioteca Affonso Taunay, sempre às quartas-feiras das 14h às 17h, e aos sábados das 13h às 16h, para interessados com mais de 14 anos. As inscrições estão abertas e podem ser feitas na própria Biblioteca, situada à Rua Taquari, 549, ao lado do prédio da Subprefeitura Mooca. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail loopbvocacional@gmail.com ou através do telefone...

Leia mais
Filmes gratuitos e oficinas nas Subprefeituras
jul11
Leia mais
Subprefeitura lança Butantur
jul02

Subprefeitura lança Butantur

Quarta-feira, 2 de julho de 2014 às 18h11 – Atualizado às 20h40 Subprefeitura Butantã lança guia de pontos turísticos da região. Publicação pode ser retirada gratuitamente ou visualizada pela internet. SMSP – Depois do sucesso da primeira edição do Butantur, que ocorreu entre novembro e dezembro de 2013 em comemoração aos 114 anos do bairro, a Subprefeitura Butantã, com o apoio da iniciativa privada, lança o guia turístico que reúne as principais atrações da região. A publicação, de 24 páginas, apresenta opções de lazer, espaços museológicos, praças esportivas, parques, espaço gastronômico e marcos da história do bairro como o Instituto Butantan e a Universidade de São Paulo. O guia turístico mapeia também, com horário de funcionamento, telefones e sites para informações, destaques dos outros quatro distritos que compreendem a região: Morumbi, Vila Sonia, Raposo Tavares e Rio Pequeno.     Entre as casas famosas do Butantã, pode se conhecer um pouco mais sobre o Palácio dos Bandeirantes, a Fundação Maria Luisa e Oscar Americano, a Capela do Morumbi, Casa do Bandeirante, Casa de Vidro de Lina Bo Bardi, Casa da Fazenda e a Casa do Sertanista. Outra novidade do bairro, que pode ser encontrado no guia, é o espaço de alimentação a céu aberto Butantan Food Park. Inaugurado em maio, o local é uma opção de consumo de alimentos rápidos com toque requintado, preço acessível e muita variedade. “Nossa região é muito rica em atrações, mas mesmo quem mora aqui desconhece muitas delas. Ações como o roteiro e a Revista Butantur têm por objetivo tornar o nosso bairro mais conhecido pelos próprios moradores e por toda a cidade”, afirma o subprefeito do Butantã, Luiz Felippe de Moraes Neto. De acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, o guia pode ser visualizado através do símbolo QR Code – código de barras multidimensional que pode ser escaneado por aparelhos celulares – para facilitar a localização dos destinos aos leitores. Os exemplares do guia podem ser retirados gratuitamente na Subprefeitura Butantã ou nos principais pontos de informação turísticos da cidade. A versão digital do guia pode ser conferida em...

Leia mais
Festa alemã é um dos destaques deste final de semana em SP
jun25

Festa alemã é um dos destaques deste final de semana em SP

Quarta-feira, 24 de junho de 2014 às 19h22 Saraus e feiras de artesanato também fazem parte das atrações Secretaria de Coordenação das Subprefeituras – A cidade de São Paulo tem diversos bairros com grande concentração de imigrantes, como acontece no bairro Colônia, em Parelheiros, que foi a primeira localidade do município que recebeu a comunidade alemã em 1829.       Neste final de semana, os moradores resgatam a cultura do povo alemã com a 9ª Colônia Fest. A festa típica é organizada pela A.C.C.A – Associação Cívica de Colônia Alemã e tem o apoio da Subprefeitura da região. O evento tem entrada gratuita e acontece a partir de sexta (27), às 18h, e no final de semana, 28 e 29, a partir das 10h, com danças e comidas típicas e ainda diversas apresentações musicais.     As famosas feiras de artesanato dos bairros acontecem neste final de semana, com diversos produtos especiais para o público. Em Parelheiros, a feira acontece no sábado (28) e domingo (29), a partir das 9h, na Praça Júlio César de Campos. No mesmo horário, sábado (28), os moradores da zona Leste, podem conferir as novidades na Feira de Artesanato da Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra, conhecida como Praça do Forró. Ainda no sábado, às 15h, os moradores de São Miguel e região estão convidados para um encontro cultural e literário, no “Sarau debaixo d’árvore”. O evento acontece todo último sábado do mês na Praça do Casarão. Nesse clima literário, acontece no domingo (29), a partir das 10h, o “Circuler”, encontro para doação e troca de livros e às 17h, o público é convidado a participar do “Sarau na Praça”, que será na Praça Júlio César de Campos, em Parelheiros. O domingo termina clássico, com a apresentação do ballet “O Quebra Nozes”, às 18h, na Casa de Cultura Salvador Ligabue, na Freguesia do Ó. A apresentação celebra a formatura das alunas da Oficina de Ballet Infantil do local. Serviço: Subprefeitura Parelheiros 9ª Colônia Fest Data e Horário: 27/6, das 18h às 22h; 28 e 29/6, das 10h às 22h. Local: Rua Jackson Pollock, s/n – Largo da Igreja – Colônia. Fone: 5921-9808 Feira de Artesanato Quando? 28 e 29/6 Horário: 9h às 17h Local: Praça Júlio César de Campos em Parelheiros Circuler Data e horário: 29/6 das 10h às 17h Local: Praça Júlio César de Campos em Parelheiros Subprefeitura São Miguel Paulista Feira de Artesanato Quando? Todos os sábados Horário: 9h às 18h Local: Praça Padre Aleixo Monteiro Mafra (Praça do Forró). Sarau debaixo D’árvore Quando? Todo último sábado do mês. Horário: às 15h Local: Praça do Casarão Endereço: Rua Conceição de Almeida, 170. Fone:...

Leia mais
Cidade Tiradentes elege a Miss 2014
jun17
Leia mais
Nossa Rua na Copa divulga ganhadores
jun13

Nossa Rua na Copa divulga ganhadores

Sexta-feira 13 de junho de 2014 às 16h50 Concurso recebeu a inscrição de 36 vias da região da Freguesia do Ó A Subprefeitura Freguesia/Brasilândia realizou, nesta quinta feira (11), a apuração do concurso Nossa Rua na Copa. A grande campeã foi a rua Geraldo Alves de Carvalho, com 60 pontos, que acumulou nota dez em todos os quesitos e foi premiada com um kit churrasco para 100 pessoas e um telão para assistir à final da Copa. A segunda colocação do concurso foi para a rua Carlos Dias Fernandes, recebeu 58,5 pontos, faturando o kit churrasco para 70 pessoas, e a terceira, a rua Professor Albuquerque Gama, totalizou 57,5 pontos, que ficou com um kit para 50 pessoas.   O concurso, organizado pela Subprefeitura Freguesia/Brasilândia recebeu 36 vias inscritas concorrendo com a melhor decoração. A apuração, realizada no auditório da subprefeitura, avaliou os seguintes quesitos: 1) originalidade; 2) criatividade; 3) arte, estética e higiene; 4) harmonia; 5) conjunto e 6) dimensão. Os prêmios para as vencedoras foram doados pelo comércio local e a premiação ocorre no dia 12 de julho em cada uma das ruas vencedoras. As demais ruas participantes levarão um troféu simbólico, que será entregue a partir de 5 de julho. As informações são da secretaria da Coordenação de Subprefeituras de São...

Leia mais
Bairro: recapeamento parcial
jun12

Bairro: recapeamento parcial

Leia mais
Finalistas do 5° Miss Cidade Tiradentes participam de ensaio fotográfico
jun05

Finalistas do 5° Miss Cidade Tiradentes participam de ensaio fotográfico

5 de junho de 2014 às 17h30 – atualizado 19h07   Desfile acontece no próximo sábado, dia 7 de junho, com a participação de 15 jovens da região. As finalistas do 5° Concurso Miss Cidade Tiradentes estão vivendo seus dias de princesas. Ontem as meninas participaram do ensaio geral para o grande desfile, que será realizado daqui a dois dias, no CEU Inácio Monteiro.   Além das dicas para o desfile, as candidatas posaram numa sessão especial de fotos para divulgação. O concurso é uma iniciativa que acontece desde 2006 e tem o objetivo de valorizar a autoestima das jovens moradoras do bairro Cidade Tiradentes. As finalistas foram escolhidas na primeira eliminatória que aconteceu em 16 de maio, e selecionou 15 das 34 inscritas. A premiação do 5º Miss Cidade Tiradentes será dividida em três categorias: • 1ª colocada/Miss – Um book fotográfico e um tablet; • 2ª colocada/Princesa – Um tablet e um celular; • 3ª colocada/Princesa – Um tablet e uma câmera fotográfica. Haverá ainda cestas de produtos de beleza para a Miss e Princesas, curso de informática e inglês para as princesas. O concurso é uma realização da Subprefeitura Cidade Tiradentes, em parceria com organizações sociais e instituições de ensino do bairro. Essa é uma excelente iniciativa para reconhecer o talento das jovens do bairro. A oportunidade de realização de um sonho ou de conquistas profissionais, afirma a subprefeita da Cidade Tiradentes, Andreia de Souza...

Leia mais
Subprefeituras comemoram o Dia do Meio Ambiente
jun04

Subprefeituras comemoram o Dia do Meio Ambiente

04 de junho de 2014 às 17h36 O Dia Mundial do Meio Ambiente é celebrado em 5 de junho, mas sua criação ocorreu na Assembleia Geral das Nações Unidas, em 1972, durante a Conferência de Estocolmo (Suécia). A data visa aumentar a conscientização e ação política aos povos e países na preservação ambiental. Neste ano, o foco da data serão as mudanças climáticas, com o tema Aumente sua voz, não o nível do mar. Em São Paulo, as subprefeituras celebram o Dia do Meio Ambiente com atividades gratuitas. Ações promovidas nos bairros são voltadas a públicos de todas as idades. Para comemorar o Dia Mundial do Meio Ambiente (5/6), as subprefeituras promovem atividades de educação ambiental para todos os públicos. As comemorações iniciam às 9h30, desta quinta-feira, na Praça Santíssima Trindade, com atividades especiais para as crianças na região da Subprefeitura Casa Verde. A programação terá apresentação de coral, plantio de mudas e atividades recreativas para as crianças. Ainda na zona Norte, a partir das 14h, haverá roda de conversa sobre A Sustentabilidade na nossa região… É fato ou boato, no CEU Jaçanã. O encontro terá a presença de especialistas em meio ambiente, personalidades do setor público, privado e população local. Na zona Leste, acontecerá a 3ª edição do Canteiro não é lixeira, no CEE Centro Educacional Esportivo Vicente Ítalo Feola (Clube da Vila Manchester), no bairro Aricanduva. A partir das 10h, os moradores estão convidados a participar de diversas atividades, como: oficinas de hortas verticais, reaproveitamento de materiais recicláveis, distribuição de mudas e a exposição de tenda de zoonoses. A iniciativa quer conscientizar a população a não jogar lixo em calçadas, canteiros, ruas e terrenos baldios. Para os alunos da EMEF Prof. Carlos Rizzini, a atividade será o workshop Verde que te quero ver de perto, nas trilhas da centenária Praça Floriano Peixoto, em Santo Amaro, com a equipe de engenheiros agrônomos da subprefeitura da região. A ação terá início às 10h30 e ao final, os estudantes participarão de encontro com contadores de histórias do grupo Línguas Encantadas e Encantantes. Exposições Ainda no dia 5, às 19h, será realizada a abertura da exposição fotográfica Jardins Secretos, de Alexandre Ozório. O fotógrafo registra a força da natureza, em pleno centro de Santo Amaro. Com curadoria da Casa de Cultura Cora Coralina, a mostra ficará aberta ao público até 5 de julho no saguão do Paço Cultural Júlio Guerra. Para fechar as celebrações, no sábado (7), a partir das 10h, os moradores de Guaianases poderão retirar mudas de plantas ornamentais e sementes de cacto, camomila, couve, brócolis, alface e rúcula, no Parque Linear Guaratiba. A iniciativa é uma parceira entre...

Leia mais
Entulhos podem ser descartados nos Ecopontos
maio22

Entulhos podem ser descartados nos Ecopontos

Atualizado 29/05/2014 às 11h31 Os Ecopontos aceitam certos tipos de entulhos, veja abaixo os endereços e o que pode ser entregue. Atualizado 25/05/2014 às 9h19 O Catabagulho aconteceu ontem no Tatuapé. Caso você tenha perdido a oportunidade de colocar seus materiais na porta de casa ou se o caminhão não passou na sua, comunique através do comentário deste post. Sempre é possível se livrar de alguns entulhos. Veja a nota da Prefeitura: “Se o munícipe quiser descartar algum item inservível, mas sua rua não foi contemplada na última operação Cata-Bagulho, é possível solicitar a Subprefeitura de sua região ou comparecer a um dos Ecopontos espalhados pela cidade”. Ecopontos: Veja o que está mais próximo de você. Ecopontos são locais de entrega voluntária de pequenos volumes de entulho (até 1 m³), grandes objetos (móveis, restos de poda de árvores etc.) e resíduos recicláveis. A população pode dispor o material gratuitamente em caçambas distintas para cada tipo de resíduo. A oferta destas áreas tem sido, gradativamente, ampliada em todas as regiões da cidade. O Horário de funcionamento é de segunda a sábado, das 6h às 22h. Aos domingos e feriados, das 6h às 18h.   Postado em 22/05/2014 Próximo Catabagulho acontece no Tatuapé A ação contemplará todas as vias do destrito, no dia 24 de maio. A Subprefeitura Mooca, divulga em nota, que realizará mais uma operação Cata-Bagulho, desta vez no distrito do Tatuapé, no próximo sábado (24). Segundo a informação do órgão, os moradores poderão depositar colchões, móveis velhos, eletrodomésticos quebrados entre outros materiais na frente de suas residências no próprio sábado, entre 7h e 10h. Os funcionários começarão os trabalhos a partir das 10h30, percorrendo todas as vias do distrito. A Operação Cata-Bagulho contribui para evitar que o lixo seja jogado de forma irregular, prevenindo a obstrução do sistema de drenagem, alagamentos e outros problemas...

Leia mais
Engenheiro de carreira foi convidado para assumir a Subprefeitura Mooca
maio22

Engenheiro de carreira foi convidado para assumir a Subprefeitura Mooca

Gerson Soares Evando Reis, engenheiro elétrico com especialização em Meio Ambiente, funcionário de carreira da Prefeitura de São Paulo, assumiu a Subprefeitura Mooca no dia 09 de maio. A indicação foi concretizada após uma entrevista pessoal com o prefeito Fernando Haddad. “Ele mantém uma linha de indicar pessoas ligadas às estatais e de carreira pública”, revela. O novo Subprefeito da Mooca demonstra forte ligação com a zona Leste. Cresceu em Itaquera, morou na Avenida Pires do Rio, aos 14 anos disse que já trabalhava em frente sua casa. “E estou aqui, trabalhar com essa idade não me fez mal algum”, admite aos 57. Reis chegou com os pais de Fortaleza, CE, aos seis meses de idade, e tem mais cinco irmãos. “Cinco homens e uma mulher”. Segundo ele, acompanhou o crescimento da populosa região de São Paulo. Leia a entrevista “Estudei em colégio público (Grupo Engenheiro Alvares de Azevedo), depois fiz Eletrônica e Engenharia Elétrica”. Após concluir seus estudos especializou-se em Meio Ambiente pela Fundação Alvares Penteado, fazendo carreira desde auxiliar técnico na Eletropaulo. “Ainda trabalhei quatro anos na antiga Light”, disse referindo-se à empresa do Reino Unido, que supriu durante décadas a luz em São Paulo e Rio de Janeiro, onde ainda atua. Durante sua passagem pela Eletropaulo, foi presidente da Associação dos Engenheiros da empresa, onde 1.200 mil profissionais, a maioria com cargo de direção, recebiam informações sobre os interesses da comunidade. Sua carreira como funcionário público, passa ainda pela CETESB – onde permaneceu três anos. Em 2001, passou a ser chefe da Subprefeitura de São Miguel Paulista, onde permaneceu por duas gestões e mais uma como supervisor de Habitação no Itaim. Frase: “Eu quero a Mooca um brinco”. Leia mais  Obras no Tatuapé são largadas pela metade  Conservação de ruas do Jardim Anália Franco acontece após anos Depois de quase três meses de cobranças, calçada do João Borges está sendo...

Leia mais
Depois de quase três meses de cobranças, calçada do João Borges está sendo consertada
maio22

Depois de quase três meses de cobranças, calçada do João Borges está sendo consertada

Desde o início deste ano, a calçada de um dos colégios mais tradicionais do bairro, a Escola Estadual Professor João Borges, estava precisando de consertos. A iniciativa foi tomada, assim como as obras que mostramos na Rua Emília Marengo e Praça General Costa Barreto. Porém, o conserto foi deixado de lado. Pedras, desnivelamentos, colocavam em risco os pedestres, bem em frente ao lugar onde eles devem aprender sobre cidadania e educação. Ontem (21), finalmente a calçada da escola estava sendo arrumada.     A falta de uma Subprefeitura específica para o Tatuapé e Jardim Anália Franco, leva a esses erros administrativos. É o que se pode concluir, já que as ruas do bairro, que é formado por um todo e tem delimitações próprias, foram subdividas por duas subprefeituras, como mostram as reportagens de hoje. Leia mais: Entrevista com o Subprefeito Evandro Reis Obras no Tatuapé são largadas pela metade Conservação de ruas do Jardim Anália Franco acontece após anos Estamos propondo a divulgação de um mapa que deixe claro a qual dessas duas subprefeituras, Mooca e Aricanduva/Formosa/Carrão, as ruas do bairro estão subordinadas, para que não haja mais o empurra-empurra, como acontece com a manutenção dos parques e tapa-buracos, por exemplo. Fomos informações hoje (22), pela subprefeitura Aricanduva que se o contribuinte quiser saber esse detalhe, sobre sua rua, deverá comparecer à Rua Atucuri, 699, Vila...

Leia mais
Conservação de ruas do Jardim Anália Franco acontece após anos
maio22
Leia mais
Entrevista com o Subprefeito Evandro Reis
maio22

Entrevista com o Subprefeito Evandro Reis

Entrevista com o subprefeito Mooca, engenheiro Evando Reis, 57, realizada ontem (21/05), por volta das 11h30 na sede da Subprefeitura Mooca, acompanhado pela assessora, a jornalista Deborah Amoroso Gonçalves. Alô Tatuapé – O senhor está filiado a algum partido político? Engº Evando Reis – Não sou neutro. Alô Tatuapé – Qual o motivo de tantas trocas de subprefeitos na Mooca? O senhor é o terceiro na gestão Haddad. Engº Evando Reis – Francisco Carlos Ricardo saiu em fevereiro, ficou um ano. Entrou Valter Antonio da Rocha, como interino durante alguns meses para que o prefeito avaliasse quem colocaria em seu lugar, até que eu assumi. Alô Tatuapé – A Subprefeitura Mooca tem parcerias com construtoras? Engº Evando Reis – Temos parcerias de cooperação com empresas. Sobre construtoras não tem conhecimento. Alô Tatuapé – O Tatuapé (incluindo o Jardim Anália Franco) não consta no www.planejasampa/metas, nova maneira de acessar as ações da prefeitura. Portanto, significa que não há metas para o bairro? Engº Evando Reis – Pode estar no plano macro das metas. (Mas não soube dizer se há alguma meta para o bairro. A assessora ficou de averiguar para responder em seguida). Alô Tatuapé – Está confirmada a Operação Catabagulho dia 24, no Tatuapé? Engº Evando Reis – Sim. São todas as ruas, por volta de 300. Alô Tatuapé – Qual sua posição quanto às construções desenfreadas que ocorrem há pelo menos 10 anos num ritmo frenético no Tatuapé e Jardim Anália Franco? Engº Evandro Reis – Não está na minha competência, tem regulamentação, leis, plano diretor e secretarias específicas. Alô Tatuapé – Construtoras atingem lençóis freáticos e a água limpa jorra pelo bairro a céu aberto. O quem a dizer? Engº Evando Reis – É uma questão a ser averiguada. Alô Tatuapé – Casas apresentam rachaduras durante as construções e os terrenos sofrem avariações. O que tem a dizer? Engº Evando Reis – As construtoras são obrigadas a reparar todos os danos, deve haver acordo com as partes prejudicadas. Se não honrarem o acordo, o cidadão deve procurar os órgãos competentes. Alô Tatuapé – Os parques C.E.E. Brigadeiro Eduardo Gomes (Ceebeg) e Pet estão degradados. O senhor pretende fazer algo a respeito? Engº Evando Reis – Preciso de um prazo para conversar com a SEME (Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação). Alô Tatuapé – A população e os frequentadores do Largo Nossa Senhora do Bom Parto, afirmam que é necessária a presença da GCM (Guarda Civil Metropolitana) e da PM para fazer rondas no local nas noites e madrugadas das sextas-feiras e sábados. O que o senhor pretende fazer? Engº Evando Reis – Vou conversar com o inspetor...

Leia mais
Obras no Tatuapé são largadas pela metade
maio22
Leia mais
Prefeitura emite novos TPUs para a Feira da Madrugada
maio13

Prefeitura emite novos TPUs para a Feira da Madrugada

Publicado em 13 de maio de 2014   As inscrições serão realizadas pela Subprefeitura Mooca; objetivo é regularizar aproximadamente 4 mil boxes do espaço. A Prefeitura Municipal de São Paulo, após o cadastramento dos comerciantes que já atuavam no Pátio do Pari, concederá, por meio da subprefeitura Mooca, mais 1200 Termos de Permissão de Uso (TPUs) para que ambulantes que atuam em outras regiões da cidade possam trabalhar na Feira da Madrugada. A determinação foi publicada sábado (10/5), por meio de portaria, no Diário Oficial da Cidade. As informações são da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras (SMSP), cujo objetivo é regularizar aproximadamente 4 mil boxes da Feira da Madrugada. Após a reforma concluída em 2013, a prioridade da concessão dos TPUs foi dada aos comerciantes que já ocupavam o local antes de seu fechamento. Com o cadastro e emissão destes termos, a Prefeitura agora convoca novos interessados, que estejam atuando nas ruas, para trabalhar no Pátio do Pari. As vagas remanescentes foram distribuídas distintamente. Cerca de 10% serão concedidas à ambulantes que já possuam TPU e sejam portadores de deficiência física. Outros 10% serão concedidos à ambulantes idosos. O restante, 80%, correspondente a mais de 950 vagas, será dos demais ambulantes que igualmente atuem em vias publicas, num total de 1.200 vagas. Os interessados devem procurar a Subprefeitura Mooca (veja o endereço abaixo) e preencher uma ficha de requerimento comprovando, entre outras coisas, que seu Termo de Permissão de Uso está em vigor. Caso o número de interessados em cada um dos grupos exceda o número de vagas disponíveis, a subprefeitura organizará um sorteio para definir quem ocupará as vagas e, caso seja necessário, realizará também sorteio para os ambulantes das categorias “deficiente físico” e “idoso”. Aqueles não contemplados com as vagas disponibilizadas dentro do percentual de 10% (dez por cento), concorrerão também com os demais interessados aos outros 80%. O sorteio deverá ser realizado em data e local previamente estipulados e divulgados no Diário Oficial da Cidade, aberto ao acompanhamento dos interessados. A Subprefeitura Mooca deixa claro que as vagas serão destinadas aos ambulantes que já possuem TPU. Após a acomodação e ocupação das vagas disponíveis, há informação de que a Prefeitura poderá iniciar inscrições para novos TPUs aos interessados em trabalhar como ambulantes. Apesar da nota emitida pela Prefeitura na sexta-feira (9) e publicada no Diário Oficial da Cidade um dia antes, através de liminar concedida pela Justiça, a Feira da Madrugada funcionou normalmente ontem. O endereço da Subprefeitura Mooca é R. Taquari, 549 – Telelfone: 2292-2122. Horário de Funcionamento é de 2ª a 6ª feira das 8h às...

Leia mais
Eles voltaram… Os tatuzinhos, voltaram
mar18
Leia mais