Termos de cooperação de praças são desburocratizados pela prefeitura


Segunda-feira, 11 de maio de 2015, às 17h16


Convênios com a Subprefeitura agora ficam mais ágeis.

Com o objetivo de dinamizar as adoções de áreas verdes e praças públicas por empresários e membros da comunidade, a Prefeitura de São Paulo, desde maio de 2014, tornou mais simples os termos de parcerias em áreas verdes com menos de 5.000 m². Agora esses processos passam apenas pela Subprefeitura. Anteriormente, os processos passavam por diversos órgãos, gerando lentidão e algumas parcerias deixavam de acontecer devido à demora, que em alguns casos demoravam até um ano. Atualmente, tudo é resolvido em até 45 dias.

 

Praça Silvio Romero, no Tatuapé. Foto: aloimage

Praça Silvio Romero, no Tatuapé. Foto: aloimage

 

O termo de cooperação firmado com a iniciativa privada e com a sociedade civil tem como objetivo a conservação, manutenção, melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas em áreas municipais. As parcerias duram três anos e o cooperado pode instalar uma placa, nas medidas previstas pela legislação, com o nome da empresa ou o seu próprio nome, indicando que são responsáveis por conservar o espaço. Para saber mais detalhes do programa entre em contato no telefone: 2292-2122 no ramal 2053.

Lixo: Subprefeitura Mooca realiza campanha de conscientização

Visando diminuir o descarte irregular de lixo e entulho, a Subprefeitura Mooca, em parceria com a Secretaria Municipal de Serviços, Guarda Metropolitana Municipal, empresa Inova e Polícia Militar de São Paulo, campanha tem como objetivo diminuir o descarte irregular de inservíveis e conscientizar os munícipes sobre o lixo na cidade. De acordo com a assessoria da Subprefeitura Mooca, os órgãos organizam diariamente a retirada desses materiais e de entulho. Os agentes da prefeitura saem as ruas com intuito de orientar a população dos horários e locais corretos de descarte desses materiais, evitando assim, aplicação de multa.

Brás

Um dos maiores problemas, segundo técnicos da prefeitura, é o descarte irregular praticado pelos carroceiros, que separam os resíduos para venda, despejando entulho dos mais diversos materiais em locais inadequados e esse tipo de ação está concentrada no bairro do Brás. O principal objetivo é orientar justamente esses profissionais (carroceiros) a fazerem o descarte no Ecoponto mais próximo, ou em lixeiras de reciclagem da região.

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro
Assista ao programa de TV Ciência Aberta
Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo
STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo
Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo
Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo
Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula
Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo
  • Cineasta sueco registrou a paisagem carioca vista do morro

  • Assista ao programa de TV Ciência Aberta

  • Alckmin inaugura estações com Operação Assistida grátis na ZL, vídeo

  • STF julga Habeas Corpus de Lula, assista ao vivo

  • Stella Artois | Buy A Lady A Drink – Social Experiment, vídeo

  • Centro faz pesquisas para tratar e prevenir a obesidade, vídeo

  • Acompanhe ao vivo o julgamento do recurso do ex-presidente Lula

  • Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*