Termos de cooperação de praças são desburocratizados pela prefeitura


Segunda-feira, 11 de maio de 2015, às 17h16


Convênios com a Subprefeitura agora ficam mais ágeis.

Com o objetivo de dinamizar as adoções de áreas verdes e praças públicas por empresários e membros da comunidade, a Prefeitura de São Paulo, desde maio de 2014, tornou mais simples os termos de parcerias em áreas verdes com menos de 5.000 m². Agora esses processos passam apenas pela Subprefeitura. Anteriormente, os processos passavam por diversos órgãos, gerando lentidão e algumas parcerias deixavam de acontecer devido à demora, que em alguns casos demoravam até um ano. Atualmente, tudo é resolvido em até 45 dias.

 

Praça Silvio Romero, no Tatuapé. Foto: aloimage

Praça Silvio Romero, no Tatuapé. Foto: aloimage

 

O termo de cooperação firmado com a iniciativa privada e com a sociedade civil tem como objetivo a conservação, manutenção, melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas em áreas municipais. As parcerias duram três anos e o cooperado pode instalar uma placa, nas medidas previstas pela legislação, com o nome da empresa ou o seu próprio nome, indicando que são responsáveis por conservar o espaço. Para saber mais detalhes do programa entre em contato no telefone: 2292-2122 no ramal 2053.

Lixo: Subprefeitura Mooca realiza campanha de conscientização

Visando diminuir o descarte irregular de lixo e entulho, a Subprefeitura Mooca, em parceria com a Secretaria Municipal de Serviços, Guarda Metropolitana Municipal, empresa Inova e Polícia Militar de São Paulo, campanha tem como objetivo diminuir o descarte irregular de inservíveis e conscientizar os munícipes sobre o lixo na cidade. De acordo com a assessoria da Subprefeitura Mooca, os órgãos organizam diariamente a retirada desses materiais e de entulho. Os agentes da prefeitura saem as ruas com intuito de orientar a população dos horários e locais corretos de descarte desses materiais, evitando assim, aplicação de multa.

Brás

Um dos maiores problemas, segundo técnicos da prefeitura, é o descarte irregular praticado pelos carroceiros, que separam os resíduos para venda, despejando entulho dos mais diversos materiais em locais inadequados e esse tipo de ação está concentrada no bairro do Brás. O principal objetivo é orientar justamente esses profissionais (carroceiros) a fazerem o descarte no Ecoponto mais próximo, ou em lixeiras de reciclagem da região.

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*