TRF4 nega recurso da defesa de Lula e ele depõe amanhã


Terça-feira, 9 de maio de 2017 às 20h33


Sem comparações. Al Capone foi pego pelo fisco americano por sonegação de impostos e não pelos crimes que cometeu. Lula, apesar de negar o que o país inteiro vivencia há anos, terá de encarar o juiz Sérgio Moro, pela acusação de ter recebido propina sob a forma de um apartamento no Guarujá no valor de 3,5 milhões. Uma ninharia diante dos valores relatados pelos delatores da Lava Jato que arrombaram os cofres da Petrobras. O desenrolar da operação o colocam cara a cara com a Justiça.

Gerson Soares

Nesta quarta-feira (10), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva irá depor no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) em Curitiba-PR. Esta será a primeira vez que Lula se encontrará com o juiz federal Sérgio Moro, na condição de réu e será interrogado presencialmente. A ação penal tramita no âmbito da Operação Lava Jato. A denúncia contra ele gira em torno do suposto recebimento de propina da construtora OAS, através de um triplex no Guarujá (SP). O ex-presidente nega as acusações.

 

Juiz Federal Sérgio Moro e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Fotos: Filipe Araújo e Rovena Rosa/Agência Brasil

 

Nesta terça-feira (9), o TRF4 manteve a data do depoimento, diante da tentativa protelatória da defesa do ex-presidente, alegando falta de tempo para análise de documentos anexados ao processo pela Petrobras. De acordo com a Agência Brasil a decisão foi tomada pelo juiz federal Nival Brunoni que negou o pedido de habeas corpus impetrado pelos advogados de Lula.

O advogado Cristiano Zanin Martins alegou cerceamento de defesa por “não haver viabilidade material de análise dessa documentação antes do interrogatório”. A argumentação de Martins foi negada por Brunoni, que ressaltou que a juntada de documentos por parte da Petrobras foi requerida pela própria defesa do ex-presidente.

“Foge do razoável a defesa pretender o sobrestamento da ação penal até a aferição da integralidade da documentação por ela própria solicitada, quando a inicial acusatória está suficientemente instruída”, diz o despacho de Brunoni.

PRISÃO

De acordo com especialistas em Direito, a especulação de que Lula poderia ser preso amanhã é infundada. O próprio juiz Sergio Moro, afirmou em vídeo divulgado nas redes sociais que “esta é uma oportunidade para o senhor ex-presidente se defender” e disse que o interrogatório “é um ato normal do processo”.

O jornal O Estado de São Paulo divulgou, há pouco, que foram apreendidos facões, foices e facas em ônibus que levavam manifestantes que irão apoiar Lula. De acordo com a notícia 20 ônibus se dirigiram a Curitiba. A Prefeitura da cidade separou os manifestantes contrários ao ex-presidente e apoiadores da Lava Jato, daqueles que o apoiam. Enquanto os primeiros ficarão no Centro Histórico em área delimitada, os outros poderão se manifestar na Praça Santos Andrade.

Conforme divulgou o Paranáportal, o esquema de segurança para o interrogatório é um dos maiores já vistos na cidade, envolvendo as polícias Civil e Militar, rodoviárias Federal e Estadual, além da própria Polícia Federal. Em seu blog na Gazeta do Povo, Reinaldo Bessa, afirmou agora pouco que a assessoria de Lula teve dificuldade para encontrar um hotel a fim de hospedá-lo. “Todos os estabelecimentos consultados recusaram o hóspede, segundo disse ao blog uma fonte do setor, por temer represálias e manifestações dos apoiadores da Lava Jato”. Por fim, ainda de acordo com Bessa, “os advogados do ex-presidente acabaram convencendo a gerência do Bourbon Curitiba”. O hotel fica no centro e recusou ceder uma sala a eles para a coletiva de imprensa, após a audiência com Moro, afirmou o blog.

Há pouco mais de uma hora, o Veja.com divulgou que o juiz Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília, determinou a suspensão das atividades do Instituto Lula, em outra ação penal, em que o ex-presidente é acusado de tentar atrapalhar as investigações da Lava Jato. Conforme divulgado pelo Veja.com, essa medida cautelar foi tomada porque a entidade foi usada para a “perpetração de vários ilícitos criminais”.

O cara a cara está marcado para amanhã às 14 horas, quando Lula – acusado por lavagem de dinheiro e corrupção passiva pelo Ministério Público Federal –, terá de explicar frente à Justiça sobre a reforma e reserva do triplex, cujo dinheiro teria origem em contratos fraudulentos com a Petrobras.

Abertura do 4º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública Interstadual e da 64 Reunião do CONSESP. Fotos: Eduardo Ferreira / Governo de Goiás

"Alguma coisa está errada na nossa pátria", diz presidente do STF, ministra Cármen Lúcia, durante a Abertura do 4º Encontro do Pacto Integrador de Segurança Pública Interestadual e da 64ª Reunião do CONSESP. Fotos: Eduardo Ferreira / Governo de Goiás

Leia mais sobre
JUSTIÇA

 

Gráfico do MPF, mostra Lula no centro do poder criminoso instituído no país. Imagem: reprodução TV

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*