Vale do Paraíba e Litoral Norte recebem 36,9 mi para o turismo

Domingo, 8 de junho de 2014 às 8h24 - atualizado às 10h54

Governo autoriza R$ 36,9 milhões para o turismo da RM Vale e Litoral Norte. Recursos vão contribuir para o desenvolvimento da infraestrutura turística dos municípios.

Durante sua passagem pelo Litoral Norte, Alckmin anunciou no mesmo dia do início das obras dos lotes 3 e 4 da Nova Tamoios (quarta-feira, 4), R$ 36,9 milhões em investimentos para melhorar a infraestrutura turística de 11 cidades da RM (Região Metropolitana) do Vale do Paraíba e Litoral Norte. As verbas são destinadas por meio do Dade (Departamento de Apoio ao Desenvolvimento das Estâncias), órgão subordinado à Secretaria de Turismo do Estado. A liberação dos recursos aconteceu em dois eventos, um em São Sebastião e outro em Ubatuba.

“Estamos liberando os recursos do Dade por meio de convênios com a prefeitura. É ela quem decide onde investe: uma parte em eventos e outra em obras físicas”, explicou o governador Geraldo Alckmin em Ubatuba. “Em São Sebastião, os recursos foram repassados para obras na orla da cidade. A gente tem procurado apoiar o turismo, que é fonte de emprego e renda e é essencial para a nossa população”, disse Alckmin.

Os recursos do governo estadual vão contribuir para o desenvolvimento da infraestrutura turística dos municípios. “Nós temos, hoje, 67 estâncias no Estado de São Paulo, mas muitas outras cidades têm potencial turístico. Temos recursos para mais 140 municípios se transformarem em estâncias de interesse turístico”, informou Alckmin.

Governador Geraldo Alckmin em Ubatuba. Foto: Alexandre Moreira

Em Ubatuba, a prefeitura investirá uma parte dos recursos em eventos e outra parte em obras físicas. Foto: Alexandre Moreira

Em São Sebastião, os recursos foram repassados para obras na orla da cidade. Foto: Alexandre Moreira

Dade

São Paulo é o único Estado do Brasil que tem recursos destinados anualmente para o turismo de suas cidades. Os recursos financeiros são usados para fins diversos, como revitalização de ruas e avenidas, construção de centros turísticos, elaboração de plano diretor de turismo, revitalização de praças, melhorias nas orlas das praias, alargamento de pistas, ciclovias, guias, sarjetas, reforma das calçadas, bolsões para parada de ônibus e estacionamento de veículos, além da readequação da sinalização e da iluminação.

No ano de 2013, a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo liberou cerca de R$ 283 milhões para as 67 estâncias, classificadas como balneárias, turísticas, hidrominerais e climáticas. É importante destacar que a verba do Dade é um recurso que está disponível para cada estância no orçamento do Estado todos os anos. E, para recebê-lo, as prefeituras devem determinar quais serão os objetos dos convênios a serem celebrados, ou seja, onde a verba será aplicada.

Segundo a secretario do Turismo, ao final dos quatro anos de governo de Geraldo Alckmin, o Estado terá investido cerca de R$ 1 bilhão em obras de infraestrutura turística em todo o Estado de São Paulo.

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*