WiFi grátis na Praça Sílvio Romero


Postado em 04 de fevereiro de 2014

 

A praça Sílvio Romero no Tatuapé será contemplada pelo WiFi Livre SP, sendo possível a conexão de até 100 usuários simultâneos.

Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, secretário de Serviços, Simão Pedro, presidente da Prodam (Empresa de Tecnologia da  Informação e Comunicação do Município de São Paulo), Márcio Belissomi e de representantes da empresa WCS (Wireless Comm services), responsável pela instalação do WiFi no local, durante inauguração do WiFi Livre no Páteo do Colégio. Foto: Fabio Arantes/SECOM

Prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, secretário de Serviços, Simão Pedro, presidente da Prodam (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo), Márcio Belissomi e de representantes da empresa WCS (Wireless Comm services), responsável pela instalação do WiFi no local, durante inauguração do WiFi Livre no Páteo do Colégio. Foto: Fabio Arantes/SECOM

As informações são da Secretaria Municipal de Serviços, que informa que a velocidade de conexão será de 512 kbs para download e upload e não será exigido cadastro prévio para a conexão. Este é o projeto da Prefeitura de São Paulo, chamado de Wifi Livre que teve início no dia 24 de janeiro.

Como parte das comemorações dos 460 anos da cidade de São Paulo, a prefeitura, por meio da Secretaria de Serviços, inaugurou no Pateo do Colégio, a primeira unidade WiFi Livre.

O Pateo do Colégio e Arthur Alvim ganharam as primeiras WiFis Livres e a Prefeitura promete que até o final do primeiro semestre vários outros locais, incluindo a Praça Sílvio Romero, serão contemplados num total de 120 localidades (praças e parques), espalhdos pelos 96 distritos do município. O serviço deverá constituir-se num dos maiores projetos de inclusão digital da América Latina.

O evento contou com a participação do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, do secretário de Serviços, Simão Pedro, do presidente da Prodam (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Município de São Paulo), Márcio Belissomi e de representantes da empresa WCS (Wireless Comm services), responsável pela instalação do WiFi no local.

Simultaneamente, entrou em operação a unidade instalada na Praça Dilva Gomes, em Arthur Alvim, Zona Leste da Cidade, o que reafirma o princípio de universalidade que norteia o projeto desde a sua concepção.

Para breve, o sinal estará disponível no Mercadão (centro), no vão livre do Masp (Avenida Paulista), e nas praças Benedito Calixto (Pinheiros), Fortunato da Silveira (São Miguel Paulista) e João Tadeu Priolli (Campo Limpo). Até o final do semestre, todas as 120 praças deverão estar em funcionamento, de acordo com contratos firmados com a WCS e Ziva, habilitadas por meio de licitação para essa finalidade. O valor dos contratos com as duas empresas é de R$ 27,5 milhões para três anos de contrato.

“A ideia do WiFi Livre é trazer um público novo para ocupar os espaços públicos da cidade e, por meio da diversificação, mudar a cara de São Paulo”, enfatizou Fernando Haddad, ao lembrar que, no Pateo do Colégio, até 100 pessoas podem se comunicar simultaneamente com a mesma velocidade. “Isso deve alterar a maneira como o paulistano usa as praças”, completou.

Praça Sílvio Romero tomada por jovens que exigem mudanças nas ações governamentais, em junho do ano passado: Público deve ser o principal tipo de usuário da nova rede WiFi Livre a ser instalada na praça.

Praça Sílvio Romero tomada por jovens que exigem mudanças nas ações governamentais, em junho do ano passado: Público deve ser o principal tipo de usuário da nova rede WiFi Livre a ser instalada na praça.

De acordo com Simão Pedro, para garantir mais conforto para os frequentadores desses espaços (as unidades ficarão 24 horas no ar), os locais receberão melhorias na iluminação. É o caso da Praça Dilva Gomes que foi contemplada com 26 luminárias de vapor metálico no seu interior e com 12 luminárias de vapor de sódio no seu entorno, num investimento de R$ 43.200,00.

Ainda para garantir o conforto, segundo Simão Pedro, estudos vem sendo realizados junto ao Fundo do Mobiliário Urbano para a instalação de mobiliários para recepcionar os usuários do WiFi Livre. “O objetivo não é somente oferecer um sinal de Internet gratuito e de qualidade, mas incentivar o cidadão a ocupar, de forma acolhedora, o espaço público, para que ele, além de navegar em seus sites preferidos, possa contribuir para a criação de uma sociedade mais justa, por meio de debates”, ressaltou.

Privacidade – Para garantir a privacidade dos usuários, a Coordenadoria de Conectividade e Convergência Digital (CCCD), coordenadora do programa ao lado da Prodam, está elaborando um documento, a partir de dados e informações coletados por meio de uma consulta pública, que garanta ao usuários do WiFi Livre navegarem sem ter seus dados coletados ou usados sem a devida autorização e conhecimento.

Os únicos dados que serão coletados são os que dizem respeito ao controle da qualidade do serviço como velocidade de conexão, usuários simultâneos, consumo total de banda e pontos de acesso.

Outro dado que garante a privacidade do usuário é a não exigência de cadastro para a navegação.

Cidadania – A meta do WiFi Livre é encorajar a cidadania por meio da inclusão digital. De acordo com CCCD, as 120 unidades de WiFi Livre deverão atender 11.775 usuários ao mesmo tempo, a uma velocidade de 512 kbps efetivos para download e upload.

Fonte: Secretaria Municipal de Serviços

Leia sobre os assuntos relacionados a este tema

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*