WWF trabalha pela conservação do Pantanal


Sábado, 11 de julho de 2015, às 09h59


WWF-Brasil | Ações de conservação em uma das mais importantes regiões da América do Sul são o foco de uma estratégia compartilhada entre o WWF do Brasil, da Bolívia e do Paraguai por meio do Programa Cerrado Pantanal.

Foto: © Adriano Gambarini

Campos alagados, Pantanal (Mato Grosso do Sul). Foto: © Adriano Gambarini

Apoio às boas práticas produtivas, à gestão de áreas protegidas, inserção em políticas públicas em prol da conservação do Pantanal e conscientização sobre as escolhas de consumo e o impacto ao meio ambiente são alguns exemplos das atividades realizadas em conjunto. Elas visam a conservação do Cerrado e do Pantanal e a redução das principais ameaças identificadas nesses dois biomas.

O WWF tem trabalhado no Pantanal desde 1998, no Brasil e na Bolívia, por meio de seu programa de conservação e com a participação do Paraguai a partir de 2012. Antes, os esforços se concentraram, principalmente, na porção geográfica do Pantanal, mas desde 2008 a organização passou a adotar uma visão mais integrada de toda a Bacia do Alto Paraguai (BAP).

 

Foto: © Adriano Gambarini

Pantanal. Foto: © Adriano Gambarini



A área de 624.320 km² abriga todo o Pantanal, parte do Cerrado e porções do Bosque Chiquitano e Chaco. Deste total, aproximadamente 62% estão no Brasil, nos estados do Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, 20% na Bolívia, no estado de Santa Cruz e 18% no Paraguai, nos estados do Alto Paraguai, Boqueron e Presidente Hayes .

Um vídeo produzido pelo WWF apresenta esse trabalho trinacional, especialmente, no Pantanal, maior área úmida continental do mundo. Está disponível com versões em português, espanhol e inglês. Acesse o link ao lado.

 

Foto: © Adriano Gambarini

Pantanal. Foto: © Adriano Gambarini

O Parna Juruena é o quarto maior do país. Foto: © WWF-Brasil / Adriano Gambarini

O Parna Juruena é o quarto maior do país. Foto: © WWF-Brasil / Adriano Gambarini

Leia mais sobre
WWF-BRASIL

 

Pesquisadores avaliam fatores limitantes atuais na área em livro sobre ecologia aplicada e dimensões humanas na governança da biodiversidade. Foto ilustrativa: Neil Palmer/Ciat (Flckr) via Wikipedia

Pesquisadores avaliam fatores limitantes atuais na área em livro sobre ecologia aplicada e dimensões humanas na governança da biodiversidade. Foto ilustrativa: Neil Palmer/Ciat (Flckr) via Wikipedia

Leia mais sobre
BIODIVERSIDADE

 

Botos são mortos para virar isca para pesca de piracatinga. Foto: photobucket.com

Botos são mortos para virar isca para pesca de piracatinga. Foto: photobucket.com

Leia mais sobre
NATUREZA | ECOLOGIA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
Telescópio Gigante Magalhães, vídeo
Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce
Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d
Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia
Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo
Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar
Animação sobre a prevenção do câncer de mama
  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

  • Telescópio Gigante Magalhães, vídeo

  • Catálogo on-line reunirá informações de 2,3 mil espécies de peixes de água doce

  • Faça um passeio pelo “solo alienígena” do exoplaneta TRAPPIST-1d

  • Video: Venha com a gente para as profundezas dos Corais da Amazônia

  • Desmatamento dispara na Amazônia, vídeo

  • Benefícios da caminhada e da bicicleta superam malefícios da poluição do ar

  • Animação sobre a prevenção do câncer de mama

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*