Xtreme Gold Team promove tradicional Graduação dos Alunos de Jiu Jitsu, vídeo


Terça-feira, 12 de dezembro de 2017 às 19h59


O evento ocorreu nas instalações da academia no bairro do Tatuapé – São Paulo, no final a emoção tomou conta do tatame, quando o último faixa preta do dia foi chamado.

Gerson Soares

O Jiu Jitsu é um dos esportes mais dinâmicos e difundidos no Brasil, dentre as artes marciais. Um mérito à Família Gracie que o difundiu amplamente e aos mestres Luiz França e Oswaldo Fadda, que também são precursores.

 

Graduados da Xtreme Gold Team - Dezembro de 2017. Foto: aloimage

 

O Centro de Treinamento Xtreme Gold Team é uma das escolas mais tradicionais dessa arte marcial e está localizada no bairro do Tatuapé, tendo como líder o mestre Fábiano Victorino, “Pedra”, faixa Preta 4º grau, que começou a praticar o Jiu Jitsu no ano de 1995.

No sábado (9), a Xtreme, como é conhecida a academia, graduou mais de uma centena de alunos e dez faixas pretas. Pedra falou aos alunos, deixando mensagens de otimismo e dedicação aos novos graduados. Vários professores que dão aulas em academias afiliadas também entregaram as faixas aos seus alunos.

O dia começou com o Samurai, teste de resistência física e psicológica imposto aos novos faixas pretas que “sobreviveram” e lá estavam para receber seu prêmio pelo empenho demonstrado ao longo de vários anos de dedicação ao Jiu Jitsu.

 

Janaina, familiares do Rapha, mestre Saci e à direta, mestre Pedra. Foto: aloimage

 

Momento de emoção

Após todas as graduações, o mestre Saci, faixa Preta 3º grau – que inclusive recebeu este último durante o evento, assim como outros faixas pretas que foram graduados –, chamou o seu aluno Raphael Brangi Forti para receber a faixa Preta. Rapha, como é chamado pelos amigos, já se destacava na faixa marrom e estava prestes a receber a preta, quando sofreu um gravíssimo acidente de motocicleta, há um ano.

Depois de passar por internações e cirurgias, além dos cuidados que recebe dos familiares e da namorada Janaina, ainda com dificuldade para se locomover e falar, se levantou da cadeira de rodas e no tatame se lembrou dos amigos Bruno e Júlio, que lhe disseram: “Nós só vamos pegar a faixa Preta quando você ficar de pé”, acreditando na recuperação muito difícil do amigo e companheiro do tatame.

 

Bruno, Saci, Raphael e Julio: amizade como irmãos. Foto: aloimage

 

Ao lado do Saci, seu professor, e do mestre Pedra, o guerreiro Rapha se ergueu e disse aos amigos, depois de agradecer aos mestres pelos ensinamentos:

– Se eu vim pegar a preta hoje, foi por um motivo só, por causa do Bruno e do Júlio. Eu lembro que o Bruno chegou e falou. ‘Rapha, eu não vou pegar a preta enquanto você não estiver de pé’. Brunão eu tô de pé...

Assista ao vídeo

Daí em diante, o que se ouviu foram os amigos a ovacioná-lo, a emoção tomou conta do tatame. Cumprindo a promessa, os dois amigos também foram graduados com a faixa preta naquele dia. Ponto alto do dia, a última palavra coube ao mestre Pedra: “Formação”. E assim o evento foi encerrado, por volta das 16h.

 

Mestres Pedra, Didico e Saci, seguidos pelos demais faixas pretas cumprimentam os alunos durante a formação. Foto: aloimage

 

Comemoração

Após os cumprimentos, houve a tradicional distribuição de refrigerantes e esfihas. Vários grupos se formaram, já que a academia possui diversos horários de treino. Notícias dizem que a comemoração se estendeu até o final da noite do sábado e outras que alcançou a manhã do domingo.

A Xtreme Gold Team é repetidas vezes considerada pelos alunos como uma grande família, onde cada um apoia e procura passar os conhecimentos que recebe. Principalmente quando chega o final do ano, nota-se que todos se irmanam para que sejam bem sucedidos em seus exames de graduação.

 


Breve histórico sobre o Jiu Jitsu

Conde Koma, nome que teria recebido em sua viagem pela Espanha. Em 1929, a Kodokan o promoveu a 6º dan, e em 27 de novembro de 1941, foi promovido ao sétimo dan (póstumo). Foto: The Japanese book

A Família Gracie, através de Carlos Gracie e Hélio Gracie, e o mestre Luiz França, ao lado do mestre Oswaldo Fadda, são considerados precursores que desenvolveram técnicas de ataque e defesa, baseados nos ensinamentos do conde Koma, japonês que chegou ao País em 14 de novembro de 1914, a Porto Alegre ou ao porto de Santos – há discordância do local onde ele teria desembarcado – ao lado do sensei Satake, ambos são considerados os pioneiros do judô no Brasil. Carlos Gracie e Luiz França logo se tornariam conhecidos de Mitsuyo Maeda, o conde Koma.

Em 20 de dezembro de 1915, Maeda e Satake chegaram a Belém-PA. Enquanto Satake ali permaneceu, Maeda – que após naturalizar-se brasileiro passou a se chamar Otávio Mitsuyo Maeda e ficou conhecido como conde Koma – ainda viajou à Inglaterra e Portugal, depois Espanha e França, voltando em 1917 e fixando-se em Belém do Pará. Casou e lutava esporadicamente, até que fundou sua primeira academia de Judô em 1921.

O encontro com a família Gracie ocorre ainda em 1917, quando Carlos Gracie, aos 14 anos, começa a praticar judô. Logo, seu irmão mais novo, Hélio Gracie ingressaria nos ensinamentos e ambos se tornariam os fundadores do “brazilian jiu jitsu”. Entre os primeiros alunos de Maeda, estava Luiz França que viria ser o mestre de Oswado Fadda, sendo ambos os responsáveis pelo surgimento de outro ramo do jiu jitsu brasileiro.

Fonte: Wikipedia

Faixa Preta #forçaRapha 

Publicado em 12 de dez de 2017
 
 
Mestres Pedra e Tambucci, graduados e alunos da Xtreme no dia 3 de março de 2011. Foto: aloimage

Mestres Pedra e Tambucci (faixa vermelha), graduados e alunos da Xtreme no dia 3 de março de 2011. Foto: aloimage

Leia mais sobre
ARTES MARCIAIS

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo
Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo
Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo
Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo
Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes
Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo
Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo
Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo
  • Centro Esportivo do Tatuapé: obra abandonada e larvas de pernilongos, vídeo

  • Programa PIPE para inovação em São Paulo, vídeo

  • Deputados querem votar mudanças no sistema eleitoral e fundo público de campanhas, vídeo

  • Continue acompanhando do espaço os movimentos do furacão Irma, vídeo

  • Liderada pelo deputado André Fufuca, Câmara vota pautas importantes

  • Sessão conjunta do Congresso Nacional, ao vivo

  • Plenário da Câmara dos Deputados, ao vivo

  • Acompanhe a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*