Direto do Gabinete
out10

Direto do Gabinete

Quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Nesta tarde de quinta-feira (10), conversamos com o Vereador Toninho Paiva, que em pouco mais de dez minutos traçou um ligeiro panorama sobre alguns assuntos relevantes. SUBPREFEITURA DO TATUAPÉ Não há novidades, segundo ele, no que diz respeito à criação de uma Subprefeitura para o Tatuapé. Tão almejada há quase duas décadas por líderes do bairro, como Carlos Pinto de Oliveira Sá e Antonio Giaquinto, estes já faleceram sem ver seu sonho realizado e parece que a situação não muda tão cedo. BURACOS (1) O Vereador criticou a situação das vias públicas, que julga ter piorado em um ano, assim como as praças de forma geral. “O que eu vejo é uma situação de abandono”. BURACOS (2) Alô Tatuapé chegou a fazer uma série de reportagens sobre o assunto, intituladas “A volta dos Tatus”, numa brincadeira com os pequenos animais que dão nome ao bairro, principalmente por terem sido abundantes na região. O trocadilho é alusivo ao fato de os tatus construírem tocas ou buracos e como a situação requeria providências rápidas naquele momento resolvemos criticar com bom humor. COSTELA DE BÚFALO Ainda sobre o assunto, deixamos para o Vereador a seguinte dica: Rua Azevedo Soares, altura da E. E. Ascendino Reis. Nesse local existe um costela de vaca (ou búfalo? como disse brincando o Vereador); a altura da deformidade no asfalto chega a assustar os motoristas, que para desviar precisam andar na contra mão, a fim de evitarem a colisão com o assoalho dos veículos ou coisa pior. HOSPITAL MUNICIPAL DO TATUAPÉ Quando se fala na história recente da instituição, devemos lembrar do médico Plínio Bertocco e a condução dos trabalhos que exerceu junto aos residentes, também em outras áreas do hospital, chegando ao cargo de diretor. Remontando a esse nome de alta estima entre os médicos, Toninho Paiva o citou, antes de concluir: “Acabei de vir da Secretaria da Saúde e a situação é difícil. A saúde está encolhendo ao invés de aumentar. Mas o Hospital do Tatuapé ainda é um dos que melhor atende a população comparado, por exemplo, com o da Cidade Tiradentes; faz operações de risco, profissionais que atendem no Einstein e outros hospitais de ponta trabalham lá”, disse. “Só não faz transplantes”, completou. AUMENTO DO IPTU Sobre o indigesto aumento do IPTU desejado pela Prefeitura de São Paulo para 2014: “Sobre esse percentual eu já falei que não voto”, revelou. O aumento pleiteado pode chegar até 26% em média para os imóveis de maior valor, ficando na casa dos 18% para as residências. “Esse valores podem atingir bairros como o Tatuapé”, diz. O aumento deverá ser votado até...

Leia mais
Faixas exclusivas tem ganho médio de 45,7%
out10

Faixas exclusivas tem ganho médio de 45,7%

Velocidade média em faixas exclusivas tem ganho médio de 45,7% para o transporte coletivo A CET concluiu a medição em 77 trechos de faixas exclusivas. A velocidade média aumentou de 14,3 Km/h para 20,8 Km/h em dados coletados entre fevereiro e setembro A CET está formatando um estudo de velocidade média nas faixas exclusivas existentes na cidade. Em meados de setembro, foram compilados os primeiros dados gerais do relatório. Os números apresentam a performance em 77 trechos de faixas exclusivas inauguradas entre o dia 22 de fevereiro e 9 de setembro, num universo de 160 Km, aproximadamente. A amostragem revela um crescimento de 45,7% na velocidade média desempenhada pelos ônibus, com aumento de 14,3 Km /h para 20,8 Km/h. No cálculo geral dessa média, foram desconsiderados os trechos de vias segregadas inferiores a 300 metros. Em cada uma das faixas pesquisadas a medição foi feita uma semana antes da implantação da faixa exclusiva e ao longo da primeira semana de ativação do trecho. No arquivo anexo está a tabela com as medições realizadas. Um exemplo: a faixa exclusiva de ônibus da Avenida Dr. Arnaldo foi inaugurada no dia 10 de julho. Uma semana antes, a CET fez uma contagem da velocidade dos ônibus na faixa mais à direita da via nos picos manhã e tarde. A velocidade medida nos ônibus foi de 6 km/h, no trecho entre a Rua Cardoso de Almeida, e 180 metros após a Rua Teodoro Sampaio. Na semana seguinte, já com a faixa, a velocidade subiu para 14,5 km/h, um aumento de 143,7% Há locais que concentram os principais deslocamentos no sistema viário principal da cidade onde a velocidade dos ônibus não chegava a 15 Km/h. O melhor exemplo é a Avenida 23 de Maio / Av. Rubem Berta / Avenida Moreira de Guimarães, o trecho 2 de faixa exclusiva do Corredor Norte – Sul. Neste local, a velocidade, antes da implantação da faixa era de 13,7 Km/h. Na semana de inauguração da faixa, ou seja, a partir dia 5 de outubro, a velocidade alcançou 22,2 Km, um aumento de 61,9%. Outros dois exemplos satisfatórios são as Marginais. A velocidade dos ônibus na Marginal Tietê, em toda a extensão da faixa (12,6 Km), delimitada pelas Pontes Aricanduva e das Bandeiras, subiu de 20,4 Km/h para 24,7 Km/h, um aumento de 21,1%. Na Marginal Pinheiros, o ganho de velocidade foi de 26,6% se levarmos em consideração a medição nos três trechos implantados que somam 17,4 Km. A velocidade ao longo do eixo subiu de 23,2 Km/h para 29,4 Km/h. Vale ressaltar que esses números são preliminares, pois levam em consideração o desempenho alcançado apenas no início...

Leia mais