CET no seu bairro
fev13

CET no seu bairro

O anúncio foi feito na tarde desta quinta-feira (13), na sede da Secretaria Municipal de Transportes (SMT), situada na Rua Barão de Itapetininga, 18, no Centro de São Paulo, e será posto em prática a partir desta segunda-feira (17). O programa CET no seu bairro – Melhorando a Mobilidade, irá abranger 70 bairros da capital, sendo que a cada mês serão sete bairros – divididos na hierarquia do órgão através da GETs (Gerência de Engenharia de Tráfego) que receberam a visita de um posto móvel ao lado do qual será montada uma tenda para a ouvidoria dos pedidos e também das reclamações, a partir desta segunda-feira (17). “A ideia é abrir um canal direto com os munícipes e ouvir suas questões e nenhuma reclamação vai ficar sem resposta”, afirmou o secretário Jilmar Tatto. “Esta é uma situação inédita para o CET”, frisou. Ele explanou sobre várias situações e disse que haverá a participação de outros órgãos como as Subprefeituras e a Ilume, além de setores educacionais da CET. A cada mês a SMT irá divulgar os próximos bairros a serem visitados, abrangendo todas as regiões Norte, Sul, Leste e Oeste. Ainda não foi divulgado quando o Tatuapé e Jardim Anália Franco receberão a visita da Unidade Móvel, mas os primeiros bairros serão, os seguintes: – Capão Redondo/Monte Alegre; – Vila Ede; – Vila Zatt; – João XXIII/Jardim Educandário; – Jardim Myrna; – Mascarenhas de Morais; – Parque Paulistano/Vila Mara. “Vamos fazer intervenções simples que acabam facilitando a vida das pessoas que estão nos bairros visitados. Projetos mais complexos ficarão para intervenções mais demoradas”, alertou, dizendo que muitas vezes um obstáculo pode atrapalhar a manobra de um ônibus numa rua estreita causando transtornos. Também avisou que a CET está tentando diminuir os acessos à esquerda. “O motorista que vai entrar à esquerda num semáforo, por exemplo, acaba atrapalhando todo o tráfego e estamos diminuindo isso ao máximo”. Sobre a reportagem do Alô Tatuapé (leia em https://alotatuape.com.br/?p=2190), o Secretário Municipal dos Transportes concordou com a proposta do site/revista, no sentido de que poderia haver demarcações nas ruas onde existem duas faixas de rolamento que nas esquinas se transformam em três, indicando com setas a direção a seguir, à direita ou esquerda. “Mas precisar mandar alguém nos locais, caso a caso”. Este já será um bom começo. Quanto às valetas, Tatto mencionou o engajamento das Subprefeituras no programa CET no seu bairro. “Vamos pedir às Subprefeituras para analisar e alterar a geometria das valetas”, explicou. Referindo-se a outro fato citado pelo Alô Tatuapé, quanto às dificuldades que as valetas causam e o atraso para avançar na maioria dos cruzamentos do bairro. Sobre as...

Leia mais
Nova Tamoios já tem duplicação
fev13

Nova Tamoios já tem duplicação

Nova Tamoios Planalto deixa a viagem ao litoral norte mais segura. Pistas duplicadas e passagens em desnível aumentam a segurança e encurtam o tempo na estrada.   A Nova Tamoios Planalto foi modernizada, com a duplicação das pistas, que ampliaram a capacidade de tráfego. O trecho que vai de São José dos Campos até a serra tornou o trajeto para o litoral norte mais seguro e mais curto. A nova rodovia também possui barreiras de concreto dividindo as duas pistas, telas antiofuscantes, acostamentos com três metros de largura, retornos e passagens em desnível. Com a melhoria na Nova Tamoios, os negócios, comércio e turismo de todo o Vale do Paraíba e Litoral Norte serão beneficiados. A notícia é um alívio para quem pretende passar o Carnaval no Litoral Norte de São Paulo, pois a maioria dos motoristas estava utilizando a Rodovia Oswaldo Cruz. No último feriado da Proclamação da República, dia 15 de novembro do ano passado, a demora para chegar da capital paulista ao litoral norte na cidade de Ubatuba chegou a 10 horas ou mais. Falta pouco – Rodovia, que é a principal ligação entre o Vale do Paraíba e o Litoral Norte de São Paulo, teve a capacidade aumentada em 98% no chamado trecho do planalto. Os 16 mil usuários diários da Nova Tamoios vão trafegar em uma rodovia mais moderna, segura e com maior fluidez. O trecho da obra foi entregue no dia 24, pelo governador Geraldo Alckmin – as pistas duplicadas vão do km 11,5 ao km 60,48. Com a duplicação, a capacidade de tráfego da via é ampliada em 98%, passando de 1.820 para 3.600 veículos por hora. “São 49 km de duplicação, mais de 20 intervenções importantes em obras, viadutos, passarelas. Este é um sonho não só da região, mas de todo o Estado de São Paulo, que é ter uma ligação duplicada com o litoral norte”, disse o governador. Fonte: Portal do...

Leia mais
Sabesp pede para economizar água
fev13

Sabesp pede para economizar água

Apesar das boas notícias de que São Paulo está conseguindo economizar água, a falta de chuvas causa tensão. O Sistema Cantareira, principal fonte de abastecimento da Grande São Paulo, enfrenta uma das piores estiagens dos últimos 10 anos. Os níveis dos reservatórios estão baixos e exigem a colaboração das pessoas no uso racional da água. O nível do reservatório da Cantareira caiu abaixo dos 20% de sua capacidade no dia 9 último. Cartazes, dicas e outros materiais foram produzidos para auxiliar na orientação de clientes da Sabesp em casas, prédios, escolas ou estabelecimentos comerciais. Condomínios, instituições comerciais, escolas e outras unidades podem colaborar ativamente com pequenas mudanças, poupando água especialmente no verão e nas épocas de estiagem. O material adverte sobre a lavagem de carros, calçadas e quintais. Aconselha o uso do balde e a retirar as sujeiras com a vassoura. Reaproveite o máximo de água que puder. O material educativo para orientar os clientes pode ser baixado e compartilhado com os amigos ou afixar no seu prédio ou trabalho. Siga o link abaixo e seja um guardião das águas. Colabore com o uso racional da água: http://site.sabesp.com.br/site/interna/Default.aspx?secaoId=544 Se preferir poderá copiar a imagem direto do post ou no facebook do Alô Tatuapé, o importante é divulgar para não faltar...

Leia mais
Cassado Donadon
fev13

Cassado Donadon

Depois de passar por mais um vexame, proporcionado pela chegada com trajes de presidiário ao Congresso Nacional do agora ex-deputado Natan Donadon (ex-PMDB-RO), a Câmara dos Deputados cassou o seu mandato em votação aberta, sistema inaugurado nesta quarta-feira (12). O voto aberto em cassações, levou 467 deputados a votarem a favor e apenas uma abstenção do deputado Asdrubal Bentes (PMDB-PA) – que recorre de condenação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por esterilização de mulheres no Pará, segundo a acusação. Com isso, a Câmara dos Deputados voltou atrás na decisão de agosto do ano passado, quando foram 131 votos pela absolvição e 41 abstenções, sob votação secreta. A cassação de Donadon, põe fim aos seus dias de deputado-presidiário como ficou conhecido. “O voto aberto constrange o coração dos deputados”, disse ele ontem. Condenado pelo STF, a mais de 13 anos de prisão por formação de quadrilha e desvio de 8,4 milhões de verbas públicas da Assembleia Legislativa de Rondônia, através de fraudes em contratos de publicidade. Os desajustes que ainda ocorrem na política são tão escabrosos, que em agosto do ano passado Donadon pode votar na sessão plenária do Congresso Nacional que pediu sua própria cassação e foi absolvido, fato que levou deputados do PSB a recorrerem ao Conselho de Ética da Câmara, sob o argumento de que a condenação pelo STF é considerada quebra de decoro parlamentar, além do fato de o deputado ter votado durante a sessão que analisou o seu caso, o que é proibido. O voto secreto era lamentável para o deputado federal Ricardo Izar, principalmente durante o período em que assumiu a presidência do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar, quando pediu a cassação dos envolvidos no Mensalão. “O Conselho de Ética condena, mas a Câmara absolve através do voto secreto”, disse ao Alô Tatuapé em 2006. Falecido em 2008, deixou seu legado em prol da moral na política. Seu filho, deputado Ricardo Izar Jr. (PSD), seguiu os passos do pai e hoje preside o mesmo Conselho de Ética, que condenou Donadon. O voto aberto é uma consequência das manifestações ocorridas nas ruas de todo o país em junho do ano...

Leia mais