Campanha Brasil Orgânico e Sustentável
mar27

Campanha Brasil Orgânico e Sustentável

Cooperativas de vários estados brasileiros foram selecionadas.   As cooperativas que irão vender produtos da agricultura familiar nos quiosques da Campanha Brasil Orgânico e Sustentável, durante a Copa do Mundo, já foram selecionadas. O resultado da chamada pública está disponível no site do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). A comercialização será feita em 10 das 12 cidades que receberão jogos do torneio: Brasília, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Natal, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo. Entre os dias 11 e 27 de junho, cada quiosque terá seis representantes da agricultura familiar para promover o consumo de alimentos saudáveis. A campanha vai mostrar ao consumidor brasileiro e estrangeiro o potencial da agricultura familiar brasileira, que cada vez está mais organizada e estruturada para atender ao mercado , destaca o secretário nacional de Segurança Alimentar e Nutricional do MDS, Arnoldo de Campos. De acordo com o secretário, a campanha também pretende promover a abertura de novos mercados de comercialização, deixar uma cadeia produtiva mais estruturada, além de gerar renda e inserir produtivamente os agricultores familiares. A Campanha Brasil Orgânico e Sustentável é uma iniciativa do governo federal, realizada pelo MDS e pelo Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e Ministério do Esporte, em parceria com a Agência de Cooperação Alemã (GIZ), o Programa das Nações Unidades para o Meio Ambiente (Pnuma) e a Associação Brasil Orgânico e Sustentável...

Leia mais
50 mil ingressos para a Copa serão distribuídos para operários que trabalharam nos 12 estádios
mar27

50 mil ingressos para a Copa serão distribuídos para operários que trabalharam nos 12 estádios

Os ingressos são da categoria 4 para jogos da primeira fase, com exceção da partida de abertura. A FIFA anunciou, durante entrevista coletiva realizada no Rio de Janeiro nesta quinta-feira (27), que destinará aproximadamente 50 mil ingressos para jogos da Copa do Mundo a operários envolvidos nas obras dos 12 estádios que serão utilizados no torneio. Os bilhetes serão entregues às empresas responsáveis pelas construções ou reformas para serem distribuídos entre os trabalhadores. Os ingressos são da categoria 4 para jogos da primeira fase, com exceção da partida de abertura (Brasil x Croácia, no dia 12 de junho, em São Paulo). De acordo com a FIFA, “a definição da quantidade de ingressos por estádio foi feita com base no número final de operários envolvidos na obra de cada arena, de acordo com as construtoras. A divisão do número de ingressos por estádio é proporcional ao percentual de operários que trabalhou em cada obra”. Representantes das obras dos doze estádios estavam presentes na coletiva de imprensa. Os operários foram aplaudidos pelas autoridades e receberam agradecimentos de dois ídolos brasileiros. “Queria dar os parabéns porque realmente vocês trabalharam demais, incansavelmente, e fico muito feliz porque vocês vao participar da festa também”, disse Bebeto que, “convocou” outra estrela da Seleção Canarinho: Zico subiu ao palco, assistiu a um vídeo em que é homenageado por ex-jogadores, e também falou do papel dos operários. “Eles deram uma grande contribuição ao país, não só pra a Copa. Construiram estádios confortáveis, bom de assistir aos jogos, o Brasil precisava disso”, disse, no dia exato que marca os 25 anos da despedida do Galinho da Seleção. Para Zico, o Maracanã “continua lindo, com a mesma aura”, e tem tudo para ser o palco do hexacampeonato. “O Brasil tem 85% de chance de ser campeão, pela forma como vem jogando, pelo equilíbrio do time. O Felipão conseguiu trazer o público para perto da Seleção, como vimos na Copa das Confederações. Futebol se resolve no campo, mas a confiança é total. O Brasil tem tudo para fazer o dever de casa, chegar aqui no Maracanã e vencer”, completou.   Centros de Distribuição de Ingressos começarão a funcionar no dia 18 de abril nas 12 cidades-sede Confira os locais dos Centros de Distribuição de Ingressos de cada cidade Belo Horizonte – Boulevard Shopping Brasília – Centro de Convenções Ulysses Guimarães Cuiabá – Shopping Pantanal Curitiba – Pátio Batel Shopping Fortaleza – Centro de Convenções de Fortaleza Manaus – Centro Cultural dos Povos da Amazônia Natal – Shopping Cidade Jardim Porto Alegre – Barra Shopping Sul Recife – Recife Shopping Rio de Janeiro – Casarão General Severiano Salvador – Iguatemi Shopping...

Leia mais
Cardápios regionais são criados para proteger o coração
mar27

Cardápios regionais são criados para proteger o coração

Dieta cardioprotetora brasileira tem eficácia pesquisada em todo o país pelo HCor. Comer os alimentos certos é uma das mais importantes armas contra doenças cardiovasculares. Existem alimentos reconhecidos cientificamente por terem propriedades cardioprotetoras, ou seja, eles promovem benefícios ao organismo que impactam positivamente na saúde do coração. Um exemplo é o salmão, rico em ômega-3, que reduz os índices de colesterol ruim (LDL) e aumenta o colesterol bom (HDL). O salmão é um dos principais protagonistas da dieta mediterrânea, assim como o vinho, as nozes e o azeite. Essa dieta é baseada no padrão alimentar de moradores da região mediterrânea e, após diversos estudos, foi reconhecida como uma das melhores dietas para prevenção e controle de eventos cardiovasculares. Contudo, os alimentos disponíveis lá têm preços mais elevados no Brasil, o que dificulta seu acesso. Para contornar o problema, um grupo de nutricionistas do HCor elaborou centenas de receitas com alimentos que sejam cardioprotetores e acessíveis à mesa do brasileiro. Os pratos consideram, inclusive, as diferenças regionais do país. Esse trabalho é parte de um amplo estudo, que envolve 40 centros de cardiologia no país. “Em cada centro, 50 pacientes serão acompanhados por um ano. São cardiopatas com mais de 45 anos, ou seja, são pessoas que já passaram por algum evento cardiovascular, como o infarto”, explica Rosana Perim, gerente de nutrição do HCor e responsável da pesquisa. Essa já é a segunda fase da pesquisa. Na primeira, o Instituto de Ensino e Pesquisa (IEP) do HCor verificou a eficácia de algumas receitas em pacientes de São Paulo. Com o estudo, realizado em parceria com o Ministério da Saúde, espera-se que a dieta cardioprotetora do HCor possa ser prescrita contra problemas do coração. Hoje, as doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no país, responsáveis por mais de 29% dos...

Leia mais
Parcerias público-privadas para iluminar melhor a cidade de São Paulo
mar27

Parcerias público-privadas para iluminar melhor a cidade de São Paulo

Empresas interessadas em melhorar iluminação da cidade entregam estudos de viabilidade técnica e econômica. Propostas serão analisadas por uma comissão nos próximos 60 dias e deverão estar alinhadas com as necessidades do mercado. A Secretaria de Serviços recebeu, até o final do prazo em 14 de março, 11 estudos de viabilidade técnica e econômica de empresas autorizadas a apresentar estudos de modernização, otimização, expansão, operação e manutenção da infraestrutura da rede de iluminação pública, de acordo com Chamamento Público 01/2013, que prevê a participação da iniciativa privada, por meio de parcerias, em projetos de melhorias do parque luminotécnico da cidade, composto por mais de 560 mil lâmpadas. Com foco na qualidade do serviço a ser prestado, os estudos serão analisados, nos próximos 60 dias, por uma Comissão Especial de Avaliação que, além de parecer, emitirá um edital de consulta pública, uma espécie de “tira-dúvidas” aberta à sociedade e setores especializados. A partir dos dados coletados será feita uma licitação para escolher os vencedores. De acordo com o chamamento, os estudos deverão promover, entre outros pontos, a melhoria do índice ou grau de luminância implantado para níveis adequados ao tipo da via, a redução do consumo de energia elétrica, a viabilização do uso de ferramentas de Tecnologia da Informação no controle efetivo e em tempo real do comportamento da rede de iluminação pública, o controle e a medição da eficiência do serviço prestado pela luminosidade entregue e a garantia da transparência da informação e da gestão. As propostas deverão estar alinhadas para atender ao interesse público. Espera-se também que promovam estudos de atualização e expansão dos ativos, englobando todos os serviços a eles agregados, como a criação de um centro de controle operacional com a função de monitorar os incidentes registrados com a iluminação na hora em que eles acontecem. Para o secretário de Serviços, Simão Pedro, a iluminação de São Paulo registrou um salto de qualidade no ano passado ao remodelar cerca de 125 mil pontos de Iluminação (substituição de lâmpadas de vapor de mercúrio por de vapor de sódio), além da implantação de 18 mil novos pontos. “No entanto, é preciso fazer mais. Chegamos à conclusão de que podemos ir mais longe se utilizarmos a experiência e o conhecimento da iniciativa privada”, afirma. Pela parceria a ser firmada, os vencedores da licitação ficarão com a arrecadação da Contribuição para custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), estimado para 2013 em R$ 271 milhões. Esse valor é pago pelo contribuinte na conta de luz – R$ 4,44 por residência e R$ 13,99 para imóveis não...

Leia mais
NET: modelo e inspiração para as piores práticas comerciais
mar27

NET: modelo e inspiração para as piores práticas comerciais

Gerson Soares Atualização hoje (10/04/2014) Após 3 meses e 12 dias da data do cancelamento, depois de fazer três cobranças indevidas em janeiro, fevereiro e março, a empresa Net Serviços finalmente enviou um funcionário para retirar o equipamento que foi usado como desculpa para justificar as cobranças geradas indevidamente. Desculpa por que desde o cancelamento, no dia 26 de dezembro de 2013, ficou acertado que um funcionário retiraria os dois aparelhos, que serviam para captar o sinal da Net em dois pontos na residência, no dia 4 de janeiro. Naquela data, um dos aparelhos foi levado e o outro deixado no local sem justificativa, como mostram as reportagens anteriores a respeito deste caso que acompanhamos. Os transtornos continuaram neste mês de abril, quando mais uma vez a empresa enviou uma cobrança para ser paga na totalidade da assinatura, tendo o ex-assinante que se submeter a horas ao telefone para conseguir receber uma fatura sem a cobrança indevida que será paga hoje (10/04). Esperamos que agora a Net Serviços tenha entendido e o seu famoso sistema tenha assimilado o cancelamento da assinatura para que no próximo mês a cobrança não seja mais uma vez efetuada indevidamente. Reportagem iniciada em 18/03/2014 https://alotatuape.com.br/?p=2853 Atualizada em 24/03/2014 https://alotatuape.com.br/?p=2984 Última atualização, hoje 27/03/2014 às 9h. Ficamos 1 hora e 11 minutos ao telefone. Ainda estávamos ao telefone com a atendente da Net Serviços, empresa de TV a cabo e telefonia, quando começamos a redigir esta atualização da reportagem iniciada no dia 18 de março. Afinal, hoje (27) o recorde de tempo despendido com a Net foi quebrado: 41m25s com os primeiro e segundo atendentes, mais 29m30s com o terceiro atendente ao telefone, o que gerou três protocolos. Num total de 1 hora e 11 minutos, a partir das 8 horas desta manhã. Todo esse esforço é para efetivar o cancelamento de uma assinatura e tentar efetuar o pagamento de um dos serviços prestados pela empresa, o Net Virtua, que está na mesma fatura cobrada indevidamente de uma TV por assinatura Net Combo, cancelada no dia 26 de dezembro de 2013, e que em pleno dia 20 de março, três meses depois volta a ser cobrada integralmente, mesmo tendo sido reconhecidos pagamentos proporcionais ao cancelamento. Tentar redigir todos os detalhes é revoltante e levam qualquer um à momentos de ira. No Brasil, que por brincadeira ou trocadilho deriva de braseiro, vive-se num inferno onde tudo é possível e impossível. É viável, por exemplo, reclamar que a oposição ao governo instale uma CPI para verificar possíveis desfalques na gestão. É possível que gestores da Petrobrás comprem uma usina que não chegava ao valor de 50 mil...

Leia mais