Governador apresenta sistema inteligente de monitoramento de crimes
abr16

Governador apresenta sistema inteligente de monitoramento de crimes

Ferramenta paulista será pioneira fora de Nova Iorque, onde foi idealizada pela Microsoft para ações de contraterrorismo e no combate a delitos. O governador Geraldo Alckmin apresentou nesta quarta-feira, 16, a nova etapa do Detecta, moderno sistema que constrói um “mapa do crime” dinâmico e que faz parte do programa SP Contra o Crime. Em parceria com a Microsoft e seguindo o modelo existente há sete anos em Nova Iorque, o novo sistema de monitoramento inteligente é uma ferramenta de tecnologia de ponta que ajudará no patrulhamento, investigação, planejamento de combate a crimes e identificação dos padrões de delitos em cada localidade.   “Teremos um grande avanço para a segurança pública de São Paulo. Uma inovação muito importante contra o crime. É a primeira vez que esse modelo de sistema, com alarme e monitoramento inteligente, sai dos Estados Unidos e vamos implantá-lo aqui em São Paulo. Esperamos que ele esteja operando em 120 dias. É um software extremamente inteligente que integra informações, buscas, alarmes, ou seja, uma ferramenta importantíssima para o combate ao crime”, frisou Alckmin. O Detecta será aprimorado para ser o mesmo sistema utilizado pela polícia de Nova Iorque, que foi desenvolvido pela Microsoft em parceria com a polícia da cidade. A ferramenta foi idealizada para ações de contraterrorismo na cidade americana e passou também a ser utilizada no trabalho contra outros tipos de crimes. Esta é a primeira vez em que o sistema será utilizado fora de Nova Iorque. “Este sistema vai permitir um salto de qualidade na investigação policial e também na prevenção e no policiamento ostensivo”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira. “O novo Detecta é algo pioneiro, que tenho certeza será utilizado futuramente em escala nacional, de maneira integrada com outros Estados.” Alarmes Com o Detecta, serão emitidos alarmes automáticos para ajudar no trabalho policial. Isso permite que PMs e policiais civis recebam informações de inteligência sem que seja necessário operar o sistema a todo momento. Por exemplo, um suspeito foge em um carro vermelho em que só se sabe parte do número da placa. Com apenas isso, o sistema pode ser configurado para localizar todos os veículos com aquele número parcial, da mesma cor, e apresentar essas localizações em um mapa. Além disso, a viatura mais próxima será alertada dessa ocorrência. Essas localizações podem ser feitas por sensores de leitura de placas ou por câmeras que também têm essa capacidade. Isso também pode ser feito para o caso de um procurado pela polícia. Toda vez em que as características desse procurado forem inseridas em algum dos sistemas das polícias, um alerta será acionado e apresentará o histórico desse procurado....

Leia mais
Obras de mobilidade no entorno da Arena Corinthians serão entregues no fim do mês
abr16

Obras de mobilidade no entorno da Arena Corinthians serão entregues no fim do mês

Construtora entregou nesta terça-feira (15) as obras civis da arena que receberá a abertura da Copa do Mundo de 2014 ao Corinthians. Intervenções viárias no entorno do estádio serão entregues no fim deste mês pela Prefeitura e pelo Governo do Estado. As intervenções de mobilidade urbana e acessibilidade que estão sendo realizadas no entorno do estádio de abertura da Copa do Mundo de 2014, a Arena Corinthians, em Itaquera (Zona Leste), serão entregues pela Prefeitura e pelo Governo do Estado no fim de abril. O anúncio foi feito pela vice-prefeita e coordenadora da SPCopa, Nádia Campeão, e pelo secretário estadual de Planejamento e Desenvolvimento Regional, Júlio Semeghini, nesta terça-feira (15) durante a entrega simbólica do estádio pela Odebrecht ao Corinthians.   Entre as melhorias estão a construção de uma nova avenida de ligação Norte-Sul, no trecho entre as avenidas Itaquera e José Pinheiro Borges, incluindo as transposições em desnível sobre as linhas do Metrô, além de outra nova avenida articulando a Ligação Norte-Sul com a Miguel Inácio Curi. Também estão entre as obras a passagem em desnível na rua Doutor Luis Aires, no trecho em frente às estações do Metrô e da CPTM, e a construção de duas alças de acesso entre a avenida Jacu-Pêssego e a Nova Radial. Uma rotatória e o alargamento de pista no cruzamento da Miguel Inácio Curi com a avenida Engenheiro Adervan Machado também faz parte do pacote que conta com investimentos de R$ 397,9 milhões do Estado e R$ 150,6 milhões do município. “Entramos com algumas obras complementares importantes e vamos entregar até o fim do mês, essa praça de acesso de 16 mil m² que vai fazer com que toda a mobilidade e acessibilidade em torno do estádio e em torno do Polo de Itaquera seja facilitada”, disse Nádia Campeão. “As mudanças são muitas. Vamos ter também todo um novo sistema de iluminação pública aqui ao longo dos próximos dias, na Radial, embaixo dos viadutos e no entorno do estádio”, disse a vice-prefeita. “Nos próximos dias o Governo do Estado e a Prefeitura vão entregar toda a estrutura ao redor. Ficará faltando só uma passarela que no final de maio será concluída. Em muitos estados estão questionando se existiu ou não um legado e tenho certeza que o estado (de São Paulo) deixará um grande legado”, disse Júlio Semeghini. Desde o início das obras, a Arena gerou 6 mil empregos diretos e indiretos e 246 pessoas foram capacitadas em cursos técnicos, sendo 115 contratadas pela construtora e 53 trabalhadores concluíram a alfabetização por meio de programas sociais da construção. Copa do Mundo Uma das 12 cidades-sedes da Copa do Mundo de 2014,...

Leia mais
Construtora faz entrega simbólica da Arena Corinthians
abr16

Construtora faz entrega simbólica da Arena Corinthians

Gabriel Fialho / Portal da Copa Clube planeja evento com crianças, partida entre operários e jogo entre equipes do Corinthians antes do evento-teste oficial, em 17 de maio. A construtora Odebrecht entregou simbolicamente ao Corinthians a arena que será palco da abertura da Copa do Mundo, nesta terça-feira (15.04). Na reta final das obras, o estádio ainda recebe retoques de acabamento, colocação do forro da cobertura no lado oeste, reparação da estrutura danificada pela queda de um guindaste em novembro de 2013 e finalização da praça externa ao local. Cerca de mil operários trabalham para entregar os últimos ítens nos próximos 15 dias. Os assentos temporários, exigência para que o estádio receba a partida de abertura, têm previsão de conclusão em maio. A partir de agora, o clube começa a testar itens de operação da arena. Conselheiro vitalício do Corinthians e um dos responsáveis pela obra, Andres Sánchez divulgou o cronograma de eventos planejados pelo clube antes de a bola rolar para Brasil x Croácia, em 12 de junho. “Vamos fazer várias estreias. No dia 26 de abril, desde que as autoridades liberem, teremos um evento com cinco mil crianças das escolas da região, para testar os aparelhos do estádio, mas sem jogo. No dia 1º de maio, para um público entre sete mil e dez mil pessoas, teremos um jogo entre trabalhadores da obra. No dia 10 de maio, faremos a partida Corinthians x Corinthians (somente com atletas que já jogaram ou jogam no clube), para homenagear nossos jogadores, para umas 20 mil pessoas”, afirmou o dirigente. O primeiro jogo oficial na arena será em 17 de maio, quando será realizado o evento-teste da FIFA. Corinthians x Figueirense, válido pelo Campeonato Brasileiro, deve contar com a capacidade máxima do local, que é de pouco mais de 68 mil pessoas. “Se der tempo, a gente ainda faz um jogo aqui contra o Atlético Paranaense pelo Campeonato Brasileiro, antes de entregar o estádio à FIFA”, afirmou Sánchez, que espera a liberação dos órgãos de segurança, da prefeitura e do Corpo de Bombeiros para confirmar as datas dos eventos. No domingo, ele viajará a Dubai para negociar os naming rights da arena. Cerimônia A entrega simbólica da obra foi feita para um público formado por jornalistas, que se reuniram na zona mista do estádio. O local, que será usado para entrevistas durante o Mundial, recebeu o presidente do clube paulista, Mário Gobbi, além de Andres Sánchez, da vice-prefeita de São Paulo, Nádia Campeão, do engenheiro responsável pelo projeto, Antônio Gavioli, do coordenador do Comitê Paulista para a Copa, Julio Semeghini, e do operário Carlos Petrolino, representando os mais de seis mil trabalhadores...

Leia mais
Presidente Dilma Rousseff: Ajude a proteger Abrolhos
abr16

Presidente Dilma Rousseff: Ajude a proteger Abrolhos

Pedimos prioridade para o funcionamento efetivo das unidades de conservação atuais e a retomada do processo de ampliação das áreas marinhas protegidas na região dos Abrolhos. Baleias, tartarugas, aves marinhas, peixes, corais, crustáceos e moluscos ilustram a riqueza da região dos Abrolhos, situada no extremo sul da Bahia e norte do Espírito Santo. Esse santuário com a maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul está ameaçado e precisa da sua ajuda para continuar existindo! Através da criação de novas áreas protegidas e do fortalecimento e ampliação das áreas já existentes, será possível recuperar e manter a biodiversidade, eliminar a pesca excessiva, evitar que atividades de exploração de petróleo, minerais e portuárias possam destruir nosso maior patrimônio natural marinho, e garantir o sustento de mais de 100 mil famílias que vivem da pesca e do turismo. Hoje, menos de 1,6% da plataforma continental de Abrolhos é protegida da pesca e outros tipos de exploração direta, pelo Parque Nacional Marinho dos Abrolhos e demais áreas de proteção integral. E apenas outros 5,4% têm pescarias regulamentadas e manejadas em Reservas Extrativistas. Isso é insuficiente, especialmente considerando que a manutenção da integridade destas áreas encontra grandes dificuldades, como equipes pequenas e falta de recursos e estrutura para fiscalização. Estimamos que é preciso chegar em, pelo menos, 20% de áreas de proteção mais restrita para proteger a biodiversidade e promover atividades como a pesca e o turismo de maneira sustentável na região. A decisão está nas mãos dos governos federal e estaduais. Com essa petição, esperamos que a presidente Dilma e os governadores da Bahia e do Espírito Santo garantam imediatamente o funcionamento efetivo das unidades de conservação existentes em Abrolhos e retomem o processo de ampliação e criação das áreas marinhas protegidas na região. Contamos com seu apoio assinando esta petição e participando das demais ações da campanha Adote Abrolhos criada pela Conservação Internacional e pela SOS Mata Atlântica para garantir a preservação de um dos nossos maiores santuários de vida marinha – a região dos Abrolhos. Mais informações: www.adoteabrolhos.org.br Fonte: Avaaz / Portal do Meio...

Leia mais