Projeto Tamar comemora 35 anos
set01
Leia mais
Marina: país não pode desperdiçar espírito empreendedor dos jovens
set01

Marina: país não pode desperdiçar espírito empreendedor dos jovens

Segunda-feira, 1 de setembro de 2014 às 19h36 Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil Edição: Nádia Franco A candidata do PSB à Presidência da República, Marina Silva, disse hoje (1º) que o Brasil não pode desperdiçar o espírito empreendedor dos jovens. Ela destacou os últimos resultados do desempenho da economia do país e ressaltou que a situação está prejudicando o desenvolvimento profissional da juventude.       “A ideia de ter saúde e educação de qualidade, desenvolvimento econômico, tudo isso dialoga com uma questão fundamental, que é o fato de nossos jovens estarem cada vez mais aguçando em si o espírito empreendedor. Mas esse empreendedorismo, que é caracterizado pelo esforço, pela busca da formação, inclusive da formação profissional, está sendo comprometido em função das dificuldades econômicas que o nosso país está encontrando”, afirmou a candidata. Marina disse que tem apresentado medidas de apoio ao empreendedorismo dos jovens, mas não as detalhou. “Temos feito um esforço muito grande de contribuir com esse debate, procurando medidas que possam fazer com que o Brasil não perca as conquistas que, a duras penas, alcançou e, ao mesmo tempo, venham a comprometer o futuro, principalmente, da nossa juventude empreendedora”. Marina falou com a imprensa em frente a sua residência na capital paulista, no bairro de Moema. A candidata voltou a falar sobre a retirada de seu programa de governo do trecho que propunha apoio ao casamento de pessoas do mesmo sexo. Segundo ela, houve um “erro de processo”, e o que foi publicado originalmente no plano de governo não havia sido o acordado entre os participantes do processo de elaboração do documento. “A minha posição sobre o tema é a posição que nós discutimos e debatemos dentro do processo de elaboração do programa, a posição que eu já vinha defendendo desde 2010: a afirmação da defesa do estado laico, como uma conquista de todos os brasileiros e da nossa Constituição, a defesa dos direitos civis de todos os brasileiros”. Marina ressaltou que é a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo, mas não deixou claro se defende o casamento entre elas. “O casamento é estabelecido entre pessoas de sexos diferente. É isso que está assegurado na Constituição, na legislação brasileira. Mas os direitos são iguais. O que eu tenho defendido são os direitos civis e a união civil entre pessoas do mesmo...

Leia mais
Robôs “invadirão” São Carlos em outubro
set01

Robôs “invadirão” São Carlos em outubro

Segunda-feira, 1 de setembro de 2014 às 19h27 Agência FAPESP – A cidade de São Carlos (SP) receberá, em outubro, uma série de competições e eventos científicos relacionados à robótica e à inteligência artificial. Entre os dias 18 e 23 de outubro, o município será a sede da Joint Conference on Robotics and Intelligent Systems (JCRIS) 2014, conferência que congrega 12 eventos no total e deve reunir, segundo estimativa dos organizadores, 3 mil participantes. “Será uma grande oportunidade para alunos e pesquisadores se inteirarem dos últimos resultados obtidos em pesquisas nessas áreas. Estamos contando com a presença de seis convidados internacionais, que ministrarão palestras sobre temas atuais relacionados a esses campos do conhecimento, e de outros pesquisadores nacionais renomados na área”, disse Roseli Romero, coordenadora geral da JCRIS 2014. As mostras e competições são voltadas para o público acadêmico, alunos do ensino fundamental, médio e técnico. Entre os eventos científicos estão o 11º Latin American and 2º Brazilian Symposium; a Brazilian Conference on Intelligent Systems (Bracis); o encontro Nacional de Inteligência Artificial Computacional (Eniac); o 2º Symposium on Knowledge Discovery, Mining and Learning, entre outros. A JCRIS 2014 integra as comemorações pelos 80 anos da USP e é promovida pela USP em São Carlos e pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). Mais informações: JCRIS...

Leia mais
Mooca faz 458 anos
set01
Leia mais
Fantástico expõe falta d’água ligada ao Amazonas
set01

Fantástico expõe falta d’água ligada ao Amazonas

Segunda-feira, 1 de setembro de 2014 às 16h48 Falta d’água em cidades tem a ver com devastação desenfreada da Amazônia Chuvas que recarregam reservatórios da região Sudeste são oriundas da Amazônia. Árvores são ‘toque final’ da máquina biológica que produz chuvas. O chão foi o destino de 20% das árvores da Floresta Amazônica original. Que isso vem acontecendo há anos, todos sabem. O que você provavelmente não sabe é que esse crime ambiental tem a ver com a falta d’água na maior cidade da América Latina. É que a Amazônia bombeia para a atmosfera a umidade que vai se transformar em chuva nas regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul do Brasil. Quanto maior o desmatamento, menos umidade e, portanto, menos chuva. E sem chuva, os reservatórios ficam vazios e as torneiras, secas. Fonte: Fantástico, Rede Globo Assista a reportagem completa exibida ontem (31/08) pelo Fantástico Posts relacionados Amazônia perdeu 402 quilômetros quadrados no mês passado Amazônia: uma região inigualável, sob o olhar da cobiça Fantástico expõe falta d’água ligada ao Amazonas Floresta Amazônica: Vigilância deve ser diária Corte seletivo e fogo fazem Floresta Amazônica perder 54 milhões de toneladas de carbono por ano. Madeira ilegal: na Amazônia, lavou, ficou legal Uma investigação de dois anos do Greenpeace no estado do Pará revelou que o atual sistema de controle de madeira não é apenas falho, mas alimenta a degradação florestal e o desmatamento. Frequentemente, em vez de conter o crime, ele é usado para ‘lavar’ madeira produzida de forma ilegal e predatória que, mais tarde, será vendida a consumidores no Brasil e no mundo como se fosse ‘legal’. Na foto, ativistas ocupam a madeireira Pampa Exportações. Em Icoaraci, próximo a Belém, Pará, para expor a fragilidade do sistema de controle da madeira na Amazônia. Preservação da Amazônia já é questão de sobrevivência Comentário a respeito da reportagem exibida ontem pelo programa Fantástico sobre a degradação da Amazônia e a relação com a falta d'água em São...

Leia mais
Preservação da Amazônia já é questão de sobrevivência
set01
Leia mais