Um gênio sob a raridade de ELA
out13

Um gênio sob a raridade de ELA

  Segunda-feira, 13 de outubro de 2014, 21h05 Stephen Hawking é o famoso físico teórico e cosmólogo britânico e um dos mais consagrados cientistas da atualidade. Doutor em cosmologia, foi professor lucasiano de matemática na Universidade de Cambridge, onde hoje encontra-se como professor lucasiano emérito, um posto que foi ocupado por Isaac Newton, Paul Dirac e Charles Babbage. Atualmente, é diretor de pesquisa do Departamento de Matemática Aplicada e Física Teórica (DAMTP) e fundador do Centro de Cosmologia Teórica (CTC) da Universidade de Cambridge. Recentemente foi anunciada sua cinebiografia sem título em português, The Theory of Everything (que traduzindo ficaria A Teoria de Tudo). O filme será estrelado por Eddie Redmayne (um dos protagonistas da série Os Pilares da Terra) como Professor Hawking e Felicity Jones como Jane Hawking. O filme mostra a história do mais brilhante e famoso físico do nosso tempo e Jane, desde a primeira reunião em Cambridge, no ano de 1964, com sucessos acadêmicos posteriores de Stephen e sua deficiência aumentando. O lançamento do filme está programado para o dia 07 de novembro de 2014 nos Estados Unidos e no Reino Unido no dia 1 de Janeiro de 2015. Pouco se esperava de Stephen Hawking, um estudante brilhante da cosmologia, mas a quem foram dados apenas dois anos de vida, após o diagnóstico de uma doença fatal aos 21 anos de idade: ELA (esclerose lateral amiotrófica). Apesar de seu amor por Jane, ser chamado de o sucessor de Einstein e dos seus três filhos, ao longo dos anos seu corpo sucumbiu à doença, mas sua fama como cientista aumentou e ambos os fatos alteraram drasticamente seu relacionamento com a esposa. Nascido no dia 8 de janeiro de 1942, casou-se pela primeira vez em julho de 1965 com Jane Wilde, separando-se em 1991. Casou depois com sua enfermeira Elaine Mason em 16 de setembro de 1995. Hawking continua combinando a vida em família (seus filhos e um neto) e sua investigação em física teórica junto com um extenso programa de viagens e conferências aos 72 anos.   Assunto relacionado Ministério da Saúde abre consulta pública sobre doenças raras Pesquisa pode abrir caminho para novas drogas contra ELA Um gênio sob a raridade de ELA...

Leia mais
Pesquisa pode abrir caminho para novas drogas contra ELA
out13
Leia mais
Projeto Caminhada no Complexo Tatuapé
out13

Projeto Caminhada no Complexo Tatuapé

Segunda-feira, 13 de outubro de 2014, 18h52 Todo dia é dia da melhor idade no Complexo Tatuapé. Projeto Caminhada está com vagas abertas no Shopping Metrô Boulevard Tatuapé. O pessoal da terceira idade pode correr para fazer suas inscrições no Complexo Tatuapé e participar do Projeto Caminhada que está com inscrições abertas. Segundo a assessoria do empreendimento, a comprovação de que “a terceira fase da vida continua tão ativa quanto a dos jovens de hoje, pode ser vista todas as manhãs no Projeto Caminhada, que é promovido há 16 anos no Complexo Tatuapé”. O projeto tem como objetivo incentivar seus participantes à convivência saudável por meio da prática de exercícios físicos. De acordo com os organizadores do projeto, afirmam que mais de 10 mil pessoas já participaram das caminhadas matinais no interior dos shoppings Metrô Tatuapé e Boulevard Tatuapé, lembrando que a participação é gratuita.     “São homens e mulheres que se reúnem, entre 7h e 10h, enquanto os shoppings se preparam para abertura ao público, e praticam caminhada, ginástica, alongamento, dança e artesanato em um lugar confortável, seguro e limpo, longe do frio e da chuva. As atividades têm o acompanhamento de profissionais de educação física, que auxiliam no alongamento e nos exercícios com bolas, bastões e pesos. A ação também oferece palestras sobre os mais variados assuntos, como nutrição, direitos da melhor idade e saúde”, informa a assessoria do Complexo Tatuapé. As vagas disponíveis são para o Projeto Caminhada do Shopping Metrô Boulevard Tatuapé. Os interessados devem se dirigir ao Balcão de Informações, localizado no primeiro piso. Atualmente, o Projeto Caminhada atende 750 participantes no Complexo Tatuapé. A faixa etária para participação é acima de 55 anos. Conforme divulgado, em 2013, o Projeto Caminhada despertou o interesse do Itaú Viver Mais – outra iniciativa com foco no bem-estar de idosos – que devido à sinergia dos projetos e a fim de melhorar ainda mais as atividades dentro dos shoppings, tornou-se parceiro do Projeto Caminhada que acontece de segunda a sexta das 7h às 10h. O Shopping Metrô Boulevard Tatuapé fica na Rua Gonçalves Crespo, esquina com a Rua Tuiuti (integrado à Estação Tatuapé do metrô). Tel.: (11)...

Leia mais
Especialistas apontam soluções para cidades latino-americanas
out13
Leia mais
Clima e outros fatores tornam voláteis as cotações do café
out13

Clima e outros fatores tornam voláteis as cotações do café

Segunda-feira, 13 de outubro de 2014, 12h25 IEA aponta padrão volátil na curva futura das cotações do café. Agronegócios – Em setembro, os mercados de dólar e juros futuros na BM&F-Bovespa tiveram variações positivas. O mercado acredita que o FED (Federal Reserve System ou o equivalente ao Banco Central brasileiro) deverá antecipar a elevação da taxa básica de juros da economia ainda no primeiro trimestre, motivando a maior procura pela moeda. Assim, a curva de câmbio exibiu desvalorização do real (mais de 9% de perda no mês), informa o Instituto de Economia Agrícola (IEA/Apta) da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Na Bolsa de Nova York, nos contratos de café arábica (em segunda posição), houve declínio nas cotações do produto na comparação das médias semanais, embora a trajetória futura aponte para alta nas cotações. “As cotações para dezembro de 2014, registradas na primeira semana do mês, alcançavam US$¢203,06/lbp, declinando para US$¢183,55/lbp na quarta semana. O registro de queda nas exportações brasileiras de café verde em agosto (-13,7%) não foi suficiente para deter o movimento baixista”, afirmam Celso Vegro, pesquisador do IEA e Félix Schouchana, economista e consultor de Mercados Futuros, autores do artigo. Aparentemente, dois fatores propiciaram tal baixa nas cotações: retorno das precipitações (ainda que esparsas e em baixos volumes) e divulgação no princípio do mês, por parte de instituição pública, de previsão para safra brasileira 2015/16 acima das 48 milhões de sacas. A média de preços recebidos pelos cafeicultores em setembro de 2014 na região de Franca (principal polo da cafeicultura paulista) foi de R$430,08/sc., segundo dados do IEA/CATI, representando incremento de 1,06% frente ao registrado no mês anterior. Grandes incertezas pairam sobre o potencial da safra brasileira 2015/16 e consultorias internacionais estimam colheita inferior a 40 milhões de sacas, quantidade insuficiente para atender as demandas interna e externa. Esse cenário de escassez trará mais incerteza ao mercado que, ademais, percebe no padrão climático vigente, nos principais cinturões de cultivo da rubiácea, fator de agudização das anomalias registradas no primeiro semestre do...

Leia mais