Colmeia de abelhas da espécie Apis mellifera. Repare o microssensor colado no tórax da abelha na parte mais central da imagem. Foto: Vale/CSIRO