Aloysio Nunes vê ‘motivos suficientes’ para pedido de impeachment


Terça-feira, 18 de agosto de 2015, às 12h51


Agência Senado | da Redação e Rádio

O senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP) afirmou nesta segunda-feira (17) que há motivos suficientes para a Câmara dos Deputados analisar um eventual pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

A seu ver, a prática de crime de responsabilidade pela presidente da República deve fundamentar o pedido de impeachment, que ainda precisa do apoio de 342 deputados federais.

 

Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa ordinária. Em discurso, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP). Foto: Waldemir Barreto  /Agência Senado

Plenário do Senado Federal durante sessão não deliberativa ordinária. Em discurso, senador Aloysio Nunes (PSDB-SP). Foto: Waldemir Barreto /Agência Senado

 

– Na minha opinião, a definição do crime de responsabilidade alcança sim. não apenas as pedaladas fiscais, não apenas a gestão presidida pela presidente Dilma Rousseff das contas públicas, o ocultamento, pela contabilidade da União, da real situação fiscal do Brasil, por expedientes dos quais ela tinha pleno conhecimento, e não poderia deixar de tê-los, porque muitas das medidas necessárias a revelar a real situação das contas do Brasil dependiam de um decreto dela.

Ele ainda acrescentou que Dilma Roussef sabia do que acontecia na Petrobras e, mesmo depois de ter assumido o cargo de presidente da República, manteve os diretores acusados de corrupção na estatal.

Aloysio Nunes Ferreira comentou que os protestos ocorridos no domingo (16) em diversas cidades do país mostram a insatisfação dos brasileiros com a corrupção, o governo da presidente Dilma Rousseff e os efeitos sociais da crise, especialmente a inflação e o desemprego.

Segundo o senador, as pessoas cobraram ainda o funcionamento de órgãos que apuram as irregularidades e exigem do Congresso Nacional a conclusão das apurações de irregularidades nas comissões parlamentares de inquérito (CPIs) que funcionam no Poder Legislativo, especialmente a dos fundos de pensão.

Aloysio Nunes Ferreira lembrou que muitos manifestantes também defenderam o impeachment da presidente, no que classificou como mais uma demonstração espontânea e apartidária de milhares de brasileiros.

Ele ainda afirmou que o governo não consegue reagir à crise instalada no país e, sem o apoio até de parlamentares da base governista, dificilmente conseguirá enfrentar o cenário atual.

Geraldo Alckmin e Dilma Rousseff, durante inauguração de unidade produtora de etanol celulósico, em Piracicaba, na quarta-feira (22) passada. Foto: Daniel Guimarães / A2 Fotografia

Geraldo Alckmin e Dilma Rousseff, durante inauguração de unidade produtora de etanol celulósico, em Piracicaba, na quarta-feira (22) passada. Foto: Daniel Guimarães / A2 Fotografia

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Brasília -DF | Eduardo Cunha (PMDB-RJ), preside a sessão solene que homenageou o ex-líder da bancada do PSB, Eduardo Campos, nesta manhã de quarta-feira (12). Amanhã será completado um ano desde o seu falecimento. Foto: Maryanna Oliveira / Câmara dos Deputados

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This