Segunda-feira, 27 de abril de 2015, às 15h53


Deputados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga irregularidades na Petrobras estiveram nessa manhã com o juiz Sergio Moro, que comanda os processos da Operação Lava Jato no Paraná. Eles foram falar com Moro sobre a entrega de documentos, e saber a agenda de oitivas do Judiciário, para que a ida da CPI a Curitiba não entre em choque com datas já agendadas para depoimentos na comissão.

Agência Câmara – O deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA), que participou do encontro, disse que está praticamente certo tanto o compartilhamento de informações quanto a ida da CPI ao Paraná. “Nós recebemos do juiz Sérgio Moro a programação de oitivas que ele está fazendo, e vamos compatibilizar para que a CPI não venha a interferir ou causar prejuízos para as investigações, nem tarefas sobrepostas”, disse.

 

Sérgio Moro ouve os parlamentares da CPI da Petrobras; deputados querem conciliar agendas para acompanhar depoimentos em Curitiba. Foto: Alber de Paula

Sérgio Moro ouve os parlamentares da CPI da Petrobras; deputados querem conciliar agendas para acompanhar depoimentos em Curitiba. Foto: Alber de Paula

 

Há requerimentos para ouvir todos os envolvidos na investigação que estão presos no Paraná, mas caberá ao presidente da CPI, deputado Hugo Motta (PMDB-PB), definir os depoimentos em Curitiba. Essa data pode ser decidida já na próxima semana, segundo Imbassahy.

Os processos da CPMI, que funcionou no ano passado no Senado já chegaram à CPI, e as informações da operação Lava Jato também já estão chegando, e logo serão compartilhadas com os deputados da comissão.

Leia as últimas publicações

Categorias