Marta Suplicy deixa o PT e diz que não tem como conviver com corrupção


Quarta-feira, 29 de abril de 2015, às 08h53


Um dos nomes mais emblemáticos do partido, chega ao limite de suas convicções deixando a sigla, ao dizer que se sente traída e alegando constrangimento com as notícias de corrupção. Nos bastidores é tido como certa sua filiação ao PSB do ex-governador Eduardo Campos, falecido durante campanha à presidência, em 2014. Segundo, O Globo, a senadora está confirmada para disputar a prefeitura de São Paulo em 2016.

 

A ex-ministra da Cultura do atual governo, durante o programa “Bom Dia Ministro”, no mês de março de 2014, antes de entregar sua carta de demissão à presidente Dilma Roussef em novembro, também numa terça-feira. Foto: Gervásio Baptista/Agência Brasil

A ex-ministra da Cultura do atual governo, durante o programa “Bom Dia Ministro”, no mês de março de 2014, antes de entregar sua carta de demissão à presidente Dilma Roussef em novembro, também numa terça-feira. Foto: Gervásio Baptista/Agência Brasil

 

O PT divulgou ontem (28) nota dizendo que recebeu com “indignação” a carta da senadora Marta Suplicy (SP), que oficializou nesta terça-feira sua saída do partido. “O PT recebe com indignação a carta da senadora Marta Suplicy oficializando sua desfiliação do PT. Apesar dos motivos enunciados, entendemos que as razões reais da saída se devem à ambição eleitoral da senadora e a um personalismo desmedido, que não pôde mais ser satisfeito dentro de nossas fileiras. Por isso, resolveu buscar espaços em outros partidos”, diz a nota.

Ao entregar sua carta de desfiliação do PT, Marta Suplicy alegou que “não tem como conviver” com os escândalos de corrupção envolvendo o partido. “Para mim, como filiada e mandatária popular, os crimes que estão sendo investigados e que são diária e fartamente denunciados pela imprensa constituem não apenas motivo de indignação, mas consubstanciam um grande constrangimento”, justificou a senadora.

Com informações da Agência Brasil

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil
Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo
Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo
Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
  • Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil

  • Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo

  • Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo

  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*