O senador Aécio Neves, no dia 28 de maio, durante instalação da CPI Mista da Petrobras, que investigará as denúncias de desvios e irregularidades que envolvem a direção da estatal. Foto: Igo Estrela