“O momento é de trabalho, não de dar entrevistas”: Onyx Lorenzoni


Terça-feira, 5 de novembro de 2018, às 19h09


Se ficar concretizado o que se delineia, o próximo governo imporá ajustes e até mudanças radicais à forma de fazer cobertura jornalística dos acontecimentos políticos e à velha maneira de fazer política entre os políticos.

Gerson Soares

Nesta terça-feira, o deputado reeleito e agora licenciado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) tomou as rédeas da transição entre os governos de Michel Temer (MDB) e Jair Bolsonaro (PSL). De acordo com os jornalistas que tentaram arrancar alguma informação do ministro extraordinário da transição ouviram dele o seguinte: “O momento é de muito trabalho e não de dar entrevistas”, publicou a EBC. E ele está certo, apesar de que é preciso haver informações sobre as atividades da equipe, mas acredita-se que no momento certo elas chegaram. Enquanto isso, não faltarão especulações.

 

Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, reservado para a equipe transição de governo do presidente eleito Jair Bolsonaro. Foto: Antonio Cruz/ Agência Brasil Brasília

 

O Brasil está na UTI, e nesse estado não é permitido o fluxo incondicional de visitantes ao CTI. Portanto, trabalhar é mais importante do que falar e é isso que se espera da nova equipe que assumirá suas funções depois do dia 1º de janeiro, quando Jair Bolsonaro subir a rampa do Palácio do Planalto. “Esta semana damos mais um grande passo com o início do funcionamento do grupo de transição de governo, absorvendo informações para reestruturação do Brasil. Em Brasília, teremos acessos iniciais a números e informações que serão passadas aos brasileiros!”, publicou o presidente eleito no Twitter.

Contrariando o próprio partido que apoio Geraldo Alckmin (PSDB-SP), Lorenzoni apoiou Bolsonaro antes e durante a campanha que culminou com dura vitória. Ele será o novo ministro da Casa Civil, cargo de suma importância estratégica para o novo governo, articulando a aprovação das propostas fundamentais ao impulso que se espera a partir do ano que vem, mas que já pode ser sentido no ânimo do empresariado, do mercado e da população, que passaram a respirar aliviados com o afastamento da possibilidade de uma repetição de governos que levaram o país à situação que não precisa ser desenhada ou descrita, ela é claramente visível, onde os quesitos primordiais grafados na bandeira nacional há muito tempo deixaram de ser respeitados.

 

Onyx Lorenzoni: "A responsabilidade e os desafios são enormes, mas não são maiores que os nossos sonhos." Foto: Valter Campanato/Agência Brasil/Brasília

 

Até às 16h da tarde de hoje (5), a cobertura de imprensa do governo de transição no Centro Cultural Banco do Brasil estava indefinida e os jornalistas não tinham permissão para entrar sequer no estacionamento. Entre os políticos e sua velha forma de atuar no Congresso Nacional, o modelo que propõe Bolsonaro e sua equipe está distante do famoso toma lá, dá cá, e também é o que se espera. “Começamos hoje a escrever um novo capítulo na história do Brasil. A responsabilidade e os desafios são enormes, mas não são maiores que os nossos sonhos. Recebemos a missão do presidente @jairbolsonaro e vamos cumprir. Juntos por um país verdadeiramente para todos. Uma ótima semana a todos nós!”, escreveu Onyx.

PT gasta 20 vezes mais na campanha de Haddad do que o PSL de Bolsonaro. Ilustração: aloart / freepik

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This