Parque Ibirapuera comemora os 80 anos da educação infantil paulistana


Domingo, 18 de outubro de 2015, às 12h30


A festa reuniu crianças para homenagear a data com apresentações artísticas, oficinas, brincadeiras e contação de histórias. A Prefeitura estimava um público de quatro mil pessoas, maior parte alunos da rede municipal e seus familiares.

Os 80 anos da educação infantil na cidade de São Paulo ganharam neste sábado (17) uma comemoração especial com atividades que tiveram a parceria da Secretaria Municipal de Educação, o Instituto Alana e o programa São Paulo Carinhosa. Crianças, familiares e educadores de toda a rede municipal de ensino participaram da festa, que terminou às 13h com o 4º Cortejo Poético das Infâncias Paulistanas pelo Parque Ibirapuera, em que todos desfilaram e tocaram instrumentos produzidos nas oficinas. O secretário municipal Gabriel Chalita (Educação) e a primeira-dama e coordenadora do Programa São Paulo Carinhosa, Ana Estela Haddad, acompanharam o início das atividades.

 

Foto: Heloisa Ballarini / SECOM

Foto: Heloisa Ballarini / SECOM

 

De acordo com as informações da Prefeitura, um dos destaques da programação foi a apresentação do Grupo Barbatuques, que ensinou crianças e adultos a fazer música com o próprio corpo. Nas tendas montadas no gramado do parque, foram oferecidas atividades como a feira de troca de brinquedos e oficinas de pintura, música, circo e poesia. Além disso, muitas brincadeiras tradicionais, como bolhas de sabão e pular corda.

O Sábado no Parque integra as comemorações dos 80 anos da educação infantil paulistana, iniciada em 1935 com a criação dos Parques Infantis pelo escritor Mario de Andrade, na época diretor do Departamento de Cultura.

A comemoração contou ainda com a iluminação especial na cor laranja em cinco pontos da cidade: Viaduto do Chá, Ponte das Bandeiras, Biblioteca Mario de Andrade, estátua do Borba Gato e o Monumento às Bandeiras.

Com informaçõesd da Prefeitura do Município de São Paulo
Nível do mar na cidade litorânea paulista aumentará entre 18 e 30 centímetros até 2050, tornando as marés mais altas, estima estudo internacional com participação de pesquisadores de São Paulo. Foto: Wikimedia Commons

Nível do mar na cidade litorânea paulista aumentará entre 18 e 30 centímetros até 2050, tornando as marés mais altas, estima estudo internacional com participação de pesquisadores de São Paulo. Foto: Wikimedia Commons

Leia mais sobre
ALÔ SÃO PAULO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This