Rua Boa Esperança: afundamento do asfalto


Sábado | 2 de março, 2019 | 11h55


A falta de manutenção preventiva das vias públicas e o excesso de buracos na cidade levou o TCM a exigir providências da Prefeitura de São Paulo e por consequência atingindo os prefeitos regionais, assim como os obrigando e às empresas contratadas a refazerem os serviços de tapa buracos. Viaduto Azevedo: vegetação e mais buracos.

 

Afundamento da pista na Rua Boa Esperança. Foto: aloimage

 

Somente nas oito prefeituras regionais auditadas (Casa Verde, Itaquera, Penha, V. Maria/Guilherme, Capela do Socorro, Campo Limpo, Freguesia/Brasilândia e Ipiranga) pelo Tribunal de Contas do Município (TCM), entre os anos 2015, 2016 e 2017, foram constados serviços deficientes e prejuízos que atingiram facilmente a casa de milhões de reais. Apesar de serem muito bem remuneradas pela Prefeitura, as empresas contratadas deixaram de cumprir suas obrigações, tal como, fotografar a execução das obras. O péssimo serviço prestado e, por conseguinte, aceito pelas respectivas prefeituras regionais, somou 6.862 buracos que teriam de ser refeitos, a partir da decisão final e pena imposta pelo TCM. Ao longo desse tempo, constatamos no Tatuapé várias obras de recapeamento com essas características nas ruas Euclides Pacheco com Largo N. Sra. do Bom Parto, Emílio Mallet com Rua Jaúna, mas não seria difícil para qualquer motorista que trafega pelo bairro citar outras vias com péssimo asfaltamento.

 

Nesta imagem é possível observar a diferença entre as duas pistas na Rua Boa Esperança esquina com a Rua Azevedo Soares. Ao lado da rotatória instalada no local, as tampas dos bueiros e de gás apresentam desnivelamento excessivo com a pista. Foto: aloimage

 

Apesar de ter sido realizada há três anos as inspeções nas contas da Prefeitura de São Paulo, no que tange a este assunto, levaram o TCM tomar medidas que atingiram vários níveis da estrutura do governo municipal. “A auditoria foi realizada em oito subprefeituras (hoje prefeituras regionais). Durante o processo, foram extraídas 30 amostras da estrutura do pavimento e enviadas ao laboratório para análise da qualidade da massa asfáltica produzida pela Usina Municipal. Constatou-se que mais de 70% dos serviços de tapa buraco analisados foram reprovados e precisam ser refeitos, indicando a necessidade de melhoria da massa asfáltica e da sua aplicação pelas empresas contratadas. Outro fato importante é que não há evidência da presença do engenheiro responsável da empresa durante a execução dos serviços, para orientar tecnicamente a execução dos trabalhos, o que caracteriza falta grave. A auditoria também verificou que grande parte dos registros fotográficos não apresentava as três fotos obrigatórias (antes, durante e depois), demonstrando descumprimento do contrato por parte das empresas prestadoras de serviços”.

 

No limite: motoristas quase esbarram seus veículos para desviar dos buracos. Foto: aloimage

 

Viaduto Azevedo: falta de cautela e prevenção

Em 2017, de acordo com resolução do TCM, a Prefeitura e as empresas contratadas foram oficiadas para apresentar esclarecimentos. O que levou à decisão de que a prestação de serviço deveria ser refeita sem ônus à municipalidade. As cifras são espetaculares. À época, o serviço dessas contratadas no âmbito das oito prefeituras regionais auditadas chegava a 500 mil reais/dia. A cidade de São Paulo mantém 32 prefeituras regionais e se levarmos em conta esse número, teoricamente, poderíamos multiplicar por quatro os gastos com a inépcia na manutenção preventiva – também apontada pelo TCM como medida mais econômica do que o constante arruma aqui, deteriora ali – e execução dos tapa buracos propriamente ditos.

Ontem (1º), mostramos a situação na Rua Tuiuti, esquina com Rua Tijuco Preto. Hoje, fotografamos a Rua Boa Esperança esquina com Rua Azevedo Soares. Recentemente a Companhia de Engenharia de Tráfego fez modificações no Viaduto Azevedo, que liga a Avenida Celso Garcia com a Praça Santa Terezinha, passando sobre a Radial Leste, linhas férreas da CPTM e Metrô. No entanto, a Prefeitura só demarcou o novo traçado das pistas, deixando para trás todas as deficiências que cobrem o asfalto daquele importante viaduto. Se há riscos para a estrutura, somente órgãos competentes podem determinar. Todavia, observa-se até a proliferação de vegetação no local.

De volta aos velhos tempos: paralelepípedos bem alinhados ainda suportam o peso do desrespeito ao erário. Foto: aloimage

Leia mais sobre
TATUAPÉ

SOBRE BURACOS

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo
Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar
Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime
  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

  • Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo

  • Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar

  • Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*