Síria: UNESCO cobra fim imediato e condena hostilidades em Palmira


Sexta-feira, 22 de maio de 2015, às 19h06


Local é um dos patrimônios mundiais da Humanidade e sofre com grupos extremistas em ação na Síria e no Iraque que promovem uma “limpeza cultural”. No Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, reiterou a importância da diversidade cultural como “patrimônio comum” da humanidade.

A chefe da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) apelou a todas as facções em conflito na Síria a acabar com as hostilidades dentro do sítio arqueológico de Palmira após relatos de que grupos extremistas tinham violado o perímetro da antiga cidade.

 

Sítio arqueológico de Palmira, na Síria. Foto: UNESCO/F. Bandarin

Sítio arqueológico de Palmira, na Síria. Foto: UNESCO/F. Bandarin

 

“Estou profundamente preocupada com a situação no sítio de Palmira. A luta está colocando em risco um dos locais mais importantes do Oriente Médio e sua população civil”, disse a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova nesta quarta-feira (20). Ela expressou sua indignação com a prática de limpeza cultural que ameaça destruir milênios de história, com o conflito engolindo a Síria e o Iraque e toda a região rica em patrimônio arqueológico e cultural.

Inscrito na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO, a histórica cidade de Palmira contém as ruínas de “um dos mais importantes centros culturais do mundo antigo”. Entre os séculos I e II, a arte e a arquitetura de Palmira atravessaram várias civilizações, juntando técnicas greco-romanos com as tradições locais e influências persas.

Apesar das tentativas em curso da comunidade internacional para pôr fim à violência, a situação na Síria continua em uma espiral descendente. Cerca de 12,2 milhões de pessoas, incluindo 5,6 milhões de crianças, precisam de assistência humanitária. Segundo estimativas conservadoras, mais de 220 mil sírios morreram no conflito, mas esse número é provavelmente muito maior.

Com a diversidade cultural do planeta enfrentando contínuos ataques de grupos militantes defendendo formas violentas de intolerância, a comunidade internacional deve revidar através da abertura e aceitação das inúmeras tradições no mundo, declarou ontem (21) a Organização da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO).

 

Com a aproximação do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, a antiga cidade de Palmira, na Síria, a ONU adverte que a diversidade cultural global está sob ataque. Foto: UNESCO /Ron Van Oers

Com a aproximação do Estado Islâmico do Iraque e do Levante, a antiga cidade de Palmira, na Síria, a ONU adverte que a diversidade cultural global está sob ataque. Foto: UNESCO /Ron Van Oers

 

Em um comunicado que marca o Dia Mundial da Diversidade Cultural para o Diálogo e o Desenvolvimento, a diretora-geral da UNESCO, Irina Bokova, reiterou a importância da diversidade cultural como “patrimônio comum” da humanidade, acrescentando que isso mantém “a promessa de renovação e dinamismo e é um motor para a inovação e desenvolvimento”.

No entanto, segundo Bokova, essa promessa está sob crescente ameaça. Com o conflito avassalador na Síria e no Iraque e com extremistas islâmicos invadindo a região de um famoso sitio arqueológico e patrimônio cultural, a chefe da UNESCO expressou indignação com a prática de limpeza cultural que, segundo ela, pode destruir milênios de história.

O Sítio arqueológico sírio de Palmira. Foto: UNESCO/F. Bandarin

O Sítio arqueológico sírio de Palmira. Foto: UNESCO/F. Bandarin

Leia mais sobre
PALMIRA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo
Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar
Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime
  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

  • Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo

  • Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar

  • Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*