O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados Ricardo Izar e o relator do processo deputado Júlio Delgado, durante a votação de parecer preliminar contra André Vargas, que foi é adiada ontem. Foto: José Cruz/Agência Brasil.