Coronavírus e gripe espanhola: Hospedaria de Imigrantes do Brás

Frente do hospital da Hospedaria de Imigrantes do Brás depois de reformado. Foto: Acervo Museu da Imigração/APESP

 

Tendo iniciado praticamente nos mesmos períodos, entre os anos 1918-1919 "a espanhola" e "a chinesa" em 2019-2020, essas pandemias guardam características bastante similares, a começar pelas datas em que infestaram o mundo. Mas a atribuição de seus nomes, ironicamente também se assemelham no Brasil. Enquanto a gripe espanhola não veio da Espanha para cá, a doença respiratória que ataca os pulmões, chamada de "chinesa" também não chegou aqui pelo que se sabe através da China e sim da Itália.


As crônicas que seguem, têm como foco a Hospedaria de Imigrantes do Brás, os pobres e as providências das autoridades diante da pandemia do século XXI. Há 100 anos, a gripe espanhola mobilizava a todos; assim como no passado, o coronavírus está causando assombro às autoridades governamentais e sanitárias.


Gerson Soares