Tag: história do Brasil

A prática médica no Brasil Colonial

A medicina europeia chegou ao Brasil a bordo das caravelas de Pedro Álvares Cabral. Entre os principais integrantes da expedição desembarcou, em abril de 1500, João Faras, médico, astrônomo e astrólogo judeu, íntimo do rei D. Manuel I. Mas, se a chegada foi precoce, a disseminação dos saberes médicos e a aceitação da autoridade médica pela população constituiu um processo lento, com altos e baixos, que, de fato, só se completou ao longo do século...

Read More

A trajetória do pensamento católico no Brasil

Apesar de persistente declínio numérico ao longo das últimas décadas, o catolicismo ainda é a religião majoritária no Brasil. Segundo dados do Censo de 2010, o último realizado, havia, na população da época, 64,6% de católicos apostólicos romanos; 22,2% de evangélicos (não pentecostais ou pentecostais); 2% de espíritas; 0,7% de testemunhas de Jeová; e 0,3% de umbandistas e candomblecistas, para mencionar apenas os cinco segmentos religiosos com maior expressão quantitativa. No mesmo levantamento, realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 8% dos entrevistados declararam-se “sem...

Read More

Procurar por assuntos

Vídeos recentes

Loading...

COP – ODONTOLOGIA INTEGRADA

Seja independente. Fale com a gente e venda pela internet!

Crie sua independência! Assista ao vídeo.

Tweets recentes

O lançamento da pré-campanha do PT, com o candidato Lula à presidência, tendo Alckmin (PSB) como vice-presidente, ocorreu neste sábado (07) e a união dos dois foi comparada a um prato da culinária pelo próprio Lula.

Ao invés de berrar aos quatro ventos, Lula leu seu discurso. Mas a mudança na comunicação não ajudou muito. A abertura do evento já começou com a tradicional demonstração de rebeldia com o idioma, fazendo trocadilhos com as palavras esclarecimento e escurecimento.

Alckmin nem compareceu ao evento alegando Covid, contraída um dia antes do lançamento. Talvez, envergonhado, com o triste fim que está dando à sua carreira política.

Chamado de Chuchu, por Lula, deve ter amolecido depois do possível acesso ao discurso. Comparando o lançamento da pré-candidatura à presidência com comida, este disse que São Paulo vai começar a comer lula com chuchu.

A fala do ex-presidente, mais uma vez decepcionou. O evento orquestrado pelo PT azedou e o prato, apesar de não existir e nem combinar muito bem, parece tão indigesto que um dos ingredientes nem compareceu, apesar de constar no cardápio.

Load More...