Versos da guerra

Reportagem especial sobre a Revolução Constitucionalista de 1932 Dentre tantas obras, a guerra também inspirou os poetas.   por Lucilla Novaes Prado Aos soldados Constitucionalistas Soldado constitucionalista Faz da rosa vermelha O teu emblema Nela encontrarás A tua jornada Nada mais é do que Flor brotada da terra O valoroso Sangue paulista Que pela Constituição brasileira Surgiu a verde bandeira O sagrado lábaro Das treze listras   Medalhas da ex-combatente constitucionalista Lucilla Novaes Prado. Medalha da Constituição, onde se lê a frase “Pola Lei, Pola Grey”, do português arcaico: “Pela Lei e Pelo Povo”. Broche-capacete, miniatura do modelo usado...

Read More