Nódulos nas mamas: riscos e mitos


Terça-feira, 26 de julho de 2016, às 20h13


Os nódulos benignos costumam surgir na idade reprodutiva, entre 15 e 50 anos enquanto os de origem oncológica podem aparecer a qualquer momento. Leia a matéria da SOGESP e conheça-os.

Quando se toca no assunto nódulos nas mamas, a primeira coisa que se pensa é no câncer mamário. Devido à alta incidência de casos nos últimos anos e a maior preocupação com sua prevenção, as mulheres sentem receio ao sentir algo estranho em suas mamas, quando na verdade, a chance de um nódulo representar câncer é muito pequena.

 

Número de casos de câncer entre homens é de um para cada cem comparando com a incidência entre as mulheres. Foto: divulgação / SOGESP

Número de casos de câncer entre homens é de um para cada cem comparando com a incidência entre as mulheres. Foto: divulgação / SOGESP

 

“Na verdade, a causa mais frequente de nódulo mamário é o que chamamos de alteração funcional benigna da mama” explica dr. Carlos Ruiz, mastologista, membro da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo (SOGESP). “Muitas vezes, a causa é a sensibilidade das mamas femininas aos hormônios produzidos”.

Segundo dr. Carlos, essa possibilidade se traduz de quatro formas: dor, principalmente no período pré-menstrual; o nódulo, representado com maior frequência pelo fibroadenoma, caracterizando-se por ser sólido e móvel dentro da mama, normalmente com até 3 centímetros de tamanho; o cisto de mama, que se configura como uma bolsinha de líquido de tamanho diverso; e, por fim, o menos frequente que é a descarga papilar que, normalmente, é multi ductal.

Primeiramente, o ginecologista realiza o exame clínico para se ter uma boa ideia da palpabilidade ou não do nódulo. O benigno é notoriamente diferente do neoplásico - enquanto o primeiro costuma ser móvel à palpação e com limites mais precisos, o maligno se caracteriza por ser mais duro, com limites imprecisos e com pouca ou nenhuma mobilidade, identificado em consulta.

Outros exames são requeridos para identificar e diagnosticar o problema, como o ultrassom e a mamografia (o último normalmente em mulheres acima dos 40 anos), mas o único que pode dar uma conclusão exata sobre a natureza do nódulo é a biópsia, recurso indicado para confirmar a suspeita.

Os nódulos benignos costumam surgir na idade reprodutiva, entre 15 e 50 anos enquanto os de origem oncológica podem aparecer a qualquer momento. “O pico de incidência do câncer de mama ocorre entre 55 a 60 anos, lembrando fundamentalmente que um terço dos casos ocorre abaixo dos 50”, esclarece Ruiz.

Nódulo masculino

Outro dado curioso levantado pelo especialista é a presença dos nódulos em homens. O número de casos de câncer entre o gênero masculino está na proporção de um em cada cem para as mulheres.

“O mais importante é saber que a maioria deles, na mulher, não está relacionado ao câncer; se notar algo estranho nas mamas, procure um médico que fará o exame clínico e, a partir daí, efetuar o encaminhamento necessário” conclui Carlos.

Alcoolismo e seus efeitos negativos: sonolência, falta de coordenação e ressaca.  Foto: Divulgação / SPSP

Alcoolismo e seus efeitos negativos: sonolência, falta de coordenação e ressaca. Foto: Divulgação / SPSP

Leia mais sobre
MEDICINA

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This