Tag: Câmara Municipal

Museu do Futebol em SP recebe o nome de Gylmar dos Santos Neves

Direto do Gabinete, por Geriane Oliveira No último dia 13, a Câmara Municipal de São Paulo aprovou o PL 2/2007, de autoria dos Vereadores Toninho Paiva (PR) e Goulart (PSD), que denomina Gylmar dos Santos Neves o Museu do Futebol paulista, criado pela Lei nº 13.989, de 16 de novembro de 2004. A denominação do Museu do Futebol, um dos principais pontos turísticos da cidade da São Paulo (SP), localizado no Pacaembu, é uma homenagem ao goleiro, falecido em 2013, que foi bicampeão com a seleção brasileira das Copas do Mundo de 1958 e 1962, e um ídolo nacional....

Read More

Direto do Gabinete

Vereador Toninho Paiva, Sociedade MMDC e familiares celebram o primeiro ano de aniversário da Praça Capitão Gino Struffaldi, o ‘eterno menino de 32’ No dia 15 de março, foi realizada a solenidade em comemoração ao primeiro aniversário da Praça Capitão Gino Struffaldi, denominada pelo Vereador Toninho Paiva em homenagem ao ex-combatente da Revolução Constitucionalista, falecido em 2012, aos 98 anos de idade. O evento promovido pela Sociedade Veteranos de 1932 – MMDC (Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo) aconteceu na praça, localizada no bairro da Bela Vista (SP), e teve a participação de mais de cem pessoas entre autoridades, representantes...

Read More

Procurar por assuntos

Vídeos recentes

Loading...

COP – ODONTOLOGIA INTEGRADA

Seja independente. Fale com a gente e venda pela internet!

Crie sua independência! Assista ao vídeo.

Tweets recentes

O lançamento da pré-campanha do PT, com o candidato Lula à presidência, tendo Alckmin (PSB) como vice-presidente, ocorreu neste sábado (07) e a união dos dois foi comparada a um prato da culinária pelo próprio Lula.

Ao invés de berrar aos quatro ventos, Lula leu seu discurso. Mas a mudança na comunicação não ajudou muito. A abertura do evento já começou com a tradicional demonstração de rebeldia com o idioma, fazendo trocadilhos com as palavras esclarecimento e escurecimento.

Alckmin nem compareceu ao evento alegando Covid, contraída um dia antes do lançamento. Talvez, envergonhado, com o triste fim que está dando à sua carreira política.

Chamado de Chuchu, por Lula, deve ter amolecido depois do possível acesso ao discurso. Comparando o lançamento da pré-candidatura à presidência com comida, este disse que São Paulo vai começar a comer lula com chuchu.

A fala do ex-presidente, mais uma vez decepcionou. O evento orquestrado pelo PT azedou e o prato, apesar de não existir e nem combinar muito bem, parece tão indigesto que um dos ingredientes nem compareceu, apesar de constar no cardápio.

Load More...