Buracos nas esquinas da Rua Antonio de Barros estão sendo solucionados, informa Sabesp
abr15

Buracos nas esquinas da Rua Antonio de Barros estão sendo solucionados, informa Sabesp

No início da noite de terça-feira (9), a Sabesp executou uma obra na esquina das ruas Azevedo Soares e Antônio de Barros. Desde então começaram os transtornos dos motoristas e pedestres. O motivo é que a companhia ainda não havia fechado o enorme buraco até sábado. Havia outro na esquina da Rua Professor Pedreira de Freitas. Em nota a companhia informou que os problemas seriam resolvidos ainda hoje, como de fato ocorreu, mas a solução definitiva está prevista para...

Leia mais
Buracos na Rua Emília Marengo esquina com Rua Itapura: a cena se repete
mar06

Buracos na Rua Emília Marengo esquina com Rua Itapura: a cena se repete

Os buracos estão tomando conta do bairro e a cada dia aumentam por cada rua onde passa a reportagem.

Leia mais
Galhos de árvores bloqueiam pequeno trecho da Emílio Mallet, buracos triplicaram sua área
mar05

Galhos de árvores bloqueiam pequeno trecho da Emílio Mallet, buracos triplicaram sua área

O perigo ronda a esquina da Rua Antônio de Barros e Emílio Mallet, além dos buracos agora o resultado da poda de árvores. Leia a nota da redação atualizando esta notícia.

Leia mais
Buracos aumentam por todo o bairro do Tatuapé, moradores reclamam
fev26

Buracos aumentam por todo o bairro do Tatuapé, moradores reclamam

Chuvas provocam e aceleram erosões do asfalto. Em algumas ruas como a Tuiuti esquina com Tijuco Preto é possível enxergar a antiga camada de paralelepípedos. Na Rua Itapura, esquina com Rua Euclides Pacheco, há poucas semanas consertado, um buraco ressurge. E, assim sucessivamente, o tapa-buracos faz um serviço aqui e as deformações reaparecem ali.

Leia mais
Buracos proliferam e quem padece são os motoristas
jan30

Buracos proliferam e quem padece são os motoristas

Subprefeitura Mooca, disse hoje (29) que vai inspecionar. Os buracos são inúmeros e se espalham por todo o bairro, alguns são capazes de engolir a roda inteira de um veículo. Não se pode descartar que o problema também afeta os pedestres.

Leia mais
Buracos continuam ganhando a corrida contra a prefeitura no Tatuapé
jul30

Buracos continuam ganhando a corrida contra a prefeitura no Tatuapé

Há exatos 30 dias, mostramos a falta de logística que ocorreu na Rua Emílio Mallet, depois que o tapa-buracos fez consertos a poucos metros destes mostrados na imagem ao lado. A cada dia que passa, as crateras atrapalham mais, dificultando a travessia de pedestres e as manobras dos motoristas.

Leia mais
Tatuapé: motoristas e pedestres fazem peripécias para evitar buracos
jun28

Tatuapé: motoristas e pedestres fazem peripécias para evitar buracos

Na verdade, a proliferação chega ser atípica e pode estar sendo gerada pelo excesso de veículos e falta de manutenção.

Leia mais
Buracos no Tatuapé e a falta de manutenção: tapa um, aparece outro
fev14

Buracos no Tatuapé e a falta de manutenção: tapa um, aparece outro

Na verdade ressurgem dos serviços mal executados e da falta de manutenção. A buraqueira se espalha pelos bairros por onde motoristas precisam fazer manobras arriscadas para desviar das crateras.

Leia mais
Buracos são consertados, mas restam muitos outros no Tatuapé
dez14

Buracos são consertados, mas restam muitos outros no Tatuapé

O prefeito eleito João Doria, disse que irá promover um mutirão de limpeza na cidade e combater os pancadões, mas entre outras questões terá de se preocupar rapidamente com o número de buracos que se alastram.

Leia mais
Telescópio espacial Hubble confirma informação sobre buracos negros supermassivos
ago20

Telescópio espacial Hubble confirma informação sobre buracos negros supermassivos

A confirmação é a ligação entre fusões e buracos negros supermassivos com jatos relativísticos. Entenda melhor esta poderosa força espacial.

Leia mais
Morte de pequenas galáxias em buracos negros? Assista ao vídeo
maio14
Leia mais
Sub Mooca, age rapidamente e conserta buracos na Estevão Pernet
mar26

Sub Mooca, age rapidamente e conserta buracos na Estevão Pernet

Quinta-feira, 25 de março de 2015, às 09h43   Se por seu lado a Subprefeitura Aricanduva/Carrão não toma providências quanto ao lixo deixado diariamente na esquina das Ruas Antonio João Fiore e Henrique Dumont, à Subprefeitura Mooca deve ser dado o devido valor pela sua atenção e trabalho rápido, porquanto às questões que enviamos. Desde a manhã de ontem (25) os buracos existentes na Rua Padre Estevão Pernet, que está sob sua jurisdição foram consertados e além daqueles que mostramos na reportagem (vide abaixo), outros também receberam recapeamento, serviço que pode ser constatado pelos usuários. A via precisaria de um completo asfaltamento, assim como o bairro de uma subprefeitura própria, mas enquanto isso não acontece, podemos dizer que a Subprefeitura da Mooca, faz a sua parte como lhe é possível. O atual subprefeito e funcionário de carreira da prefeitura é o engenheiro Evandro...

Leia mais
Tapa-buracos na Rua Emílio Mallet expõe serviços mal feitos
fev09
Leia mais
Buraco gigante na Rua Emílio Mallet é tapado
mar09

Buraco gigante na Rua Emílio Mallet é tapado

Finalmente, chegou a ele o tapa buracos.

Leia mais
Rua Boa Esperança: afundamento do asfalto
mar02

Rua Boa Esperança: afundamento do asfalto

A falta de manutenção preventiva das vias públicas e o excesso de buracos na cidade levou o TCM a exigir providências da Prefeitura de São Paulo e por consequência atingindo os prefeitos regionais, assim como os obrigando e às empresas contratadas a refazerem os serviços de tapa buracos. Viaduto Azevedo: vegetação e mais buracos.

Leia mais
Versão “Cidade Linda” para o Tatuapé
ago29

Versão “Cidade Linda” para o Tatuapé

As imagens a seguir, mostram a situação encontrada na manhã desta terça-feira (29), na esquina das ruas Antonio de Barros e Emílio Mallet, onde os carros quase colidem para fazer conversões desviando dos buracos; pedestres e cadeirantes também passam por dificuldades, mas a Prefeitura Regional da Mooca não responde ou toma providências, apesar dos alertas. Estamos enviando todas as matérias ao órgão da Prefeitura de São Paulo, responsável pela área, que não se...

Leia mais
Crateras continuam se formando no bairro, esta flagramos no Belenzinho
mar06

Crateras continuam se formando no bairro, esta flagramos no Belenzinho

Gestão anterior na Prefeitura, que priorizou a criação de ciclovias – em grande parte do Tatuapé são inúteis – e a batalha contra o uso dos carros, se esqueceu da manutenção das ruas e avenidas. A consequência é o número de buracos que surgem a cada dia.

Leia mais
Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé
out02

Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé

Quinta-feira, 2 de outubro de 2014, às 16h02 Os cruzamentos do bairro estão cada vez piores com o aumento do número de veículos. Disso todo mundo sabe, mas o objetivo desta obra inacabada ninguém explica.     Há pelo menos duas semanas, os motoristas que cruzam a esquina das ruas Francisco Marengo e Emílio Mallet se deparam com uma obra sem identificação, placa ou motivo. O aumento de carros e coletivos que percorrem esse perigoso cruzamento é notório. A cada manhã o número de veículos aumenta e as filas para percorrer os poucos metros entre as esquinas também. Apesar disso, a obra que apareceu numa determinada manhã sem nenhuma identificação e assim permanece, atrapalha e causa estranheza. Quem teria feito os buracos e para quê? Independentemente dos motivos, o problema é que o cercado pode causar acidentes com ciclistas, pedestres e carros que passam pelo local.       Estamos em contato com a Subprefeitura Mooca para saber do que se trata.   Assuntos relacionados Haddad fala das ciclovias e estações de bikes no Tatuapé Privilégios e estação inacabada põe em dúvida ciclovias no bairro Obra inacabada causa transtornos em cruzamento do Tatuapé Obra inacabada na Emílio Mallet será estação de...

Leia mais
Greve é o grande negócio da Copa 2014
jun05

Greve é o grande negócio da Copa 2014

05 de junho de 2014 às 12h03 Gerson Soares Qual greve você gostaria de fazer? São muitas opções. Escolha a sua, pois está revelado o grande negócio da Copa 2014: Fazer greve. Em São Paulo, os metroviários pleiteiam 35,47% de reajuste (7,95% de Inflação + 25,5% de Aumento Real), fora todos os outros benefícios que a categoria exige. O salário de um gerente do Metrô é de 21,5 mil reais, o de um coordenador 12,7 mil e a média da categoria fica em 4,5 mil. Nada mal para um país aonde o salário mínimo não chega a 800. As conquistas das categorias e a capacitação levam aos salários que podem traduzir conforto, uma vida digna e o direito à greve deve ser respeitado para melhorá-los. Os rodoviários já fizeram a deles e espalharam o terror pela cidade, hoje é a vez também dos agentes da CET. Aqui são três movimentos que afetam os transportes públicos. Mas já houve a greve dos professores municipais. A categoria conseguiu 15% de aumento aproximadamente, que só serão incorporados totalmente aos salários daqui a dois anos. Afirmamos mais uma vez que as greves são legítimas, mas a realidade é saber como as aulas serão repostas e se as crianças irão pagar o preço, afastando-se cada vez mais do saber. Digamos que uma greve de verdade, seria aquela em que todos parariam, São Paulo iria parar, o Brasil inteiro poderia aderir e teríamos uma verdadeira greve. Daí então, uma pauta de reivindicações. Seriam tantas que um livro deveria ser escrito, e teoricamente já foi. Pelo menos tentaram escrevê-lo da melhor forma: é a Constituição. Ali deveria estar descrito com poucas palavras e leis, algo que todos pudessem entender e então cumprir. Se isso fosse feito, talvez as greves isoladas em busca de interesses desta ou daquela categoria, nem precisassem ser deflagradas, a vida seria normal – com seus percalços e sucessos. Todos acordariam para viver mais um dia, podendo ir ao trabalho, às escolas, ser um idoso e chegar à consulta através do Metrô. Se a ideia das paralisações contra a Copa Mundial é causar o caos, esse objetivo está sendo conseguido, mas não atingirá o alvo, se ele for a morbidez da governança, especialista em tapar buracos e apagar fogueiras, como os que surgem a cada manifestação isolada. Que nos perdoem os governantes sérios pela generalização, a depuração ainda deve ser longa até que a política passe a ser mais benéfica e afaste as ervas daninhas deste jardim chamado Brasil, onde há esperança. Logo, a Copa vai passar, a vergonha de um país que não estava preparado para sediá-la vai ficar, com ou sem...

Leia mais
Depois de quase três meses de cobranças, calçada do João Borges está sendo consertada
maio22

Depois de quase três meses de cobranças, calçada do João Borges está sendo consertada

Desde o início deste ano, a calçada de um dos colégios mais tradicionais do bairro, a Escola Estadual Professor João Borges, estava precisando de consertos. A iniciativa foi tomada, assim como as obras que mostramos na Rua Emília Marengo e Praça General Costa Barreto. Porém, o conserto foi deixado de lado. Pedras, desnivelamentos, colocavam em risco os pedestres, bem em frente ao lugar onde eles devem aprender sobre cidadania e educação. Ontem (21), finalmente a calçada da escola estava sendo arrumada.     A falta de uma Subprefeitura específica para o Tatuapé e Jardim Anália Franco, leva a esses erros administrativos. É o que se pode concluir, já que as ruas do bairro, que é formado por um todo e tem delimitações próprias, foram subdividas por duas subprefeituras, como mostram as reportagens de hoje. Leia mais: Entrevista com o Subprefeito Evandro Reis Obras no Tatuapé são largadas pela metade Conservação de ruas do Jardim Anália Franco acontece após anos Estamos propondo a divulgação de um mapa que deixe claro a qual dessas duas subprefeituras, Mooca e Aricanduva/Formosa/Carrão, as ruas do bairro estão subordinadas, para que não haja mais o empurra-empurra, como acontece com a manutenção dos parques e tapa-buracos, por exemplo. Fomos informações hoje (22), pela subprefeitura Aricanduva que se o contribuinte quiser saber esse detalhe, sobre sua rua, deverá comparecer à Rua Atucuri, 699, Vila...

Leia mais
Direto do Gabinete
out10

Direto do Gabinete

Quinta-feira, 10 de outubro de 2013 Nesta tarde de quinta-feira (10), conversamos com o Vereador Toninho Paiva, que em pouco mais de dez minutos traçou um ligeiro panorama sobre alguns assuntos relevantes. SUBPREFEITURA DO TATUAPÉ Não há novidades, segundo ele, no que diz respeito à criação de uma Subprefeitura para o Tatuapé. Tão almejada há quase duas décadas por líderes do bairro, como Carlos Pinto de Oliveira Sá e Antonio Giaquinto, estes já faleceram sem ver seu sonho realizado e parece que a situação não muda tão cedo. BURACOS (1) O Vereador criticou a situação das vias públicas, que julga ter piorado em um ano, assim como as praças de forma geral. “O que eu vejo é uma situação de abandono”. BURACOS (2) Alô Tatuapé chegou a fazer uma série de reportagens sobre o assunto, intituladas “A volta dos Tatus”, numa brincadeira com os pequenos animais que dão nome ao bairro, principalmente por terem sido abundantes na região. O trocadilho é alusivo ao fato de os tatus construírem tocas ou buracos e como a situação requeria providências rápidas naquele momento resolvemos criticar com bom humor. COSTELA DE BÚFALO Ainda sobre o assunto, deixamos para o Vereador a seguinte dica: Rua Azevedo Soares, altura da E. E. Ascendino Reis. Nesse local existe um costela de vaca (ou búfalo? como disse brincando o Vereador); a altura da deformidade no asfalto chega a assustar os motoristas, que para desviar precisam andar na contra mão, a fim de evitarem a colisão com o assoalho dos veículos ou coisa pior. HOSPITAL MUNICIPAL DO TATUAPÉ Quando se fala na história recente da instituição, devemos lembrar do médico Plínio Bertocco e a condução dos trabalhos que exerceu junto aos residentes, também em outras áreas do hospital, chegando ao cargo de diretor. Remontando a esse nome de alta estima entre os médicos, Toninho Paiva o citou, antes de concluir: “Acabei de vir da Secretaria da Saúde e a situação é difícil. A saúde está encolhendo ao invés de aumentar. Mas o Hospital do Tatuapé ainda é um dos que melhor atende a população comparado, por exemplo, com o da Cidade Tiradentes; faz operações de risco, profissionais que atendem no Einstein e outros hospitais de ponta trabalham lá”, disse. “Só não faz transplantes”, completou. AUMENTO DO IPTU Sobre o indigesto aumento do IPTU desejado pela Prefeitura de São Paulo para 2014: “Sobre esse percentual eu já falei que não voto”, revelou. O aumento pleiteado pode chegar até 26% em média para os imóveis de maior valor, ficando na casa dos 18% para as residências. “Esse valores podem atingir bairros como o Tatuapé”, diz. O aumento deverá ser votado até...

Leia mais
Padre Adelino, 10 anos depois
out08

Padre Adelino, 10 anos depois

Publicado em 08 de outubro de 2013 Complexo Viário Padre Adelino, como surgiu, desde o nome até a concretização do projeto 10 anos depois. Obra melhorou o trânsito no Tatuapé, se tornou uma alternativa viável para os motoristas e findou o caos numa das áreas mais valorizadas da cidade, que até então só amargava o tempo perdido no trânsito e as multas dos marronzinhos. Atualmente, apenas nos horários de pico, o trânsito fica bastante pesado desde o início da ponte até o final da Rua Padre Adelino na esquina com a Praça Sílvio Romero, mas diversos fatores devem ser levados em conta. O mais importante deles é o aumento populacional no bairro, muito diferente de 12 anos atrás, quando Alô Tatuapé fez a primeira reportagem mostrando a necessidade da obra, as multas aplicadas pelos marronzinhos nas esquinas da Av. Salim Farah Maluf e Rua Padre Adelino e a cobrança junto às autoridades municipais, até que o desejo popular se concretizasse. Para quem mora há mais de 20 anos no bairro, não é difícil imaginar como estaria a situação no local sem a realização da obra, inaugurada em 28 de Agosto de 2011. O motivo para que toda essa movimentação tivesse início foi uma reclamação enviada a redação da revista Alô Tatuapé, que sensibilizou-se com a carta de um leitor e iniciou uma série intensa de pesquisas e reportagens que duraram 18 meses, a fim de mostrar que sem um Complexo Viário, dentro de poucos anos o caos existente se tornaria um alívio comparado ao que poderia acontecer. É justo que se diga, que houve uma antiga proposta pela construção de um viaduto ou reformulação do atual Pires do Rio, anterior à data que Alô Tatuapé iniciou a série de reportagens, cobrando das autoridades a vontade da população, após pesquisas com milhares de motoristas, em Março de 2001. Porém, essa proposta jamais foi levada a cabo. Seus detalhes jamais chegaram ao conhecimento da redação nestes anos todos; certo é que existiam interesses comerciais e políticos que impediram seu andamento. Ao contrário disso, a revista Alô Tatuapé apoiada no trabalho de campo, divulgou e cobrou para que houvesse realmente efetividade na execução da obra – que nomeou pela primeira vez de Complexo Viário Padre Adelino. A revista foi desacreditada e até criticada pela sua quixotesca ambição, mas isso não foi capaz de nos fazer desistir. Visando o lado positivo dessa obra, revela-se o quanto foi necessária e facilitou a vida dos moradores. Para se ter uma ideia, atingir o lado Belenzinho da Rua Padre Adelino, através do cruzamento com a Salim Maluf em horários de pico podia levar até 30 minutos,...

Leia mais