Home office na pandemia: a luta contra o vírus e dores na coluna


Quinta-feira | 2 de abril, 2020 | 12h28


O home office é a estratégia adotada por grande parte das empresas durante a pandemia de COVID-19. Apesar de parecer uma opção muito mais confortável para os trabalhadores, é preciso que estes se atentem aos cuidados com a postura na hora de montar o escritório pessoal. Evitar futuras dores na coluna também está associado ao contexto de prevenção contra o novo coronavírus.

O dr. Alexandre Fogaça, membro do Departamento Científico de Ortopedia e Traumatologia da Associação Paulista de Medicina (APM) e chefe do Grupo de Coluna do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (IOT/HCFMUSP), começa explicando que, no sofá ou na cama, é quase impossível adaptar um ambiente de trabalho com a ergonomia adequada. “O ideal é providenciar uma mesa e uma cadeira. Pode ser, por exemplo, as que ficam na cozinha”, sugere.

 

Postura e disciplina são itens importantes para quem está tendo que trabalhar em casa. Foto: divulgação/APM

 

Com ambos os itens a postos, o ortopedista recomenda que a pessoa se sente apoiando bem a coluna no encosto, além de colocar os dois pés no chão, com joelhos e quadris dobrados em um ângulo de 90°. Para não prejudicar a coluna, a tela do computador deve estar na altura dos olhos e o teclado e o mouse na altura dos cotovelos dobrados. Outra dica valiosa é manter um intervalo a cada duas horas, no qual pequenas caminhadas e alongamentos são bem-vindos.

“A pessoa deve atentar-se para a postura em todos os momentos a fim de evitar problemas articulares. Isso vale para a hora do trabalho, mas também para quando está dirigindo, ao assistir televisão em casa, mexer no celular, entre outros momentos”, pontua dr. Fogaça.

Ainda segundo o especialista, sentar-se inadequadamente ou negligenciar a postura durante longos períodos de tempo pode causar dores musculares, além de predispor hérnia de disco, artrose e discopatia. No caso daqueles que já possuem algum problema de coluna, a atenção é redobrada.

“Para esses pacientes, exercícios com impacto são os menos indicados. No home office, a recomendação é fazer pequenos intervalos para mudar de posição e se alongar durante o dia. A precaução é essencial. No caso de dor constante ou alterações de força e sensibilidade nos membros, é necessário procurar ajuda médica”, explica dr. Fogaça.

Outras dicas do ortopedista são:

Manter o peso adequado, alimentar-se de forma saudável, manter uma rotina regular de atividades físicas e procurar um médico no caso de qualquer reclamação. Além de prevenir complicações na coluna, essas atitudes ainda fortalecem a imunidade contra o COVID-19, somando forças contra os dois maiores problemas que assombram o brasileiro em tempos de pandemia.

Leia mais sobre
MEDICINA&SAÚDE

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This