Impeachment: roupa suja é lavada em sessão de 43 horas


Domingo, 17 de abril de 2016 às 12h38


Discussão sobre o impeachment teve a sessão mais longa da história e o Brasil bate os próprios recordes.

Gerson Soares

O país vivencia recordes inesperados. Para sair da crise que lhe foi imposta, a sociedade clama pelo impedimento do atual governo como alternativa. A análise do relatório da Comissão Especial de Impeachment (CEI), que além das pedaladas fiscais, motivo primordial, envolve o maior sistema de corrupção já visto e a mais profunda depressão econômica de todos os tempos e seus desdobramentos, só poderiam ser discutidos na maior sessão já registrada no Congresso Nacional com quase 43 horas, levando-se em conta o início da sessão aberta na sexta-feira (15) e encerrada na madrugada deste domingo recordes nacionais.

 

Brasília - O relator Jovair Arantes e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em sessão plenária para discutir processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (16). Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Brasília - O relator Jovair Arantes e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, em sessão plenária para discutir processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff, nesta sexta-feira (16). Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

 

A roupa suja e deslavada foi exposta na Câmara dos Deputados, onde poucos dentre os 513 deputados que a compõem conseguem sair ilesos. É o que afirmou um dos representantes do partido de Marina Silva, que por sua vez continua nos bastidores da discrição. Revoltado contra os moralistas, o parlamentar fez diversas críticas a seus colegas. “60% respondendo processo, 60% desta casa está amarrado na Justiça”, falou em voz alta, Aliel Machado (Rede-PR), referindo-se àqueles que discursaram na tribuna sem a moral que os sustentasse. “Esta casa foi eleita por um sistema que explodiu, um sistema corrupto, que as investigações agora estão chegando a vocês. Quando saiu a lista da Odebrecht parecia filinha de vestibular dos deputados, olhando a lista para ver se não estava o seu nome lá”. Referindo-se aos nomes divulgados na delação premiada de executivos da empreiteira completou: “Isto é vergonhoso”.

Logo depois do início da primeira sessão às 11h de sexta-feira, já circulavam as notícias de que o presidente da Câmara, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) recebeu 52 milhões em 36 vezes, fruto de propinas. Neste domingo, a partir das 14h, será iniciada a sessão do impeachment que está prevista para terminar às 21 horas. A partir das 16h, conforme a expectativa do presidente deverá começar a votação. Antes disso, haverá o discurso do relator do processo, deputado Jovair Arantes (PTB-GO). Cada um terá 30 segundos para expor oralmente seu voto e após a chamada dos 513 parlamentares, será definida a contagem e a decisão de abrir ou não o processo contra a presidente Dilma Roussef.

Acompanhe ao vivo

Brasília - A comissão especial do impeachment da Câmara dos Deputados aprovou o parecer do relator Jovair Arantes por 38 votos a favor e 27 contrários. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Brasília - A comissão especial do impeachment da Câmara dos Deputados aprovou o parecer do relator Jovair Arantes por 38 votos a favor e 27 contrários. Foto: Wilson Dias/Agência Brasil

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Às 13h06 deste sábado, deputados estão reunidos há mais de 27 horas. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Às 13h06 deste sábado, deputados estão reunidos há mais de 27 horas. Foto: Luis Macedo / Câmara dos Deputados

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil
Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo
Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo
Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
  • Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil

  • Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo

  • Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo

  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*