Na ONU, Temer dirá ao mundo que é seguro investir no Brasil


Sábado, 17 de setembro de 2016, às 10h08


O presidente Michel Temer passa o fim de semana em São Paulo, onde vai participar de reuniões com assessores e ministros.

Agência Brasil | Por Pedro Peduzzi

No domingo (18), às 8h, ele embarca para Nova York, onde abrirá a 71ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU). Conforme tradição iniciada em 1947, com o discurso inaugural feito pelo diplomata brasileiro Osvaldo Aranha, cabe ao Brasil abrir a assembleia na terça-feira (20). Esta será a segunda viagem oficial ao exterior feita por Temer após ter assumido o cargo.

 

Presidente Michel Temer durante entrevista ao The Wall Street Journal & Dow Jones Newswires. (Brasília - DF, 15/09/2016). Foto: Carolina Antunes/PR

Presidente Michel Temer durante entrevista ao The Wall Street Journal & Dow Jones Newswires. (Brasília - DF, 15/09/2016). Foto: Carolina Antunes/PR

 

Em entrevista publicada ontem (15) pelo Wall Street Journal, Temer já deu uma prévia de quais serão seus interesses na viagem: mostrar aos investidores e empresários estrangeiros que o Brasil está aberto e interessado em fazer negócios de forma segura, agora que seu governo não é mais interino. Na entrevista, Temer disse que as incertezas políticas no Brasil estão diminuindo.

Na quarta-feira (14), o embaixador Fernando Simas Magalhães, antecipou alguns temas-chave prioritários para o Brasil, que deverão ser abordados pelo presidente Temer no discurso de abertura da assembleia geral. Segundo o embaixador, Temer falará sobre cenário econômico, comércio internacional, mudança de clima, crise de refugiados, paz e segurança internacional.

Gráfico do MPF, mostra Lula no centro do poder criminoso instituído no país. Imagem: reprodução TV

Gráfico do MPF, mostra Lula no centro do poder criminoso instituído no país. Imagem: reprodução TV

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Painel no Plenário do Senado, mostra a decisão de manter os direitos políticos de Dilma Rousseff. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Painel no Plenário do Senado, mostra a decisão de manter os direitos políticos de Dilma Rousseff. Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This