Os “Big Five” do Oceano: explorando as águas da África Oriental


Sexta-feira, 16 de outubro de 2015, às 19h20


Quando você pensa em animais africanos, do que se lembra? Provavelmente, os “cinco grandes”: leões, elefantes, leopardos, búfalos e rinocerontes. Mas a África também tem uma quantidade incrível de diversidade marinha nos recifes de coral e nas águas abertas em torno do continente.

Smithsonian Institution – EUA
Edição: Alô São Paulo

Quando pensamos na “África”, logo nos vem à mente os “Big Five” (cinco grandes). Lembramos dos leões, elefantes, leopardos, búfalos e rinocerontes que cruzam a Savana africana. Poucos imaginam que pode haver ainda mais beleza natural em oferta. Mas há: debaixo d’água.

A costa leste da África detém uma diversidade de vida que rivaliza com a terra. Ela é contornada por recifes de corais, ilhas majestosas e sob a superfície existem animais maiores do que qualquer um dos “Big Five”. Isso inclui alguns dos maiores animais do mar: tubarões-baleia, raias gigantes, baleias jubarte, golfinhos, tubarões tigre e todas as cores maravilhosas de peixes tropicais e recifes de coral.

 

Mergulhadores nadam com um tubarão-baleia na costa da África Oriental. Foto: Caine Delacy

Mergulhadores nadam com um tubarão-baleia na costa da África Oriental. Foto: Caine Delacy

 

Assim como existem grandes problemas de conservação para os animais no continente da África, tais como a caça ilegal, a destruição do habitat, e outras ameaças, existem muitas questões e preocupações para os ecossistemas e animais marinhos da África Oriental.

A equipe do East African Marine Transect (seria como um corte ou uma parte marinha na costa da África Oriental) está em uma jornada para explorar os recifes de coral da África Oriental e obter uma compreensão de sua saúde atual e status. A pesca excessiva, o desenvolvimento costeiro, a poluição, as consequências desconhecidas de alterações climáticas e os efeitos mais imediatos da caça furtiva de barbatanas de tubarões e arraias-jamanta, são algumas das preocupações mais ameaçadoras.

A principal diferença entre a conservação dos animais da terra e do mar que é que 30 milhões de pessoas dependem dos ecossistemas dos recifes costeiros para subsistir e sustentar seus meios de subsistência.

Esperamos criar um conjunto de dados sem precedentes que será compartilhado entre ONGs, governos, universidades e cientistas, a fim de avaliar a saúde da população dos peixes, do coral, uso humano e as práticas de pesca. Apenas com mais conhecimento é que podemos esperar tomar decisões bem fundamentadas.

Ilustração: O Arqueano Mundial / Peter Sawyer

Ilustração: O Arqueano Mundial / Peter Sawyer

Leia mais sobre
OCEANO PRÉ-HISTÓRICO

 

Foto: NASA

Foto: NASA

Leia mais sobre
OCEANOS

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo
Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar
Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime
  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

  • Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo

  • Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar

  • Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*