Por que álcool e gravidez não combinam, entenda

A Síndrome Alcoólica Fetal (SAF), doença grave e irreversível, compromete o desenvolvimento cerebral de bebês e provoca anomalias congênitas, problemas cardíacos e fenda do palato, entre outras. Por Clóvis Francisco Constantino* No Brasil, de acordo com o Ministério da Saúde, a prevalência da SAF é estimada em 1 caso para cada 1.000 nascidos vivos. Contudo, o número certamente é bem maior, pois há subnotificação em virtude do desconhecimento sobre a doença até entre médicos, profissionais de saúde, pela dificuldade de diagnóstico e ainda por conta do crescimento do consumo de bebidas alcoólicas entre as mulheres. Estudos internacionais apontam que...

Read More