É fogo: fascínio pela chama existe desde a Antiguidade


Quarta-feira, 11 de maio de 2016 às 12h51


Simbologia faz parte da mitologia, das artes e do misticismo. Leia a reportagem da Rio 2016.

Depois de uma semana no Brasil, a chama Olímpica continua arrastando multidões ao atravessar cidades com malabarismos por terra, água e ar – já teve gente que conduziu a tocha em uma descida de rapel ou dentro de um balão nas alturas. Por onde passa, o maior símbolo dos Jogos provoca fascínio e desperta admiração.

 

Foto: Rio2016/Andre Luiz Mello

Foto: Rio2016/Andre Luiz Mello

 

O deslumbramento diante do fogo é tão antigo quanto a própria humanidade – desde a época das cavernas, ele protege, aquece e ajuda a alimentar. Na Antiguidade, os gregos o consideravam um elemento divino e mantinham chamas acesas em frente a seus principais templos. Um deles, o santuário de Olímpia, foi palco dos Jogos originais. Para assegurar sua pureza, as chamas eram acesas por meio de uma “skaphia”, espécie de espelho côncavo que converge os raios do sol para um ponto específico.

Atualmente, sem o peso dos deuses, o fogo ainda inspira atletas, artistas e místicos, mas com uma simbologia tão maleável quanto suas chamas dançantes. “Os rituais e signos de ontem não são usados hoje de forma consciente, mas transmitem uma sensação de familiaridade. Existe uma memória coletiva, algo humano que precisamos sempre resgatar”, diz o antropólogo Jorge Claudio Ribeiro, professor de ciência da religião da PUC-SP. “E ficar vendo um fogo, uma lareira, é muito mais legal do que ver televisão. A tevê é uma avacalhação da fogueira primordial”, brinca.

Além de trazer uma trégua temporária nas guerras, a pira Olímpica servia como alegoria para o próprio esforço do atleta. “O fogo precisa ser conservado, ou se apaga. Traz um pouco a ideia de mortalidade, da nossa fragilidade”, afirma Ribeiro. “É como nossa condição humana: se a gente não se esforçar, tanto no esporte quanto no resto, a chama apaga”.

Atrações turísticas nos quatro cantos do mundo se iluminaram para celebrar o marco de 100 dias para os Jogos. Fotos: Itamaraty e Rio 2016

Atrações turísticas nos quatro cantos do mundo se iluminaram para celebrar o marco de 100 dias para os Jogos. Fotos: Itamaraty e Rio 2016

Leia mais sobre
OLIMPÍADAS
RIO 2016

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo
Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo
Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo
  • Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo

  • Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo

  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

  • Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*