Em Davos, Bolsonaro afirma que reformas estão em “conversação avançada”


Quarta-feira | 23 de janeiro, 2019 | 18h32


Durante almoço, presidente defendeu necessidade de reformas no Brasil e afirmou que o governo trabalha para que investidores retomem confiança no País.

Durante almoço de trabalho para debater o futuro do Brasil, nesta quarta-feira (23), o presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou que as reformas a serem propostas por seu governo estão em “conversação avançada”. O almoço ocorreu no Fórum Econômico Mundial, em Davos, na Suíça. Segundo o presidente, a reforma da Previdência será única e duradoura, para ajudar a conter o deficit público.

 

Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante almoço no restaurante Migros: simplicidade antes do discurso no mais importante Fórum Econômico mundial (terça-feira, 22). Nesta quarta-feira (23), o almoço foi de trabalho. Foto: Alan Santos/PR Davos/Suiça

 

Ele explicou que as reformas não são simples, mas necessárias. “A reforma da Previdência é uma realidade, tem de ser feita e será na dose certa porque remédio demais pode matar o paciente”, afirmou. “Queremos uma reforma única, duradoura e que contenha o deficit público dessa área. Acredito que ela será aprovada porque não interessa apenas ao governo federal, interessa aos governadores e prefeitos”, argumentou.

Bolsonaro relatou ainda que o governo estuda outras reformas, como a simplificação tributária. “Temos de destravar nossa economia, não podemos ser um dos países a ser mais difícil de fazer negócios”, observou. Segundo ele, a meta é subir para algo entre a posição 50 e 60 no ranking de melhores a se fazer negócios.

Segurança

O presidente ainda falou que o Brasil trabalha para recuperar a confiança dos investidores, para que eles voltem a investir. E que seu governo também vai combater a violência para garantir que mais turistas possam ir ao País.

Segundo o ministro da Justiça, Sérgio Moro, os grandes desafios da sua pasta são a corrupção, a violência, o crime de rua e o crime organizado. Ele lembrou que foi juiz em grandes casos de corrupção e afirmou que fortalecer o combate a esses crimes, principalmente o de corrupção, vai restabelecer a confiança da população no sistema político e no País. “Vai facilitar que nosso ministro Paulo Guedes (Economia) e os demais ministros possam realizar um grande trabalho nas suas respectivas áreas”, afirmou.

Economia

O ministro da Economia, Paulo Guedes, falou sobre a armadilha do excesso de gastos públicos para o crescimento econômico e de como isso afetou não apenas a economia, mas também o ambiente político. Ele relatou que essa armadilha levou o Brasil a um grande deficit público, à inflação elevada e à recessão econômica.

Guedes afirmou que, para mudar esse cenário, o governo vai fazer reformas econômicas importantes e vai propor uma agenda de privatizações e desregulamentações, além de tornar o Brasil mais aberto para o mercado internacional.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou que o governo está comprometido com a democracia e a liberdade no Brasil e na América Latina e que vai trabalhar também para mais acordos e parcerias internacionais.

Fonte: Planalto

Em 24 de dezembro, declarou o capitão: “Menos interferência do Estado significa melhores condições de vida ao brasileiro”. Foto: AFP / PSL

Leia mais sobre
ECONOMIA

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil
Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo
Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo
Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
  • Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil

  • Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo

  • Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo

  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*