João Dória vence em SP e lembra Lava Jato


Segunda-feira, 3 de outubro de 2016, às 17h39


A menção da operação liderada pelo Ministério Público Federal teve como alvo o Partido dos Trabalhadores (PT), que emerge como grande derrotado das Eleições Municipais 2016. Conforme a avaliação do presidente do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP), desembargador Mário Devienne Ferraz, o pleito transcorreu tranquilamente em todo o estado.

Gerson Soares

Com o envolvimento nos escândalos de corrupção, o Partido dos Trabalhadores praticamente desapareceu do mapa nas eleições municipais, ficando apenas com a Prefeitura de Rio Branco-Acre, no primeiro turno. A chance da sigla está restrita à capital pernambucana, Recife, para o segundo turno das eleições municipais. De acordo com o balanço feito até agora, este é o pior resultado do PT desde 1996, quando obteve duas prefeituras; se perder fechará com um desempenho ainda pior.

 

João Doria é eleito prefeito de São Paulo no primeiro turno. Foto: PSDB-SP/Divulgação

João Doria é eleito prefeito de São Paulo no primeiro turno. Foto: PSDB-SP/Divulgação

 

Por outro lado, o tucano João Dória Jr., surpreendeu e ganhou o direito de exercer o cargo de prefeito da maior cidade do País, no primeiro turno. Com 53,29% dos votos que totalizaram 3.085.187, empresário disse que fará uma gestão com os “novos ventos” que sopram na política brasileira. “Não sou político, sou gestor”, afirmou durante sua campanha.

O novo prefeito de São Paulo assumirá no dia 1º de janeiro de 2017 e declarou à Justiça Eleitoral um patrimônio de 180 milhões. Mas, segundo ele, ao contrário do que muitos imaginam seu sucesso profissional não interferirá na vontade de governar para os mais necessitados, principalmente os moradores da periferia da cidade.

Após ter sido confirmada sua vitória, no final da tarde deste domingo (2), ao lado de Geraldo Alckmin, seu padrinho eleitoral, Dória fez diversos agradecimentos dizendo ser o governador uma fonte inspiradora e apoia sua candidatura à presidência da República em 2018, enquanto a plateia que lotava o diretório do PSDB em São Paulo gritava: “Brasil pra frente, Geraldo presidente”. “O João trabalhador, que se identifica com essa grande metrópole, João madrugador, João inovador. Fez campanha leve, sem ataques, que ganhou a confiança da nossa população. Um fenômeno eleitoral”, enfatizou Alckmin, referindo-se ao início da campanha quando o candidato ocupava uma posição abaixo dos principais concorrentes, alcançando vitória surpreendente após a apuração das urnas.

Contente com o resultado no primeiro turno, o prefeito eleito para a gestão 2017-2020, deu uma prévia de como pretende governar a cidade. “A nossa gestão será uma gestão para todos. Não será uma gestão particularizada, partidarizada, para os que votaram em nós, será uma gestão aberta, inovadora, transformadora, moderna, jovem, digital, para transformar São Paulo”, disse durante a comemoração.

No mês de dezembro do ano passado, antes mesmo de ser escolhido pelo PSDB como candidato do partido à Prefeitura de São Paulo, Dória declarou ao El País, diário espanhol, que não disputará a reeleição. “Faremos quatro anos vibrantes que valerão por oito”. Durante a entrevista ao jornalista Gil Alessi, afirmou ainda que irá vender o estádio do Pacaembu, o autódromo de Interlagos e o parque de convenções do Anhembi. Ao ser questionado sobre sua primeira medida como prefeito, falou que vai devolver a velocidade normal nas marginais. “Como era antes”, lembrando que Haddad cometeu uma absurda “falta de consciência e planejamento”.

CPI da Merenda Escolar: Fernando Capez e Marcos Zerbini. Foto:  Marco Cardelino

CPI da Merenda Escolar: Fernando Capez e Marcos Zerbini. Foto: Marco Cardelino

Leia mais sobre
POLÍTICA

 

Emprega SP: Soldador. Foto: Xiskya Valladares / Getty Images

Emprega SP: Soldador. Foto: Xiskya Valladares / Getty Images

Leia mais sobre
ALÔ SÃO PAULO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo
  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

  • Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*