Medicamentos de alto custo podem ser retirados com tranquilidade, diz Germann


Sexta-feira | 20 de março, 2020 | 11h46

CORONAVÍRUS EM SÃO PAULO


Medicamentos de alto custo serão entregues para um período de três meses nas farmácias de alto custo Maria Zélia, Várzea do Carmo e Vila Mariana. Mas secretário da Saúde de São Paulo faz apelo e diz que não é necessário ter pressa. Os medicamentos já estão estocados e a retirada pode ser feita com tranquilidade, até para não criar aglomerações desnecessárias.

Gerson Soares

No entanto, após o anúncio nesse sentido feito na quarta-feira (18) pelo secretário de Saúde de São Paulo, José Henrique Germann, houve uma correria aos postos ontem. Durante a coletiva promovida pelo Governo do Estado de São Paulo no início da tarde desta quinta-feira, para as atualizações sobre o coronavírus, Germann disse que a entrega dos remédios para três meses – normalmente as farmácias de alto custo só entregam para um mês – será feita a partir da próxima semana.

 

O Secretário de Saúde, José Henrique Germann, faz atualizações e fala sobre a distribuição de remédios de alto custo nas três farmácias de alto custo da Capital. Foto: Governo do Estado de São Paulo

 

Antes de abordar esse assunto ele aproveitou para atualizar os dados sobre o coronavírus, que de alguma forma acelerou um processo no qual há tempos temos insistido: a entrega de medicamentos para períodos mais longos. Como o próprio secretário reconheceu, esses medicamentos são entregues para transplantados, idosos e pessoas que podem estar debilitadas, mesmo assim precisam se locomover mensalmente até as farmácias de alto custo.

Esses grupos de pessoas são mais vulneráveis, os transplantados são imunossuprimidos – com baixa imunidade – e estavam sujeitos a todos os tipos de enfermidades, não só à atual gravidade do coronavírus. De qualquer modo o que se espera é a continuidade dessa providência. É importante parabenizar o secretário da Saúde, José Henrique Germann, pela sua sensibilidade. Uma forma de homenageá-lo é ter calma para fazer a retirada dos remédios e evitar aglomerações, reconhecendo seu esforço para aliviar as dificuldades de quem precisa dos medicamentos.

“Com o anúncio feito ontem, nós tivemos um afluxo de gente nas farmácias acima do esperado. Nas farmácias Maria Zélia, Várzea do Carmo e Vila Mariana, onde nós temos agora o aplicativo de agendamento para retirada de remédios que já tem 25% das pessoas cadastradas, peço que eles utilizem esse cadastramento ao longo do mês, não tem pressa para fazer isso”. Germann salientou que correr às farmácias de alto custo logo no primeiro dia é coisa do passado. “Os estoques existem, nós podemos fazer isso, mas o afluxo acaba atrapalhando”, tranquilizou.

Antes ele já havia atualizado, os dados sobre o coronavírus. “Nós temos 240 casos confirmados no estado de São Paulo e quatro óbitos”, relatou e completou dizendo que as mortes ocorreram com pessoas acima de 60 anos. Segundo o secretário hoje havia 14 pacientes graves, em terapia intensiva e entubados, internados em três hospitais privados. “Temos mais dois casos no hospital Emília Ribas”, citou o nome por ser instituição pública. Com isso contabiliza-se 16 casos graves.

Com o avanço da doença, nesta sexta-feira já se sabe que o número de óbitos em São Paulo aumentou para cinco.

Prefeito Bruno Covas durante a coletiva de imprensa sobre o coronavírus ao lado do Governador do Estado de São Paulo, João Doria e do Secretário de Saúde, José Henrique Germann.
Foto: Governo do Estado de São Paulo

Leia mais sobre
ALÔ SÃO PAULO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo
  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

  • Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*