Mulher — Pandemia e alimentação: o que mudou?


Sexta-feira | 11 de dezembro, 2020 | 19h04


Dados de pesquisa incentivada pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) registram alterações sensíveis nos hábitos alimentares das mulheres brasileiras durante a pandemia da Covid-19. O estudo, de autoria da Profa. Carolina Nicoletti Ferreira Fino, da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, e do Prof. Bruno Gualano, do Departamento de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da USP, analisou reações e sensações relacionadas às dietas na quarentena e em virtude do isolamento social.

“Formamos o grupo com o seguinte critério de inclusão: pessoas do sexo feminino, com idade igual ou superior a 19 anos, de todo o território nacional. Isso porque em geral elas são mais focadas em adotar uma alimentação saudável e mais propensas ao ‘comer emocional’” explica Carolina.

A pesquisa ocorreu via plataforma do Google Forms. O questionário abrangia desde aspectos socioeconômicos a costumes referentes às práticas alimentares.

 

Mulheres na faixa do chamado peso-padrão (eutróficas) se referiram mais comumente a questões como “saúde” e “conforto afetivo”. Foto: Divulgação

 

Os principais resultados mostram considerável aumento no consumo de comida pronta de delivery (+146%). Entre os pratos mais solicitados: comidinhas caseiras, doces e pizza. Porém, também se observou um boom na arte de cozinhar (+28%) e de sentar-se à mesa para as refeições (+40%).

Mulheres na faixa do chamado peso-padrão (eutróficas) se referiram mais comumente a questões como “saúde” e “conforto afetivo” como determinantes em suas escolhas. Àquelas com sobrepeso, foram preponderantes “prazer e conveniência”, além de “saúde”. O grupo considerado obeso citou especialmente “apelo visual” e “prazer” como base de tomada das decisões alimentares.

“Com a pandemia do novo coronavírus e em função do isolamento social, também há complicadores potenciais à luta contra a balança de origem social: a pobreza e eventual desnutrição, a elevação do consumo calórico e o sedentarismo, que certamente provocam obesidade”.

Profa. Carolina Nicoletti assevera que é preocupante a tendência de crescimento da ingestão de itens ultraprocessados em regiões mais vulneráveis e de menor escolaridade. É uma alimentação inadequada em termos nutricionais e uma abertura de porta a doenças como hipertensão e diabetes, que ampliam a letalidade da Covid-19.

O dr. Ênio Damaso, médico ginecologista e obstetra assistente do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, nutrólogo e membro da SOGESP, argumenta que a pandemia induz outros gatilhos para o ganho de peso, como estresse, alteração do padrão de sono, diminuição da atividade física e maior consumo de álcool. Ele cita que manter uma dieta balanceada é essencial – sempre. Um estilo de vida ativo também é extremamente benéfico.

É isso!, o cenário atual requer não só um cuidado redobrado em higiene como atenção à mesa, uma vez que a boa nutrição e a ingestão de água potável contribuem para o fortalecimento do sistema imunológico, à manutenção e à recuperação da saúde. Para as mulheres com dietas restritivas, é indicado um break. Regime pouco mais severos acarretam insuficiência de proteínas, vitaminas e minerais”.

Dr. Ênio Damaso reforça igualmente ser essencial dormir bem, praticar exercício físico periodicamente pegar bem leve (melhor é largar) com bebidas alcoólicas e não fumar, para a prevenção de doenças que agravam os riscos da COVID-19.

Leia mais sobre
MEDICINA&SAÚDE

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Presépio e a magia da natividade
Exoesqueleto robótico para reabilitação humana
Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2
Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
  • Presépio e a magia da natividade

  • Exoesqueleto robótico para reabilitação humana

  • Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2

  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

Categorias

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This