Domingo | 14 de março, 2021 | 13h51


Ministro da Saúde anuncia a entrega semanal de doses da vacina AstraZeneca produzida pela Fiocruz com IFA importado.

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, anunciou que dará início as entregas dos novos lotes de vacinas do laboratório AstraZeneca – produzidas pela Fiocruz com o IFA importado da China - a partir da próxima quarta-feira (17). As entregas serão semanais totalizando 100,4 milhões de doses distribuídas até julho. O anúncio foi feito durante videoconferência realizada com o consórcio de governadores da Região Nordeste.

 

Boas notícias do MS: o Ministro Pazuello anunciou ontem (13), compras e novas remessas de vacinas contra a Covid-19 aos estados. Foto: Aurélio Pereira/MS

 

“A partir das entregas semanais da Fiocruz vamos conseguir distribuir aos estados todas as doses previstas para março”, disse o ministro, levando em consideração também as vacinas entregues pelo Butantan, pelo consórcio Covax Facility e pelo laboratório Precisa.

O ministro Pazuello destacou, ainda, as tratativas para as assinaturas dos contratos com os laboratórios Pfizer e Janssen, que sinalizaram a conclusão das análises jurídicas e, agora, entram na fase final da contratação das doses.

“Essa é uma grande notícia que tivemos na noite de sexta-feira (12) e que eu queria dividir com vocês. Com as assinaturas dos contratos finalizadas vamos garantir 100 milhões de doses da vacina Pfizer/BioNTech e 38 milhões de doses da Jonhson & Jonhson (produzida pela Janssen) para reforçar a vacinação da população brasileira contra a Covid-19”, disse Pazuello.

As doses das vacinas da Pfizer/BioNTech estão previstas para serem entregues no segundo e terceiro trimestres deste ano, e as da Jonhson & Jonhson a partir do segundo semestre de 2021.

“A vacina da Pfizer já tem registro definitivo da Anvisa. A Janssen protocolou o pedido de registro na agência”, informou o ministro, lembrando que o imunizante do laboratório belga tem o registro emergencial aprovado pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

A reunião virtual trouxe, ainda, o consenso entre os governadores e o Ministério da Saúde de que as 37 milhões de doses da vacina Sputnik V a serem adquiridas pelo consórcio do Nordeste farão parte o Programa Nacional de Imunização (PNI), e serão distribuídas pelo Ministério para todo o país. A pasta, agora, analisa os detalhes contratuais da compra.

Cabe ressaltar que a Sputnik V já entrou no cronograma da pasta, devido ao contrato celebrado com a União Química na última sexta-feira (12), com entregas previstas em abril, maio e junho.


Ministério da Saúde

Ilustração é alusiva ao dinheiro gasto para sustentar o Estado brasileiro. Enquanto o salário mínimo no Brasil não passa de 11 notinhas de 100 reais (US$ 204), nos EUA ultrapassa os 1.250 dólares. A comparação é pertinente em vários aspectos demonstrados neste levantamento. Imagem: aloimage

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Categorias