Poste a gás centenário é instalado no bairro da Penha, na Capital


Terça-feira, 28 de novembro de 2017 às 19h26


Fundação Energia e Saneamento

Homens trabalhando em obra na ponte nº4 da linha de bonde elétrico, no bairro Penha de França. 1900. Foto: Acervo FES

A quem passa desatento pela Praça Oito de Setembro, no bairro Penha de França, em São Paulo, pode parecer que o novo elemento a compor a paisagem do local, um poste instalado em frente à Escola Estadual Santos Dumont, trata-se de uma réplica dos modelos que, no passado, iluminaram a Capital. O suporte de luz, no entanto, é uma peça original: centenário, o poste de luminária a gás pertenceu à antiga companhia San Paulo Gas Company, responsável pelos serviços de iluminação pública entre 1872 e 1929.

Multidão ao redor da linha de bonde elétrico “Penha” em sua inauguração, no Largo do Tesouro. 1901. Foto: Acervo FES

Pertencente ao acervo museológico da Fundação Energia e Saneamento, o exemplar foi cedido em comodato à Prefeitura Regional Penha como forma de celebrar o aniversário de 350 anos do bairro, um dos mais antigos de São Paulo. Hoje iluminado por energia elétrica, o poste confeccionado em ferro, latão e vidro era abastecido pelo gás produzido no antigo gasômetro do Brás, conhecido como Casa das Retortas. À época, trabalhadores apelidados de “vagalumes” eram responsáveis por acender e apagar as luminárias todos os dias. Em seu auge, a iluminação a gás da Capital chegou a reunir mais de 10 mil lampiões.

Primeiro carro da linha de bonde elétrico “Penha” em sua inauguração, no Largo do Tesouro. 1901. Foto: Acervo FES

Formada em 1667, a Penha foi ponto de diversas passagens importantes da história da Capital paulista. Quando foi implantado o serviço de bondes elétricos na cidade - o primeiro do tipo no Brasil -, a linha “Penha” foi uma das pioneiras, inaugurada e celebrada pela população em 27 de janeiro de 1901, e que seguia da antiga Estrada da Penha até o Largo do Tesouro, e vice versa. Durante a Revolução de 1924, o bairro foi nomeado capital da Província (Estado) pelo então governador Carlos de Campos, que se abrigou na região durante o conflito, após bombardeios no Palácio dos Campos Elíseos.

Festa no Largo Bernardino de Campos, no ano de inauguração da linha de bonde elétrico “Penha”. 1901. Foto: Acervo FES

Várzea do Carmo. Fonte: Livro “Lembranças de São Paulo – A capital Paulista nos cartões-postais e álbuns de lembranças”. Publicado sob autorização dos autores.

Várzea do Carmo. Fonte: Livro “Lembranças de São Paulo – A capital Paulista nos cartões-postais e álbuns de lembranças”. Publicado sob autorização dos autores.

Leia mais sobre
HISTÓRIA DE SÃO PAULO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil
Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo
Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo
Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
  • Bolsonaro lança partido Aliança pelo Brasil

  • Nota de repúdio da Associação Nacional dos Procuradores da República, vídeo

  • Pátria Amada Brasil: 300 dias de Governo

  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*