Quarentena saudável


Quarta-feira | 6 de maio, 2020 | 13h04


Como não exagerar na comida e manter uma alimentação saudável estando em casa o dia todo por conta da COVID-19.

No combate ao coronavírus, uma ideia repetida incansavelmente é a importância de uma alimentação balanceada para o fortalecimento do sistema imunológico e, consequentemente, manter a COVID-19 bem longe. Entretanto, em tempos de quarentena, crescem as queixas do aumento da vontade de comer e, muitas vezes, o limite é extrapolado.

 

Planejar refeições, fazer compras de forma consciente e construir rotinas de lazer e trabalho em casa são dicas importantes. Foto: divulgação / NPV

 

O isolamento social devido a pandemia cria diversos desafios e, entre eles, está a dificuldade do controle sobre a alimentação. A falta de contato social e a reclusão provocam uma mistura de sentimentos, sendo os fatores emocionais um dos responsáveis pela mudança de hábitos alimentares.

“Isso acontece muito, o aumento da vontade de se alimentar está relacionado à ansiedade, à falta de estímulo por estar isolado”, explica Dr. Daniel Magnoni, consultor da iniciativa Nutrientes para a Vida (NPV) e presidente do Instituto de Metabolismo e Nutrição (IMeN).

Mesmo sem ser regra, para muitas pessoas, a comida funciona como um aconchego e recompensa para dias difíceis. Portanto, em meio à crise epidêmica e ao bombardeio de informações recebidas diariamente sobre o coronavírus, o emocional acaba sendo abalado e altera o comportamento alimentar. Nesse cenário, é comum as pessoas exagerarem e a comida tende a ser consumida sem um planejamento.

O fato de estar em casa o tempo inteiro também é um condicionante para a elevação da vontade de comer. Encarar os alimentos dispostos sobre os móveis da cozinha, por exemplo, e saber que existem diversas opções estocadas dentro do armário ajudam no aumento do desejo de “beliscar” mais vezes ao longo do dia, principalmente em tempos que o ócio e tédio pairam sobre os lares brasileiros.

Como controlar?

Segundo Magnoni, não existe nenhum alimento capaz de diminuir a ansiedade e, assim, a persistente vontade de comer. Uma opção é explorar alimentos que saciam mais devagar o estômago como peixes e frutas.

“Tentar abusar de alimentos sem calorias, como as folhas. Então, sempre antes da refeição, consumir um prato grande de salada. Além disso, aumentar a hidratação também ajuda. Muito líquido e folhas enche o estômago e diminui a fome”, comenta.

Outras dicas importantes são: planejar e organizar refeições, fazer compras no supermercado de forma consciente, construir uma rotina de lazer e trabalho em casa.

Por último, mas não menos importante, está a prática de exercícios. Mover o corpo e fazer atividades físicas e mentais auxiliam na atenção às necessidades e, consequentemente, na percepção da sensação de fome e saciedade. “Quando for buscar alguma comida na portaria do prédio, por exemplo, vá e volte de escada”, incentiva Magnoni.

Em dias de exagero, a compensação é uma alternativa “Não dá para ter um dia de exagero e um dia de fome, como jejum intermitente. Abusou? Tenha consciência disso, volte a alimentar-se normalmente e coma alimentos com poucas calorias”, alerta.

Aliás, o engenheiro agrônomo e coordenador científico da iniciativa Nutrientes para a Vida (NPV), Valter Casarin, pondera que, para avançar cada vez mais e nutrir a população do planeta com segurança alimentar, os agricultores estão sempre comprometidos em adotar as melhores práticas de manejo, aperfeiçoando o uso dos adubos.

Leia mais sobre
MEDICINA&SAÚDE

Leia as últimas publicações

Recent Videos

3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo
  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

  • Governo faz a atualização desta terça-feira, 31 de março – assista ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*