Rodrigo Pacheco é eleito presidente do Senado


Terça-feira | 2 de fevereiro, 2021 | 18h40


ELEIÇÕES NO CONGRESSO NACIONAL


Pregando união dos poderes, prometendo trabalhar em prol da saúde pública, do crescimento econômico e do desenvolvimento social, Rodrigo Pacheco (DEM-MG) assumiu ontem (1º) a presidência do Senado Federal para o biênio 2021/2022.


Agência Senado

Daquilo que mais se poderia destacar em seu discurso está a afirmação que buscará diálogo com a equipe econômica do governo federal para socorrer os mais pobres, atingidos pela pandemia, respeitando o teto de gastos. Mas é de se esperar que converse sobre outras pautas urgentes.

 

Novo ânimo: O novo presidente do Senado, eleito nesta segunda (1º), também anunciou que irá priorizar as reformas tributária e administrativa, além de proposições "imprescindíveis" para o desenvolvimento econômico. Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

 

Reformas

Pacheco apontou como prioridades na pauta do Congresso Nacional, as reformas e as “proposições necessárias e imprescindíveis” para o desenvolvimento do país com geração de emprego e renda e ressaltou que o “Brasil tem pressa”. “A votação de reformas que dividem opiniões, como a reforma tributária e a reforma administrativa proposta pelo governo federal, deverão ser enfrentadas com urgência, mas sem atropelo. O ritmo dessas e de outras reformas importantes será sempre definido em conjunto com os líderes e com o Plenário desta Casa”, disse.

Pacificação

O senador defendeu ainda a união das instituições em torno da “pacificação da sociedade brasileira” pelo diálogo, na busca do consenso e com “independência harmônica” entre os Poderes.

“A independência do Senado Federal é premissa fundamental para a tomada de decisões políticas livres e autônomas que sejam de interesse da nação e dos brasileiros”, destacou o presidente, também prometendo manter as prerrogativas dos parlamentares para o “livre e eficiente exercício de seus mandatos”.

Eleição da Mesa

No momento desta publicação, ainda estava sendo feita a apuração da votação dos componentes da Mesa. Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB) foi eleito primeiro vice-presidente e os senadores Romário, Irajá, Elmano Ferrér, Rogerio Carvalho e Weverton foram eleitos para a Mesa do Senado.

O deputado Arthur Lira comemorou em pé o resultado da eleição. Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Leia mais sobre
ALÔ BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Presépio e a magia da natividade
Exoesqueleto robótico para reabilitação humana
Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2
Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
  • Presépio e a magia da natividade

  • Exoesqueleto robótico para reabilitação humana

  • Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2

  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

Categorias

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This