Sistema imune de mulheres responde melhor à Covid-19, diz estudo


Sábado | 20 de fevereiro, 2021 | 13h35


Leia também sobre como reagem as defesas femininas durante a gravidez e após o nascimento do bebê.

Mulheres possuem maior imunidade contra o vírus Sars-CoV-2. Esse é o resultado obtido por estudo de um grupo internacional de pesquisadores na Universidade de São Paulo (USP), financiado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). A equipe analisou, por cerca de seis meses, a reposta imune de pacientes com Covid-19, observando, em termos quantitativos, os genes e moléculas que se diferenciam entre homens e mulheres.

 

Estudo mostra que mulheres apresenta melhor evolução contra a Covid-19. Foto: divulgação / SOGESP

 

Otávio Cabral Marques, pesquisador do Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (ICB-USP) e coordenador do estudo, explica: “Com base em uma busca de informações imunológicas em banco de dados públicos, constatamos que a incidência do vírus é igual entre ambos, já que a quantidade numérica de infectados é a mesma. Porém, a taxa de morte na população masculina é superior, pois eles desenvolvem a doença em níveis mais graves”.

A pesquisa

Através de ferramentas de bioinformática, a análise separou pacientes de diferentes países em dois grupos: um com idosos e adultos; outro, com homens e mulheres.

“A população feminina apresentou um perfil muito parecido com os indivíduos mais jovens; enquanto a masculina, com os mais velhos”, explica Otávio Cabral. “Os idosos têm um mecanismo de inflamação mais desregulado e as mulheres parecem responder de forma a diminuir essa inflamação, com genes-chaves ao processo”.

O pesquisador compara a situação a um carro que acelera, mas não tem freio. O sistema precisa acelerar, ou seja, disparar uma resposta inflamatória, para depois frear (se recuperar) de maneira apropriada. Enquanto o organismo feminino o faz muito bem, o masculino demora mais para “acelerar” e “frear”. “Não é um processo exclusivo do coronavírus. A mulher tem uma flexibilidade imunológica chamada de plasticidade transcricional, que é exercida, por exemplo, durante a gravidez”, afirma.

Otávio Cabral ressalta ainda outros fatores importantes a serem considerados, já que o “freio” do carro, isto é, a resposta a possíveis infecções, está relacionado também a um estilo de vida saudável.

Mulheres grávidas e o coronavírus

“Ao que parece, a placenta funciona como um grande filtro biológico, inibindo a atividade viral. Alterações no sistema imunológico da mãe conferem ainda uma espécie de proteção ao feto”, explica dr. Manoel Girão, ginecologista e 2° Vice-Presidente da Associação de Obstetrícia e Ginecolotgia do Estado de São Paulo (SOGESP).

Ainda assim, o especialista afirma que as gestantes com Covid-19 no início da gestação têm uma taxa um pouco maior de abortamento, e, no final, de trabalho de parto prematuro. A respeito dos recém-nascidos que testam positivo para o Sars-CoV-2, ainda há dúvidas sobre a forma de contágio, mas, de qualquer forma, o quadro clínico do bebê não costuma apresentar maior gravidade.

Diante disso, torna-se evidente a forte resposta imune da população feminina. “Tanto porque se cuidam mais, quanto porque a resposta fisiológica é melhor. Como um dos fenômenos centrais de má evolução do coronavírus é o processo inflamatório, as mulheres aparentemente levam maior vantagem”, comenta dr. Girão.

Leia mais sobre
MEDICINA&SAÚDE

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Presépio e a magia da natividade
Exoesqueleto robótico para reabilitação humana
Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2
Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
  • Presépio e a magia da natividade

  • Exoesqueleto robótico para reabilitação humana

  • Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2

  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

Categorias

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This