Expansão da Linha Verde do metrô será retomada entre Vila Prudente e Penha


Terça-feira | 11 de junho, 2019 | 21h17


Quando em estiver em pleno funcionamento, trecho de 8,3 km com projeto para oito estações deverá atender em torno de 377 mil passageiros.

A notícia foi divulgada no início deste mês (3/6) pela Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô), após o anúncio feito pelo governador João Doria e o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy, quanto à retomada das obras de expansão da Linha 2 - Verde do Metrô. A meta é iniciar as obras no primeiro trimestre de 2020, quando os projetos executivos estiverem aprovados.

 

Das 8 estações programadas para a expansão da Linha 2 - Verde, cinco delas beneficiarão as populações do Alto da Mooca e Água Rasa, Jardim Anália Franco, Vila Diva, Vila Formosa, Jardim Têxtil, Guilherme Giorgi, Vila Manchester e Carrão. Imagem: Divulgação / CMI

 

O Governo do Estado de São Paulo vai investir R$ 5,5 bilhões para a elaboração dos projetos executivos do trecho de 8,3 km e 8 estações, desapropriações e execução das obras civis do trecho Vila Prudente a Penha. Parte deste valor já foi utilizado na desapropriação de 96,5% dos 226 imóveis necessários para a obra. O Metrô ainda vai elaborar a licitação para a aquisição de 22 novos trens para a Linha 2 - Verde, sistemas de alimentação elétrica, sinalização e controle, telecomunicações, portas de plataforma e auxiliares.

As estações a serem construídas são: Orfanato, Água Rasa, Anália Franco, Vila Formosa, Guilherme Giorgi, Nova Manchester, Aricanduva e Penha. Com o novo trecho, será possível transportar diariamente mais 377 mil pessoas na Linha 2 – Verde, que terá conexão direta com as linhas 3-Vermelha, 11 - Coral (CPTM) e 15-Prata. Conforme divulgado pelo metrô, isso vai facilitar o deslocamento dos trabalhadores que saem da zona leste com destino às regiões da Paulista, sul e sudoeste da capital. Também é estimada a melhora na distribuição dos passageiros pela rede de transporte sobre trilhos, em especial nas linhas 3 - Vermelha e 1 - Azul.

“A expansão da Linha 2 é uma demanda importante dos moradores da zona leste e a retomada desse projeto é resultado de um esforço de gestão alinhado ao nosso compromisso para melhorar a cada dia a prestação de serviço aos passageiros”, disse Baldy.

Para a expansão da Linha 2, o Metrô dividiu os trabalhos em oito lotes e contratou a execução em 2014, por meio de licitação. Os contratos foram temporariamente suspensos, por causa das restrições orçamentárias e financeiras.

Quando concluída a extensão até Penha, a Linha 2 - Verde terá 23 km de extensão, com 22 estações desde a Vila Madalena. Passará a ser a linha de metrô mais extensa de São Paulo, conectando-se diretamente com as linhas 1 - Azul (Paraíso e Ana Rosa) 3-Vermelha (Penha), 4 - Amarela (Paulista), 5-Lilás (Chácara Klabin), 15-Prata (Vila Prudente) e 11 - Coral (Penha), transportando mais de 1,1 milhão de pessoas por dia.


As informações são do Metrô

Leia mais sobre
ALÔ SÃO PAULO

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo
Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores
Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo
Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo
Itália em São Paulo
Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo
Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar
Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime
  • Alexandre Garcia: visão de mais de 50 anos de jornalismo

  • Plano Safra é lançado com R$ 225,59 bilhões para produtores

  • Presidente pede confiança para mudar o Brasil, vídeo

  • Presidente Bolsonaro concede entrevista à Jovem Pan: balanço dos 100 dias de governo

  • Itália em São Paulo

  • Paulo Guedes explica a reforma da Previdência, vídeo

  • Parceria entre Brasil e Inglaterra em alto mar

  • Ministro da Justiça e Segurança Pública apresenta projeto de Lei Anticrime

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*