Quinta-feira | 24 de dezembro, 2020 | 19h24


RELIGIÃO


O teatro foi encenado em uma gruta na Itália.


Gerson Soares

Voltando da Terra Santa em 1219, Francisco de Assis disse ao amigo Giovanni Velita – senhor de Greccio – que gostaria de realizar um sonho e este o ajudou a concretizá-lo, organizando um teatro. E, assim, na noite da véspera de Natal do ano 1223, Francisco encenou e protagonizou as cenas que envolveram os primeiros momentos da vida do menino Jesus e a natividade.

 

Visão geral do Santuário de Greccio. Foto: visitgreccio.com

 

Esse evento é considerado a primeira montagem do presépio e aconteceu em uma gruta no Santuário de Greccio, província de Rieti na Itália. A caverna ficou conhecida como “il cuore del santuario” (o coração do santuário). “A encenação do nascimento de Jesus Cristo foi retomada na década de 1970, e desde então, é realizada anualmente do dia 24 de dezembro a 6 de janeiro,” informou o Deutsche Welle Brasil em dezembro do ano passado.

Longe dos palácios e do conforto, Jesus veio ao mundo. Tão perto da humanidade como um indefeso recém-nascido e tão distante dos homens em suas formas primitivas de ser e pensar. O Messias trouxe paz, mansidão e cura a olhos vistos de quem o seguia.

 

Reconstituição histórica do primeiro presépio no Santuário de Greccio, que fica na província em Rieti, Itália. Foto: visitgreccio.com

 

Antes de tudo o Redentor tratou dos espíritos com sua infinita bondade e sabedoria. Ele que é considerado eterno e vivo antes do próprio mundo existir, chegou humilde ao nosso convívio. É Natal e a cada dia podemos renovar a nossa fé.

O novo ano traz as boas novas de esperança e é nesta época que as lições deixadas por Jesus afloram aos homens de boa vontade. Sua vinda foi iluminada por uma conjunção de planetas, por uma estrela de brilho intenso e sua mensagem continua viva.

Greccio: il primo presepe
Greccio: o primeiro presépio


Greccio: il primo presepe
Servizio di Daniele Morini
 
Tv2000it

Pesquisa ajuda a desfazer equívocos historiográficos sobre as antigas cidades gregas. Foto: reeprodução / Fapesp

Leia mais sobre
HISTÓRIA GERAL

 

Leia as últimas publicações

Categorias