Quais são as maiores despesas do Poder Executivo?


Quarta-feira | 17 de fevereiro, 2021 | 19h


REFORMAS PARA O BRASIL


O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2021 engloba tudo o que o Poder Executivo poderá gastar durante o ano e está limitado ao Teto de Gastos estabelecido em R$ 1,485 trilhão. Mas como esse valor é dividido?


Gerson Soares

O PLOA elaborado pela equipe econômica chefiada pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, é um documento que contém 285 páginas, seis volumes e mais cinco volumes com explicações complementares. Portanto, trata-se de uma complexa composição de dados, onde também se lê a “Mensagem do Presidente da República”.

 

Ilustração é alusiva ao dinheiro gasto para sustentar o Estado brasileiro. Enquanto o salário mínimo no Brasil não passa de 11 notinhas de 100 reais (US$ 204), nos EUA ultrapassa os 1.250 dólares. A comparação é pertinente em vários aspectos demonstrados neste levantamento. Imagem: aloimage

 

Na “Análise da Conjuntura Econômica”, o presidente Jair Bolsonaro destaca entre outras exposições, aumento do emprego e da renda, o controle da inflação e crescimento do PIB ao longo de 2019. Chegando a 2020, ele aponta a aceleração do crescimento. “No início de 2020, todavia, houve elevação da incerteza do cenário internacional devido aos impactos da Covid-19 e o seu alastramento para o mundo a partir da China.”

O orçamento foi dividido inicialmente em 28 áreas de despesas. Dentre elas destacamos as cinco mais dispendiosas. O item que mais chama atenção no quadro demonstrativo são os “Encargos Especiais”, que consomem o equivalente a R$ 2,6 trilhões. Desse total 57,2% vai para o “Refinanciamento da Dívida Interna”.

E o que é isso, em poucas palavras? De acordo com o Tesouro Nacional, seria o mesmo que contrair nova dívida para pagar o montante anterior. Neste caso, o governo emite títulos para pagar o principal. Essa receita não vem da cobrança de tributos, mas de bens e direitos financeiros da União. Simplificando ainda mais, seria o mesmo que dizer: “Você tem crédito, pode ficar devendo, mas sua dívida vai continuar aumentando, assim como os juros que serão cobrados”.

As demais áreas dispendiosas totalizam R$ 1.132,2 trilhões das despesas para 2021. Veja quais são elas (em bilhões):
1º lugar: Previdência = R$ 807,1
2º lugar: Educação = R$ 111,8
3º lugar: Saúde = R$ 111,4
4º lugar: Assistência Social = R$ 101,9


Leia também

Quanto custa o Senado e os senadores?

Ilustração é alusiva ao dinheiro gasto para sustentar o Estado brasileiro. Enquanto o salário mínimo no Brasil não passa de 11 notinhas de 100 reais (US$ 204), nos EUA ultrapassa os 1.250 dólares. A comparação é pertinente em vários aspectos demonstrados neste levantamento. Imagem: aloimage

Leia mais sobre
CUSTO BRASIL

 

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Presépio e a magia da natividade
Exoesqueleto robótico para reabilitação humana
Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2
Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
  • Presépio e a magia da natividade

  • Exoesqueleto robótico para reabilitação humana

  • Covid-19: filme de PVC para alimentos inativa o SARS-CoV-2

  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

Categorias

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This