Tatuapé tem movimento acelerado no 1º dia de afrouxamento da quarentena


Quarta-feira | 3 de junho, 2020 | 20h27


A constatação pode ser feita por quem trafegou pelo bairro.

O movimento do Tatuapé esteve acima da média neste 1º de junho, dia em que o Governo de São Paulo começou o afrouxamento da quarentena no estado. Essa constatação foi feita também na Penha. A Radial Leste apresentou trânsito intenso, assim como as marginais.

 

Rua Monte Serrat deserta, no domingo (31) por volta das 8h. A partir de segunda-feira, o movimento aumentou significativamente. Foto: aloimage

 

A necessidade fez com que muitas lojas de comércio que não são considerados atividades essenciais abrissem suas portas. É comum ver pessoas circulando sem máscaras. Na opinião dos leitores pesquisados o movimento nas ruas do Tatuapé era quase normal. Por outro lado, alguns comerciantes reclamaram que a Prefeitura estava fazendo blitz para fechar as lojas na Vila Matilde e no Carrão, durante a manhã desta segunda-feira.

De acordo com a nota publicada pelo órgão executivo municipal nesta quarta-feira (3), a Secretaria das Subprefeituras havia realizado a interdição de 547 estabelecimentos. A subprefeitura Aricanduva/Formosa/Carrão – que abrange também o Tatuapé e Jardim Anália Franco – informa que foram interditadas 39 empresas; a subprefeitura Mooca, 39; e a de Guainases interditou 26.

Seguidas pela subprefeitura da Vila Prudente com 25 interdições, essas são as campeãs de interdições na zona Leste. Por parte dos comerciantes a indignação se resume ao fato de sentirem vergonha ou serem oprimidos por desejarem trabalhar um pouco.

A Prefeitura começou a receber as propostas de setores privados, que já discutiram com o Governo do Estado de São Paulo parâmetros de abertura, para a retomada das atividades. São eles: atividades imobiliárias, concessionárias de veículos, comércios, escritórios e shopping centers.

“Os setores precisam apresentar protocolos de saúde, higiene, de testagem, regras de autorregulação, regras para fiscalização, política de comunicação destas regras e proteção aos consumidores e funcionários”, informou. Além disso, eles precisarão ser validados pela Vigilância Sanitária.

“Memórias do Tatuapé”: aproveite o recesso para ler o primeiro capítulo do livro, grátis
Autor do livro libera leitura gratuita do primeiro capítulo para incentivar a cidadania e divulgar a história do bairro. Uma boa oportunidade para esses dias de recesso. Leia o rápido bate-papo com ele.

Leia mais sobre
TATUAPÉ

Leia mais sobre
CORONAVÍRUS

Leia as últimas publicações

Recent Videos

Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo
3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo
Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio
Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo
Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro
Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo
Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro
Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo
  • Pandemia não impede obras de infraestrutura no Brasil, vídeo

  • 3º Drive Thru Solidário acontece sábado (16) na Rua Emília Marengo

  • Governador João Doria confirma quarentena até 31 de maio

  • Pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro sobre saída de Sérgio Moro de seu governo

  • Coletiva de imprensa convocada por Sérgio Moro

  • Conferência interministerial do governo Bolsonaro, assista ao vivo

  • Pronunciamento do presidente da República, Jair Bolsonaro

  • Atualizações interministeriais do Governo Federal contra a COVID-19, ao vivo

Categorias

alotatuape

Autor: alotatuape

Share This Post On

Enviar um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Share This